Com média de 300 inscritos por etapa e uma premiação fixa e garantida, campeonato mais antigo da modalidade comemora mais um ano

O Team Penning foi trazido dos Estados Unidos para o Brasil em 1999, por meio do Núcleo Quarto de Milha de Ribeirão Preto, em São Paulo. Neste mesmo ano, Clóvis Joly de Lima Jr, conhecido como Sr. Zito, um apaixonado por cavalos e provas cronometradas, inaugurou o Team Penning na região de Espírito Santo do Pinhal, também em São Paulo.

Depois de uma prova de demonstração feita pelo Clube do Cavalo de Pinhal, as cidades de Mococa, São José do Rio Pardo, Itapira e Holambra passaram a fazer também o que chamaram de provas amistosas. Apresentando a modalidade ao pessoal do cavalo no final de 1999. A Liga Regional de Team Penning do Leste Paulista foi fundada, portanto, em fevereiro de 2000.

Das demonstrações, o Team Penning passou a ser formatado como campeonato, através da Liga. Um esporte onde a família toda pode correr junto, estava destinado ao sucesso. O que de fato se confirma todos os anos. Em 2018 não foi diferente. Joseph Antony Ishaq Júnior, o presidente da Liga para a temporada, encerra seu mandato bastante satisfeito.

Premiação dos melhores da temporada 2018

Em sua primeira vez como presidente, relata o crescimento expressivo das provas, especialmente nas oficializadas das raças. “A Liga toca dois campeonatos individuas, sendo um deles o campeonato da Liga Leste Paulista, onde participam cavalos de todas as raças, e o campeonato Liga Leste Provas Oficias, de Team Penning e Ranch Sorting, que são divididos em três associações – ABQM (Quarto de Milha), ABCCC (Crioulo) e ABCPaint (Paint Horse)”, conta.

Para ele, a Liga Leste tem um campeonato justo e competitivo em todas as categorias. É um campeonato da família. Algo que muito nos orgulha é termos conseguido alcançar todos os nossos objetivos propostos para a temporada. Deixo a presidência com sensação de missão cumprida. A Liga sempre renova a diretoria, dando oportunidade para outro corpo diretivo continuar e melhorar ainda mais o que já vem sendo feito”, concluiu.

O presidente para 2019 será Ricardo Teixeira. “Para esse ano, faremos um campeonato totalmente diferente do que vínhamos fazendo. Teremos três categorias, quatro etapas classificatórias com premiação fixa de R$ 20 mil por etapa e uma final onde os campeões ganharão dois carros ‘zero’ km – um na categoria Handicap 6 e outro na categoria Handicap 10 – e para categoria Mirim serão três mini-motos para os campeões”.

Ricardo Teixeira

Até o ano passado, eram realizadas provas nas categorias Handicap 3, Handicap 5, Handicap 8, Aberta, Feminino, Mirim e Família. Na avalição, os diretores viram o número de inscrição por categoria cair, já que a gama de opções era alta. Então, enxugaram para três: Handicap 6, Handicap 10 e Mirim. “Como temos uma temporada longa e por sistema de pontos, percebemos que da forma que estava, o campeonato não estava atrativo para os competidores”.

Segundo Ricardo, a diretoria da Liga decidiu inovar para a nova temporada depois de ouvir a opinião dos competidores e os seus anseios com relação ao Campeonato 2019. “A nova diretoria já trabalha desde o fim de 2018 e tem se empenhado muito. Esperamos atrair os competidores que pararam de acompanhar o campeonato e também novos participantes. Não só pela premiação que estamos distribuindo, mas também pelo novo formato”.

Para o primeiro semestre de 2019, o presidente lembra que além das provas abertas a todas as raças, as Oficiais continuarão com três etapas, acontecendo em datas separadas, para as raças Quarto de Milha, Crioulo e Paint Horse, nas modalidades Team Penning e Ranch Sorting. “A expectativa de toda diretoria é que tenhamos um campeonato de muito sucesso. Com todas as inovações propostas, pretendemos dobrar o número de inscritos por etapa esse ano”, finaliza Ricardo.

Que seja mais uma ótima temporada! Todas as informações, como os resultados de 2018, os campeões da temporada, fotos das etapas e as novidades para 2019: ligalestepaulista.com.br.

Por Equipe Cavalus
Fotos: Cedidas

Escreva um comentário