Essa semana, um reflexo disso foi o Leilão MAX QM, que teve matriz leiloada por mais de meio milhão de reais

Números refletem a importância das competições e a força do Quarto de Milha em Mato Grosso do Sul. Para o presidente do Núcleo do Quarto de Milha de Mato Grosso do Sul – MSQM, Igor Viana, o crescimento das provas técnicas contribuiu bastante para o aquecimento do mercado no Estado.

“O Laço Comprido contribui fortemente para a evolução e valorização dos animais no mercado nacional. Os criadores de Mato Grosso do Sul têm investido em genética, animais com aptidão para o esporte e principalmente agregado valor às provas de laço. Diversos programas de fomento dos grandes criatórios, programas como AFOCAB – que fomenta a criação e direcionamento para o cavalo de boi – têm contribuído também para os números de Mato Grosso do Sul serem positivos nos últimos anos”, enfatizou Igor. 

É importante salientar que essas ações fortalecem toda a cadeia produtiva da equinocultura pois, são positivas para todos, desde o criador, passando pelo treinador e competidor. Todos com um estímulo a mais para participar das provas e manter um nível alto de competitividade. As ações coletivas e particulares desenvolvidas em prol do cavalo têm resultado bons investimentos em animais que possuem genética comprovada, principalmente no laço comprido. Esta modalidade vem crescendo e sendo essencial para o fortalecimento do mercado.

Recinto lotado anima todo o mercado

Um fator determinante para o crescimento e a profissionalização do Laço Comprido em Mato Grosso do Sul, foi a prova de Potro do Futuro. Em 2006, a Associação dos Criadores de Quarto de Milha de MS trouxe para o Estado a competição oficializada pela ABQM. Naquela época, criadores, proprietários e competidores não enxergavam a importância de se ter um animal registrado, com linhagem reconhecida, para competir.

O Potro do Futuro e o Campeonato Nacional da raça trouxeram para o Estado mais credibilidade e investimentos principalmente em genética e mão-de-obra especializada. Para 2019 a expectativa é que o Laço Comprido contribua ainda mais para o crescimento do mercado equestre como um todo.

Uma mostra de tudo isso é a receita apurada do Leilão MAX QM, realizado no último dia 8 de abril. O aguardado pregão surpreendeu mais uma vez e mostrou a força do mercado equestre no MS. A representatividade do cavalo Quarto de Milha mostrou força com os excelentes números do leilão, que refletem os anos de trabalho e investimentos na raça. A média geral foi de R$72.000,00.

Entre os lotes comercializados, Sissy San Bell (foto de chamada), filha de Shiners San Bell e Sissy Player Dan (por HA Dual CD Player), égua recordista e atual campeã do Potro do Futuro de Laço Comprido, foi arrematada por mais de meio milhão de reais. Outras fêmeas também foram vendidas por valores consideráveis para o mercado, evidenciando que as futuras matrizes, comprovadas em pista e com genética específica, estão sendo muito valorizadas.

Colaboração: Malu Cáceres
Fotos: João Leal

Escreva um comentário