Final que era para acontecer em Belo Horizonte no final do ano passado foi adiada e acabou não sendo realizada

No início da tarde de segunda-feira passada, 8 de abril, na sede da PBR no Brasil, localizada em São José do Rio Preto/SP, o atleta Fernando Henrique Novais foi declarado campeão da PBR Brasil temporada 2018. O Monster Energy PBR está entre os principais campeonatos de Montaria em Touros do país, organizado pela Professional Bull Riders.

O atleta de 32 anos tornou-se o 13º competidor a deter o título de melhor competidor do Brasil pela PBR. Além disso, Novais garantiu mais pontos para o ranking mundial da modalidade. Ele foi considerado campeão pois lidera o ranking nacional, mesmo sem ter uma final para decidir. A temporada 2018, inclusive, foi bastante acirrada entre Fernando e Bruno Scaranello, que se alternaram várias vezes no topo.

“A decisão foi tomada dessa forma, pois devido as mudanças no campeonato ano passado, não houve um evento dedicado à final de temporada. O competidor foi declarado campeão por ser o líder do Monster Energy PBR, terminando a temporada com 1750 pontos e um aproveitamento de 64,86% (resultado de 24 paradas das 37 montarias que realizou)”, comentam os organizadores.

Fernando Henrique Novais

Ele, claro, que passou alguns meses nos Estados Unidos- já está de volta montando nos rodeios brasileiros – desde a final mundial ano passado, está muito feliz pelo resultado. “Fiz uma temporada muito boa, liderando várias vezes, cheguei até a ser convocado para a Global Cup. Consegui um dos meus objetivos, que era o título nacional”, conta Novais.

A primeira vitória do competidor ocorreu em Cuiabá/MT, no final de 2017. De lá para cá, ele alternou a primeira colocação do Monster Energy PBR por cinco vezes com Bruno Scaranello, vice-campeão. Bruno também teve oportunidade através de sua posição no ranking brasileiro, de ir para os Estados Unidos, onde ainda se encontra montando pelas divisões de acesso da PBR americana.

Fernando Henrique Novais nasceu na cidade de Pereira Barreto, interior paulista, e morou em fazenda até os seus sete anos de idade, mudando-se para a cidade com os pais. A paixão pelo esporte mais radical do planeta sempre foi uma motivação para ele seguir carreira. Ante de passar a viver do rodeio, o competidor jogou futebol, trabalhou em uma oficina autoelétrica e estudou. Tudo começou em 2010, quando foi aos primeiros rodeios. Os resultados foram aparecendo e ele foi ficando. Sorte a nossa, não é mesmo?!

Fotos: Alberto Gonzaga

O ranking final da PBR Brasil 2018 até décimo colocado ficou assim:

1 – Fernando Novais – 1750 pts

2 – Bruno Scaranello – 1610 pts

3 – Joao Marcelo Santos – 885 pts

4 – João Ricardo Vieira – 875 pts

5 – Leandro Machado – 791,66 pts

6 – Renan Almeida – 727,5 pts

7 – Ednélio Almeida – 665 pts

8 – Robinson Guedes – 635 pts

9 – Flavio Vinicius – 582,5 pts

10 – Adriano Salgado – 577,5 pts

No final do ano passado a PBR Brasil se uniu a IMM, empresa responsável pela realização de grandes eventos esportivos. A ideia anunciada era levar esporte e entretenimento ao rodeio. Então, marcaram as duas últimas etapas da temporada para Goiânia e Belo Horizonte, ‘vendendo’ os atletas e os touros como os astros. Dando uma experiência única ao público, aliados com muito entretenimento e estrutura completa de serviços nas arenas.

A etapa de Goiânia foi realizada nesses moldes, mas a de Belo Horizonte desde que foi adiada, não ouvimos mais falar dela. Com tudo isso, a temporada 2019 ainda não começou e acabou de ser marcada para 25 a 28 de abril, em São José do Rio Pardo/SP. Será o sexto ano que esse rodeio receberá uma etapa da PBR Brasil.

Colaboração: Assessoria de Imprensa/PBR Brasil

Escreva um comentário