Rodeio

Conheça a história do temido Bodacious

Ganhou diversos prêmios, incluindo melhor touro da PRCA por dois anos e melhor touro da PBR em uma temporada nos anos 90

Bodacious viveu de 1988 a 2000 e fez história no mundo da montaria em touros. Entre outros, levou o Brand of Honor em 2109 do PBR Heroes and Legends Celebration. De fato, a maneira que PBR encontrou para homenagear indivíduos e animais de destaque no esporte. Para um touro, sobretudo, essa é a maior honra que ele poderia receber.

Sem dúvidas, Bodacious é um dos touros mais conhecidos do mundo dos rodeios. Sendo chamado, inegavelmente, de o maior touro de todos os tempos. Especialmente nos anos 90. Foi introduzido no Hall da Fama da ProRodeo (1999) e ganhou como melhor touro nos anos de 1994 e 1995 pela PRCA e 1995 pela PBR.

Sobretudo, um dos poucos na história do esporte a ganhar como melhor touro no mesmo ano pelas duas entidades. Bodacious foi ainda melhor touro da NFR (1992, 1994-95), do PRCA Texas Circuit (1993-94). E está no Bull Riding Hall of Fame (2017).

Conheça a história do temido Bodacious

Nasceu no Merrick Ranch, Oklahoma, cruzamento das raças Charolais e Brahman. Desse modo, passou a fazer parte da tropa de Phil Sumner. Uma curiosidade é que o touro de 860 kg se chamava apenas J-31.

Bodacious passou a ser um dos mais temidos dos competidores. O astro Tuff Hedeman que o diga, já que sua grave lesão se deu no encontro dos dois na arena. Os maiores nomes montaram no touro. Pouco tempo depois, Bodacious também feriu gravemente Scott Breding. Seu novo proprietário, Sammy Andrews, decidiu aposentá-lo.

Na aposentadoria, foi usado na reprodução e apareceu em diversas transmissões na TV. Ele morreu aos 12 anos em 2000.

Fonte: Wikipedia

Veja mais notícias no portal Cavalus