Cavaleiro dono de duas medalhas de prata no Adestramento Paraquestre nos Jogos Equestres Mundiais de 2018

O Brasil não poderia estar melhor representado com o cavaleiro Rodolpho Riskalla montando Don Henrico. A dupla venceu de ponta a ponta o Adestramento Paraequestre Grau IV no Concurso Internacional Al Shaqab 2019. O evento aconteceu em Doha, no Catar, entre 7 e 9 de março. O concurso contou com 91 cavaleiros e amazonas top de 23 países em três disciplinas olímpicas disputadas.

O estádio Al Shaqab’s recebeu no período competições de Salto, Adestramento e Adestramento Paraequestre. No dia 7, Rodolpho e Don Henrico venceram a reprise CPEDI3* Team IV, com 72,167%. Na sexta, 8, voltaram a triunfar na reprise CPEDI3* Individual IV, 71,626%. No sábado, 9, o brasileiro voltou ao picadeiro e garantiu vitória isolada, 74.917% de aproveitamento.

Rodolpho com sua equipe de apoio: mãe, irmã e tratador de Don Henrico. Foto: Divulgação

“Hoje fomos super bem e ganhamos com margem. O Don Henrico foi o único cavalo do concurso que ganhou três dias de prova e melhor conjunto no Paraequestre. Não temos nem o que falar: estamos todos muito felizes e o cavalo foi extraordinário!”, comemorou Rodolpho, ao lado de sua mãe e treinadora Rosangele Riskalla, da irmã e amazona Victoria, e também do orgulhoso tratador Jerome Carrignon.

CCE

Parte da tropa de elite brasileira do Concurso Completo de Equitação esteve a postos no tradicional Concurso Internacional Barroca D´Alva CCI2* e 3* (formato short – curto) em Portugal, entre 1° e 3 de março. No destaque, o cavaleiro olímpico do Brasil Marcio Carvalho Jorge, com Lissy Mac Wayer.

Eduardo Menzes e H5 Quintol. Foto Sportfot

Eles garantiram ótimo resultado com 74,55% no Adestramento, percurso do Cross sem faltas e dentro do tempo, e apenas uma falta no Salto. Fecharam com apenas 29,5 pontos perdidos na terceira colocação, entre um total de 43 conjuntos. Os olímpicos Marcio Appel com Iberon JMen, 18º, e Ruy Fonseca com Korsica, 31º, também disputaram a prova.

WEF

Na quinta-feira, 7 de março, deu Brasil na principal disputa do dia, abertura da nona semana do Winter Equestrian Festival. Um dos maiores eventos hípicos do mundo, está acontecendo no Palm Beach International Equestrian Center, na Flórida, até começo de abril e premiará com US$ 7 milhões. Montando H5 Quintol, o cavaleiro olímpico Eduardo Menezes venceu a prova Internacional 5* Equinimity WEF Challenge Cup, a 1.50 metro, com U$ 134 mil em premiação.

Daniel Bluman e Ladriano Z. Foto: Sportfot

O evento de maior destaque dessa nona semana, de um total de 12 do WEF, com premiação total de US$ 391 mil, foi vencido por Daniel Bluman, de Israel, e Ladriano Z. A dupla ficou com a primeira colocação no GP Douglas Elliman Real Estate ao garantir duplo zero em 37s41. O melhor brasileiro foi Eduardo Menezes, no dorso de Quintol, uma falta no percurso inicial, 79s16, em 11º lugar.

Colaboração: Imprensa CBH e Por Fora das Pistas

Escreva um comentário