Esportes

Ranking Brasil Virtual Maripá de Equitação de Trabalho tem saldo positivo

A primeira etapa da temporada 2021 da Associação Brasileira da Equitação de Trabalho aconteceu de 9 a 14 de março

Publicado

⠀em

Um sucesso atrás do outro para a Associação Brasileira da Equitação de Trabalho. Ao se reinventar durante a pandemia da Covid-19, associação criou um modelo de provas ainda mais agregador. A primeira etapa do Ranking Brasil Virtual Maripá de Equitação de Trabalho reuniu 70 conjuntos e o feedback foi totalmente positivo.

No modelo atual de provas da modalidade, os inscritos se baseiam portanto no croqui divulgado para a sua categoria e monta a pista em casa. Dessa forma, seguindo orientações do regulamento, grava sua apresentação e envia para a Associação. Dois juízes por dia julgam as provas de acordo com uma programação previamente divulgada.

Nesse sentido, os inscritos pontuam para o Ranking Brasil Virtual Maripá de Equitação de Trabalho geral e ainda para seus núcleos. A modalidade realiza campeonatos estaduais em São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Brasília e agora em Santa Catarina. Serão três etapas virtuais ao todo.

Segundo Ney Messi, presidente da ABET, a primeira etapa de 2021 seguiu o combinado junto a diretoria. “Fizemos algumas melhorias e correções no formato das provas virtuais, lançadas em 2020. A ideia é deixar o Ranking Brasil Virtual o mais parelho possível com as provas presencias, e acho que cumprimos essa meta”.

Com o intuito de alcançar esse objetivo, umas das principais mudanças foi o número de obstáculos impostos a cada categoria por nível. “Os juízes tiveram oportunidade de avaliar melhor, já que a pista ficou maior, com mais obstáculos. Além disso, os vídeos que chegaram também atenderam, em sua maioria, as observações do regulamento. O que ajudou no julgamento também”, reforça Messi.

Ranking Brasil Virtual de Equitação de Trabalho tem saldo positivo

Destaques Ranking Brasil Virtual Maripá

Para o presidente, deixar a prova mais perto da realidade presencial possível foi um dos destaques. “Observamos, então, que não houve tantos empates e isso é bastante positivo. Especialmente nas primeiras posições, a porcentagem foi muito perto uma da outra, mostrando o nível dos conjuntos”.

Messi também conta que o nível das apresentações subiu bastante e houve a participação de cavalos e iniciantes na modalidade bem preparados. “Nível subindo, mesmo sendo prova virtual, uma proximidade das provas presenciais. Isso é muito bom! Do mesmo modo, notamos que as pessoas prepararam melhor os vídeos e as pistas”, detalha.

Aliás, esse foi um dos pontos divulgados antes do início do campeonato. Que os concorrentes fossem o mais fieis possíveis aos croquis divulgados a fim de garantir uma melhor avaliação de suas apresentações. “Muito interessante ver que o pessoal conseguiu realizar o que a gente pediu. É, de fato, uma melhoria em relação ao ano passado. A grande maioria, realmente, atendeu ao chamado e se preocupou com esse quesito”.

Outro feedback positivo que a ABET teve em relação ao Ranking Brasil Virtual foi a alteração do regulamento mostrando a tabela de descontos que os juízes dão na fase de maneabilidade. “Uma inovação da ABET para 2021, que está logo no início do regulamento, e todo mundo gostou. Recebemos muitas mensagens dos competidores dizendo que essa medida os ajudou”, lembra Messi.

O concorrente que comete um erro, no andamento, por exemplo, consegue agora identificar melhor onde o juiz tirou nota dele. Melhor transparecia e, sobretudo, uma forma de ajuda na evolução técnica do competidor. Ele sabe onde errou de forma clara e pode consertar para a próxima etapa.

Resultados completos e demais informações: abetequitacaodetrabalho.wordpress.com | @abet_brasil_et_oficial.

Por Luciana Omena
Foto: Divulgação/Ney Messi

Veja mais notícias no Portal Cavalus

Três Tambores & Seis Balizas

2° etapa do Circuito Barrel Race da NBHA Brazil movimenta Haras Raphaela

Evento contou com incentivo do Tomorrow’s Legends que ofereceu uma premiação extra aos participantes associados

Publicado

⠀em

A 2° etapa do Circuito Barrel Race da NBHA Brazil foi um sucesso. Diversos competidores de vários locais do país estiveram reunidos entre os dias 20 e 22 de janeiro, no Haras Raphaela, em Tietê/SP em busca das premiações de R4 50 mil em dinheiro.

A prova foi oficializada pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM) e homologada pela Confederação Brasileira de Hipismo (CBH).

Tomorrow’s Legends

Vários competidores que tinham seus cavalos inscritos no programa Tomorrow’s Legends estiveram reunidos no evento, em busca da premiação bônus de R$ 50 mil em dinheiro oferecida pelo projeto. Uma ótima oportunidade para o associado ganhar ainda mais dinheiro nas provas.

Confira a lista de campeões

Na categoria 1D 1st., o conjunto Louise Rugolo e Snow Lider Stone foi o grande campeão.

Roque Osti e SSix Blade BC foram os campeões na categoria 1D 2st.

Na 1D 3st., o grande campeão foi o conjunto Renan Gruman com Sniper Ta Fame.

1D 4st. teve o conjunto Abelardo Junior e Proud Ta Fame como grandes campeões.

Na categoria 1D 5st. Roque Osti e Grace 36 HRZ foram os grandes campeões.

Já na categoria 2D 1st. Fernanda Kronka com Brilliant Red foram os grandes campeões.

2D 2nd. teve Claudio Silva com Love Red Tres como grandes campeões.

No 2D 3rd. Antonino Vaz da Silva e Frenchmans foram os grandes campeões.

2D 4th contou com conjunto Roque Osti e Pure Desing como campeões.

Finalizando, na 3D 1st. Junior Gomes e A Streak of Sweet foram os grandes campeões.

Por: Camila Pedroso

Fonte: Natasha Cesar Marcondes

Fotos: VSG Fotografias

Mais notícias sobre Três Tambores no Portal Cavalus

Continue lendo

Western Pleasure

ANWP realiza 1ª Etapa do Campeonato 2022

Inscrições estão abertas e podem ser realizadas pelo SPG Sistema. Serão R$ 10 mil em premiações somados ao rateio das inscrições

Publicado

⠀em

Atenta ao crescimento expressivo da categoria Western Pleasure nas provas oficiais e oficializadas da Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Quarto de Milha (ABQM), a Associação Nacional de Western Pleasure (ANWP), lança seu primeiro campeonato o ANWP 2022.

Aberto a todas as raças e oficializado pela ABQM e pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Paint (ABCPaint), o torneio acontece na Fazenda Barrinha, em Espírito Santo do Pinhal (SP), em três etapas, sendo a 1ª Etapa no dia 18 de fevereiro, a 2ª Etapa no dia 8 de abril, e a final em 9 de junho.

As inscrições para a 1ª Etapa do Campeonato podem ser realizadas pelo SGP Sistema. Nessa etapa, há premiação garantida de R$ 10 mil aos participantes, além do rateio de inscrições nas categorias Aberta Livre, Aberta Light, Amador, Amador Principiante, Jovem A (13 anos ou menos), Jovem B (14 a 18 anos), Jovem A Principiante (11 anos ou menos), Jovem B Principiante (12 a 14 anos), Jovem C Principiante (15 a 18 anos), Pré-Futurity Aberta e Pré-Futurity Amador. Ainda há uma categoria incentivo, chamada Iniciante, para cavaleiros que farão prova pela primeira vez.

O julgamento estará a cargo do juiz Fernando de Oliveira.

O evento contará ainda com a transmissão ao vivo pela HorsePix.

Incentivos a modalidade

Visando incrementar o número de participantes e de animais competitivos, a Associação tem como objetivos promover a modalidade Western Pleasure em todo o território brasileiro; incentivar o número de provas oficiais e oficializadas; realizar intercâmbio com entidades congêneres que visem o mesmo objetivo; manter relações e entendimentos buscando colaborar com todas as associações de criadores relacionadas aos animais, em especial a ABQM; e criar um canal de comunicação com todos que gostam da modalidade, mas não tinham um espaço para essa troca de ideias.

Segundo Diego Ramos, Diretor Técnico da ANWP e responsável por 10 campeonatos Potro do Futuro de Western Pleasure, a boa iniciação de um cavalo na modalidade reflete em uma base sólida, que permite que o cavalo possa prosseguir em qualquer outra modalidade, pois os movimentos de passo trote, galope são as bases de uma boa guia bem como o recuo.

Atualmente, a Associação conta com provas oficiais da ABQM e as provas oficializadas de Western Pleasure, que acontecem conjuntamente às provas dos Núcleos de Rédeas, em que também competem vários cavaleiros da modalidade.

Através dos Núcleos, a entidade passou a receber incentivo de premiações, o que despertou naturalmente o interesse de competidores para a modalidade. “Nós sabemos que uma modalidade só poderá crescer se tiver organização, objetivos em comum, boa premiação, suporte das Associações de raça e divulgação. O conhecimento e o interesse vão sendo, então, disseminados. Muitos têm cavalos voltados especificamente à modalidade e também muitos têm bons animais que competem em outras modalidades e fazem boas provas no Western Pleasure. Essa, inclusive, é uma das características da própria raça QM”, destacam os organizadores do Campeonato.

Para mais informações sobre o Campeonato e sobre a Associação pelos telefones (19) 99613-2071 (Kiki Benevides – Presidente ANPW), (11) 9923-4502 (D. Helô), (14) 99118-6923 (Lucas Machado) e (11) 9916-4163 (Natalia).

Por: Equipe Cavalus Comunicação

Fotos: Divulgação

Mais notícias sobre a modalidade de Western Pleasure no portal Cavalus

Continue lendo

Team Penning

Iris de Lima ministra curso de Team Penning em Formosa/GO

Serão três dias de atividades práticas e teóricas realizadas no Rancho Calamajur. Curso possui vagas disponíveis

Publicado

⠀em

O Rancho Calamajur, em Formosa (GO), recebe entre os dias 28 e 30 de janeiro um curso de Team Penning ministrado por Iris de Lima.

Competidor e treinador profissional de Team Penning, Team Ropping e Três Tambores, Lima apresentará aos participantes do curso todas as técnicas para se tornar um grande competidor de Team Penning.

“O curso terá parte prática e parte teórica, onde os participantes poderão conhecer e aprender com toda a experiência do grande Iris de Lima, um dia maiores professores do Brasil”, ressalta Marcio Costa, organizador do curso.

Primeiramente, Íris de Lima está no meio equestre há 30 anos. Iniciou no Laço Individual, passou para Laço em Dupla, Três Tambores e em 2006 conheceu o Team Penning, modalidade a qual o tornou um profissional do cavalo.

Leia mais

Atualmente, Lima é um dos melhores competidores e treinadores da modalidade, ministrando em média 20 cursos por ano, além de ter um extenso currículo de vitórias, em especial na sela de sua égua favorita Dalia Rain VP, com qual conquistou mais de R$ 500 mil em prêmios, motos e carros.

O curso ainda possui vagas disponíveis e as inscrições são realizadas pelo telefone: (61) 9696-0926, com Marcio Costa.

Por: Camila Pedroso

Fotos: @Irisdelima

Mais notícias sobre Team Penning no portal Cavalus

Continue lendo

Hipismo

Rodrigo Lambre e Eduardo Menezes sobem ao pódio

Brasileiros tiveram bons resultados no GP2* Otomi, em San Miguel de Allende e no GP3* do Winter Equestrian Festival, no Palm Beach International Center, em Wellington (EUA)

Publicado

⠀em

Nesse domingo, 23/1, vitória brasileira no GP2* Otomi, em San Miguel de Allende, no México. Montando Huberth B, Rodrigo Lambre, integrante do Time Brasil medalha de ouro em Pan Lima 2019, venceu GP que contou com 34 conjuntos e cinco no desempate.

Rodrigo Lambre e Huberth B, um sela holandês de 10 anos, garantiram a vitória sem faltas, em 46s73, no GP2* realizado no México neste final de semana.

Pelas cores da República Domenicana, Manuela Antonio Fernandez Hache com Bakogan foi vice, seguida pelo uruguaio Juan Manuel Luzardo Rodrigues com Only You, que zeraram em 47s01 e 47s54.

O brasileiro Felipo Godinho Marcondes, com Castle Filed Vegas, que zerou a primeira volta e desistiu do desempate chegou em quinto lugar.

Segunda semana do Winter Equestrian Festival

Enquanto isso, no GP3*, a 1.50/1.60m, dotado em U$ 140 mil, fechando a segunda semana do Winter Equestrian Festival, no Palm Beach International Center, em Wellington (EUA), Eduardo Menezes, também integrante do Time Brasil campeão em Lima 2019, emplacou em quinto lugar com uma falta no desempate em 43s65.

Dos 44 conjuntos, 13 foram ao desempate e vitória foi do britânico Ben Maher, campeão olímpico em Tóquio, que montando Tic Tac cruzou a linha de chegada sem faltas em 43s52.

O Winter Equestrian Festival possui 12 semanas de duração segue até 4 abril e conta com forte participação brasileira.

Por: Equipe Cavalus Comunicação

Fonte: CBH

Foto: Divulgação

Mais notícias sobre Hipismo no Portal Cavalus

Continue lendo

Rodeio

Lançamento da Associação dos Juízes de Rodeio reuniu diversas personalidades do setor

Solenidade ocorreu em Barretos/SP no último dia 18, no Parque do Peão

Publicado

⠀em

A Associação dos Juízes de Rodeio (ABJR) foi apresentada a diversas personalidades do setor no último dia 18.

Segundo o presidente da associação Romildo Monteiro, o intuito da ABJR não é impor regras e sim trabalhar para que as regras já existentes possam ser aplicadas com a mesma interpretação. “Nosso propósito é que os profissionais associados que aplicam as regras possam estar capacitados e ter no respaldo da associação”, afirma Monteiro.

O evento teve adesão da comunidade do rodeio de diversos seguimentos, que se colocaram à disposição da ABJR para apoiar o projeto.

A Confederação Nacional de Rodeio (CNAR) esteve presente no evento, representada pelo seu direto executivo José Alexandre.

Além dela, a Associação Brasileira de Touros de Rodeio (ABTR), foi representada por Guto Paglione e João Eduardo.

O comentarista e vice-presidente da “Os Independentes”, Emílio Carlos dos Santos, o “Kaka”, além do médico veterinário da Festa do Peão de Barretos, Dr. Kiko de Almeida Prado também prestigiaram a celebração.

Antônio Carlos, a ACF do Brasil, Ana Francisca e Carmem Lúcia – representantes do rodeio da FENAMILHO de Patos de Minas (MG) -, Enrique Moraes, da Ekip Rozeta e Antônio Carlos “Marrom” da Cia Paulo Emílio também estiveram presentes.

“O projeto tomou uma dimensão muito maior que imaginávamos, foi bem aceito por todos e, no quesito integração com os demais setores do seguimento rodeio, a nossa proposta está sendo bem aceita”, comemora o presidente da ABJR.

Sobre a ABJR

Fundada por vinte e seis juízes no final de 2021, com o propósito de unir, capacitar, e integrar a classe de juízes com os demais setores do rodeio, a ABJR procura sempre propor melhorias pessoal, profissional e financeira aos associados, assim como trabalhar em favor dos contratantes e ainda zelar pelo bem-estar animal.

Confira a composição da nova diretoria: 

Presidente: Romildo Monteiro

Vice: Sebastião Procópio

1° Secretário: Álvaro Carneiro

2° Secretário: Bruno Moraes

1° Tesoureiro: Rubinho Gouveia

2° Tesoureiro: Valdecir Marques Leiteiro

Conselheiros: Ailton Boy, Mauro Sérgio, Welligton Barbosa “Kibe”, Rafael Moura “Cego”, Joel Marques.

Por: Camila Pedroso

Fonte: Eugênio José

Fotos: Carlos Miroka

Mais notícias sobre Rodeios no portal Cavalus

Continue lendo

Três Tambores & Seis Balizas

Veri Real recebe o ABQM Awards aplaudida de pé

Quartistas se emocionaram com o reconhecimento de todo o trabalho da paratleta, que lutou em prol da adição da categoria Paratambor junto às provas da associação

Publicado

⠀em

A Casa Giardini, em São Paulo, se levantou emocionada para aplaudir de pé a grande paratleta Veri Real nesta sexta-feira, (21), durante a premiação do ABQM Awards.

A embaixadora do Paratambor subiu ao palco para receber, pela primeira vez na história da Associação, a premiação de Melhor Paratleta de 2020.

Agnaldo Agostinho, apresentador do evento, enalteceu a história e a garra de Veri Real, que nunca desistiu de lutar pelos seus sonhos, mesmo com todas as adversidades da vida.

Veri Real também se emocionou com a homenagem, afinal segundo palavras dela, foi o resultado de uma da vida inteira de lutas. “Está sendo uma noite emocionante e diferente pra mim”, enfatizou a paratleta.

Sempre à frente do Paratambor

Veri Real levantou a bandeira dos paratletas junto a ABQM. A paratleta começou a vida equestre participando de provas de marcha, hipismo rural e encontrou na modalidade de Três Tambores a adrenalina e o estímulo que precisava.

Porém, até então, não havia a categoria Paratleta no esporte e ela participava como uma apresentação.

Foi aí que Veri Real teve a ideia de entrar em contato com a ABQM para solicitar a criação de uma categoria que atendesse as pessoas com deficiências.

Após um curso que Veri Real fez com a grande campeã mundial Joyce Loomis Kerneck, Natasha Marcondes César, grande amiga da paratleta, enviou um e-mail ao senhor Regis Fratis (in memorian), explicando a ideia de Veri, da construção de uma categoria para pessoas com alguma limitação.

E em 2016, durante o Campeonato do Quarto de Milha, realizado na cidade de Avaré (SP), a solicitação foi atendida, instituindo a categoria Paratambor na modalidade de Três Tambores.

Na ocasião, três paratletas participaram da competição.

“Quando estiver velinha, quero ter a certeza de que a minha passagem por aqui não foi em vão. Consegui semear a igualdade entre nós, atletas. Transformei vidas com esse sonho, plantei sorrisos e a vontade de lutar”, fala Veri.

Atualmente, a paratleta é considerada então a embaixadora dos Três Tambores na categoria Paratambor, destinada à competidores com limitações físicas e/ou sensoriais que afetam em competições independentes, segundo descritivo da associação.

Por: Camila Pedroso/Veronica Formigoni

Foto: Veronica Formigoni

Veja mais notícias da modalidade Três Tambores e Seis Balizas no portal Cavalus

Continue lendo

Rodeio

Marcelo Procópio vence 4° etapa da Unleash The Beast

Etapa realizada em Duluth, na Geórgia, contou ainda com José Vitor Leme no terceiro lugar

Publicado

⠀em

Deu Brasil na liderança da 4° etapa da Unleash The Beast em Duluth, na Geórgia, realizada este final de semana. Marcelo Procópio, o Carreirinha, garantiu sua primeira fivela na elite da PBR ao dominar o renomado e duas vezes melhor touro da PRCA, Chiseled.

Com o resultado, Carreirinha atingiu 91,75 pontos e subiu da 68° para a 7° posição do ranking final.

Procópio se tornou o 34° brasileiro a vencer uma etapa na elite da PBR em todos os tempos. Com 26 anos, estreou nos Estados Unidos em 2019, e na temporada passada se classificou pela primeira vez para a Unleash The Beast. No mesmo ano, também fez sua primeira Final Mundial, terminando na 23ª posição do ranking.

Segunda colocação

O segundo lugar da noite ficou com Daylon Swearinger, que marcou 94,50 pontos. Ele e o brasileiro foram os únicos que venceram os três touros que escolheram montar.

O brasileiro José Vitor Leme, que estreou na temporada depois de se recuperar de uma lesão, ficou com o terceiro lugar na noite. Após cair no primeiro touro, Leme venceu o round dois, empatado, terminando a noite no terceiro lugar. Com o resultado ele somou 70,50 pontos e assumiu a 16° posição no ranking mundial.

Confira as 10 melhores posições da temporada:

1 – Marcelo Procopio – 264.50

2 – Daylon Swearingen – 263.25

3 – Jose Vitor Leme – 177.75.

4 – Chase Dougherty 174.00

5 – Brennon Eldred – 90.75

6 – Derek Kolbaba – 89.50

6 – Marco Eguchi – 89.50

8 – Kyler Oliver – 89.00

9 – João Ricardo Vieira – 88.75

9 – Austin Richardson – 88.75

João Ricardo Vieira na liderança

Mesmo não vencendo os dois últimos touros que montou, o brasileiro João Ricardo Vieira terminou a temporada na nona posição, mas ainda lidera o ranking final.

É a primeira vez na temporada que o mesmo competidor consegue manter a liderança por duas vezes consecutivas.

Confira os TOP 10 do ranking final após a etapa de Duluth, na Geórgia.

1 – João Ricardo Vieira – 341.00

2 – Kyler Oliver – 320.00

3 – Daylon Swearingen – 261.66

4 – Stetson Lawrence – 217.00

5 – Dener Barbosa – 174.00

6 – Mason Taylor – 168.50

7 – Marcelo Procopio – 143.00

8 – Cole Melancon – 114.16

9 – Alex Cardozo – 112.00

10 – Manoelito de Souza – 110.50

Por: Camila Pedroso

Fonte: Rodeiosa/ PBR Brazil/ eugeniojose.com.br

Fotos: Bull Stock Media

Mais notícias sobre Rodeio no portal Cavalus


Continue lendo

Três Tambores & Seis Balizas

Embaixadora do Paratambor Veri Real é a primeira paratleta receber o Awards ABQM

Ela receberá o ‘ Oscar do Quarto de Milha’ pelo seu desempenho da temporada 2020

Publicado

⠀em

A paratleta Veridiana Tranjan Real receberá o prêmio no 14º ABQM Awards, premiação tão almejada pelos competidores, que será entregue nesta sexta, 21, em São Paulo.

Todavia, em 2018, Veri Real esteve presente no evento para receber uma homenagem como destaque do ano.

Porém agora, ela sobe ao palco para receber o prêmio máximo para um atleta na ABQM, o ABQM Awards. A paratleta receberá a premiação pela categoria Paratambor da temporada 2020.

Ainda mais que essa é a primeira vez que a Associação premia os paratletas.

“É uma emoção muito grande receber esse título e ver a categoria crescendo a cada dia. Agradeço primeiramente a Deus, aos meus patrocinadores, a minha família, ao meu treinador Joao Gabriel Daniel, ao meu baio voador Shady Pakin e a todos que acreditam no meu trabalho e tenho um recado: nunca desistam de seus sonhos”, ressalta emocionada Veri Real.

Sempre à frente do Paratambor

Veri Real levantou a bandeira dos paratletas junto a ABQM. A paratleta começou a vida equestre participando de provas de marcha, hipismo rural e encontrou na modalidade de Três Tambores a adrenalina e o estímulo que precisava.

Porém, até então, não havia a categoria Paratleta no esporte e ela participava como uma apresentação.

Apesar disso, foi aí que Veri Real teve a ideia de entrar em contato com a ABQM para solicitar a criação de uma categoria que atendesse as pessoas com deficiências.

Contudo, após um curso que Veri Real fez com a grande campeã mundial Joyce Loomis Kerneck, Natasha Marcondes César, grande amiga da paratleta, enviou um e-mail ao senhor Regis Fratis (in memorian), explicando a ideia de Veri, da construção de uma categoria para pessoas com alguma limitação.

Finalmente, em 2016, durante o Campeonato do Quarto de Milha, realizado na cidade de Avaré (SP), a solicitação foi atendida, instituindo a categoria Paratambor na modalidade de Três Tambores. Na ocasião, três paratletas participaram da competição.

“Quando estiver velinha, quero ter a certeza de que a minha passagem por aqui não foi em vão. Consegui semear a igualdade entre nós, atletas. Transformei vidas com esse sonho, plantei sorrisos e a vontade de lutar”, fala Veri.

Atualmente, a paratleta é considerada então a embaixadora dos Três Tambores na categoria Paratambor, destinada à competidores com limitações físicas e/ou sensoriais que afetam em competições independentes, segundo descritivo da associação.

Evolução e ganhos da categoria

Contudo, uma das maiores conquistas aconteceu em 2020, mesmo em meio às dificuldades que o ano ocasionou para quase todos, os paratletas da categoria ganharam um reconhecimento a mais, recebendo premiações em dinheiro.

Em 2021, a conquista foi o número de inscritos, que vem aumentando em cada competição. A categoria, que começou tímida, com apenas três competidores, cresceu. A prova disso é o número de competidores do último Nacional, que teve 19 inscritos.

Por último, em 2022 iniciou com boas vibrações, a premiação do ABQM Awards para os melhores paratletas das temporadas 2020 e 2021.

Por: Camila Pedroso

Foto: Dani Venturini

Veja mais notícias sobre Três Tambores no portal Cavalus

Continue lendo

Três Tambores & Seis Balizas

Veja quem do Tambor será premiado durante o 14º ABQM Awards

Nesta edição serão premiados os líderes dos rankings nas temporadas de 2020 e 2021

Publicado

⠀em

Após pontuarem nas provas oficiais e oficializadas pela Associação Brasileira de Criadores do Quarto de Milha (ABQM), nas temporadas de 2020 e 2021, cavalos e cavaleiros do Tambor se preparam para receber, em breve, o maior prêmio da raça. Afinal, vem aí o 14º ABQM Awards, que acontece no dia 21 de janeiro, a partir das 19h, em São Paulo/SP.

Ao todo, serão entregues trófeus aos que obtiveram maior soma de pontos nas temporadas de 2020 (01/01 a 30/06/2020) e 2020/2021 (01/07/2020 a 30/06/2021) nos Três Tambores. Contudo, somente na temporada de 2021 serão premiados também os mais pontuados em Cinco Tambores, haja vista que em 2020 não teve provas da modalidade por causa da pandemia.

E como é de costume, durante o 14º ABQM Awards, também há os premiados do Ranking Geral, onde os cavalos e cavaleiros de Três Tambores ocupam o seu lugar de destaque. No caso da temporada 2020, o Competidor Aberta líder do Ranking Geral e dos Três Tambores foi o treinador Sidnei Pereira da Silva Júnior.

Já entre os animais, mais animais de Tambor aparem na ponta do Ranking Geral e da modalidade de Três Tambores. Entre os machos, EF Eurus Ta Fame, de Celso Herculano Alves; entre as fêmeas, Designer By Signed, de Ellen Sayuri Oliveira Yamauchi, e, por fim, entre os Puros Castrados, King Sahin EK, de Ana Selma Koppenhagen Fagundes.

Ao levar em conta a temporada 2020/2021, dois “repetecos”: Sidnei Pereira da Silva Júnior aparece novamente na liderança do Ranking Geral e da modalidade de Três Tambores como Competidor Aberta, e a Fêmea Designer By Signed também segue como a líder no Ranking Geral e da modalidade.

Depois, completam o pódio da temporada 2020/2021 Snow Lider Stones QM, do Haras Raphaela, como melho Macho da modalidade e do Ranking Geral, e o Puro Castrado Django Red Agae, de Adriana Gomes Slaviero, também líder do ranking da modalidade e do tambor.

Premiados Cinco Tambores

Já os premiados nos Cinco Tambores serão: entre os Machos, El Shady Victory HSI, de Francisco Pereira Ribeiro; na categoria Competidor Aberta, pódio duplo para Márcio Dib de Oliveira e Alvin Duarte da Silva. Na categoria Puro Castrado, três animais dividiram a premiação, já que somam a mesma pontuação, são eles: Cavani Duehickey Jay, de Otávio Boldrin Tristão, Fire First Dual, de Marcos Angeleli Adamoli e Forth Smart Jac Fn, de João Gonzalez Filho.

A ABTB parabeniza a todos os premiados no 14º ABQM Awards, que é resultado de muito trabalho, amor e dedicação ao esporte. Para conferir a lista completa de premiados, clique aqui.

Por Cavalus Comunicação Equestre
Crédito da foto: Divulgação/Hugo Lemes

Mais notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Team Penning

Prova do Aurélio agita o Parque do Peão de Barretos

Publicado

⠀em

O Parque do Peão de Barretos/SP recebe entre hoje e o dia 23 de janeiro a edição comemorativa dos 10 anos da Prova Nossa Senhora Aparecida de Team Penning, a conhecida Prova do Aurélio.

Com mais de 300 competidores inscritos, nessa edição comemorativa serão distribuídos mais de R$ 400 mil em prêmios garantidos.

“Nossa expectativa é superar os recordes das três últimas edições de números de inscritos”, afirma Aurélio Urzedo, idealizador da prova.

Números recordes

A Prova Nossa Senhora Aparecida de Team Penning vem de três edições com números recordes. Em 2019, quando foi realizada no Haras Guadalupe, em Barretos/SP, o evento contou com 2.993 passadas e 343 competidores.

Na edição de 2020, realizada no Parque do Peão em Barretos/SP, foram 3142 passadas e 362 competidores.

Já no ano passado, a Prova do Aurélio contou com 3173 passadas e 378 competidores.

“Estamos na expectativa de que vamos bater esse recorde mais uma vez”, comemora Urzedo.

Outro diferencial da Prova do Aurélio é o clima familiar da prova, segundo o organizador, a essência da festa.

10 anos de prova

A Prova do Aurélio já entrou para o calendário das provas mais esperadas do ano, após 10 anos de atividades. “Atingir os 10 anos do Team Penning Nossa Senhora Aparecida é a realização de um grande sonho. O grande diferencial da nossa festa é que é uma prova que sempre valorizou os competidores e a família”, ressalta Urzedo.

Cronograma da festa

As atividades terão início hoje, a partir das 19h, com uma costelada com moda de violão para os competidores e convidados.

Amanhã, quinta e sexta, os animais entram em pista, com provas a partir das 9h na pista coberta. Na parte da tarde, a partir das 12h, as provas serão na pista aberta.

No domingo, a partir das 9h, serão as grandes finais.

Por: Camila Pedroso

Foto: Arquivo/Divulgação

Mais notícias sobre Team Penning no Portal Cavalus

Continue lendo