Campeonato foi lançado e fez sua estreia em março

Ganhadores da peia ofertada pela Precision Ropers.
Menores tempos nas categorias A B C e D

O maior objetivo do Circuito Carioca de Laço Individual é o de fomentar o esporte na região, trazendo novos adeptos à modalidade, além de fornecer um formato de provas mais barato para o competidor participar, obtendo um ótimo custo x benefício. É um campeonato criado por laçadores para laçadores. Provas de menor porte, inscrição barata, com gado de uma raça que facilita mais, perto de casa para o pessoal voltar e se animar a laçar. Até o momento, meta sendo cumprida com sucesso.

A segunda etapa do CCLI aconteceu no dia 14 de abril, no Rancho Sistema Bruto, em Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro. Em mais uma etapa recebeu competidores dos estados do Rio, Minas Gerais e Espírito Santo, que se reuniram para um belo dia de competição. É o que contam todos que estavam no evento. “Levamos a nossa segunda etapa para uma estrutura aconchegante, fácil localização e bezerrada de primeira. A equipe do Rancho Sistema Bruto recebeu a todos de braços abertos”, conta Élcio de Sá, um dos organizadores.

Pódio Categoria D

O proprietário do local, Clodomir Crespo, pai do competidor Dac Crespo, acrescentou que sempre foi um grande incentivador do esporte do filho e que estará de portas abertas sempre para a modalidade. “É um grande prazer receber os amigos para uma disputa limpa na pista e um churrasco com muito papo sobre cavalos e o esporte logo depois”, reforçou Clodomir. A organização computou 63 inscrições, com uma premiação de R$ 5.710,00, dividida igualmente entre as categorias.

Na categoria A – Profissional, o campeão foi Adenilson Ferreira (8s3), tento Ivan Pereira (8s66) em segundo e Jonas Guedes (9s27) em terceiro. Na B – Amador, Mauro Banho (9s14) foi o campeão, seguido por Dac Crespo (9s70) e Rodrigo Billa (10s69). Pela C – Principiante, Diogo Barcellos (11s66) levou o primeiro lugar, com Arthur Loth (12s64) em segundo e Bruno Loth (16s09) em terceiro. Na D – Estreante (Principiante Amador), a vitória foi de João Caramashi (23s93), com João Velasco (66s30) em segundo.

Pódio Categoria C

Para esta etapa foi lançado um site, onde os competidores puderam fazer suas pré-inscrições e assim adiantar bastante o trabalho dos organizadores no dia do evento, fazendo com que tudo fluísse de forma mais tranquila. No endereço eletrônico, que você pode conferir clicando aqui, os interessados podem encontrar também as informações de resultados, próximas etapas e regulamento. “O site foi uma ideia muito boa e em pouco tempo conseguimos desenvolver algo simples e eficiente. Agora é só questão de ajustar alguns detalhes para que fique cada vez mais funcional”, lembra Élcio.

Em mais uma etapa, os organizadores saíram muito satisfeitos com o sucesso. “Vale destacar uma coisa nesta etapa que chamou atenção. Com a localização do Rancho próxima à cidade, um público diversificado foi torcer e conhecer melhor o esporte. Após a prova, já haviam interessados em saber mais sobre locais e centros de treinamento disponíveis na região. A ideia é de que pessoas novas ingressem na modalidade, um dos objetivos que sempre prezamos ao realizar esse Circuito. As pessoas devem voltar a movimentar seus CTs, recebendo mais adeptos ao esporte. Um deles, inclusive, já irá iniciar seu aprendizado essa semana no Rancho Sistema Bruto. Esta etapa nos mostrou que estamos mesmo no caminho certo.”

Por Luciana Omena
Fotos: cedidas

 

Escreva um comentário