Três Tambores & Seis Balizas

ATBPA fomentando os Três Tambores e as Seis Baliza no Pará

Publicado

⠀em

Nova diretoria tem o empresário e criador Luciano Silva Lima como presidente que traz novas ideias e a regulamentação das disputas junto a ABQM

A Associação de Três Tambores e Seis Baliza do Pará – ATBPA tem um papel importante no fomento do esporte no Estado, apresentando em todos os cantos as modalidades, e incentivando novos competidores, e assim com as escolinhas surgindo novos proprietários. A nova diretoria que tem como presidente Luciano Silva Lima, empresário e criador, proprietário do AL Ranch, de Parauapebas/PA, vem com novas propostas para fomentar ainda mais a região e regulamentar os esportes junto a Associação Brasileira dos Criadores de Cavalo Quarto de Milha.

Para 2018, o 7º Circuito Paraense está composto por nove etapas, que passarão pelas cidades de Acará, Rondon, Parauapebas, Jacundá, Paragominas, Castanhal e Marabá. Em cada uma delas tem um anfitrião, que são diretores da Associação ou apenas criadores e treinadores que ajudam na promoção do evento.

“O nosso esporte é praticado por crianças, jovens, adultos, profissionais, é uma família! Eles chegam a rodar 800 km para participar de um evento, esforço esse que é reconhecido e valorizado pela ATBPA, por isso umas das preocupações foi a divisão em várias cidades do Circuito, além de prestigiar os participantes com boa premiação”, comentou Luciano.

Ele fala ainda de algumas novidades e mudanças em prol ao esporte na busca de atrair mais adeptos. “Primeiro item entre vários será dar respaldo as sedes onde serão realizadas as etapas do Campeonato Paraense ATBPA, totalmente oficializado pela ABQM”. O presidente conta também que irão promover cursos profissionalizantes, divididos em módulos, sendo: doma, iniciação, equitação e treinamento avançado, além de palestras sobre manejo, primeiros socorros, bem-estar animal, regras e categorias da ABQM.

A grande novidade, no entanto, para o Campeonato será premiação final de mais de R$ 35 mil, que segundo Luciano, valorizará associados, treinadores criadores e proprietário de cavalos. O destaque é categoria Aberta, em que o conjunto melhor ranqueado ganhará uma moto ‘zero’ km.

O Circuito tem um ranking de pontuação, que ao final da temporada terá os melhores de cada categoria premiados. Para ser ranqueado é preciso ser associado da ABTPA, e o custo é de R$ 150 anual. A primeira etapa está marcada para 29 de junho a 1º de julho, no Haras São Francisco, em Acará/PA. Outras informações: www.atbpaoficial.com.

Por Verônica Formigoni
Foto: Divulgação ATBPA

WordPress Ads
WordPress Ads