Campeonato realizou mais uma etapa especial, que além das categorias regulares, contou com o Miss Tambor Feminino e minicurso do recordista mundial Evelino Rocha
Fatiana Ferreira,
campeã Feminina

As provas no Recinto Mello Moraes, em Bauru/SP, aconteceram dias 2 e 3 de fevereiro, valendo pela 3° etapa do XXII NBQM. O mundo dos Três Tambores e das Seis Balizas já começou o ano daquele jeito! Provas em várias regiões, trazendo todo mundo de volta das férias com força total! Segundo o SGP Sistema, foram feitas 948 inscrições e a premiação chegou a R$ 73.690,00 para todas as categorias considerando as duas modalidades.

“Só tenho a agradecer por este final de semana maravilhoso! Obrigada Sandra Carvalho por manter tudo funcionando. Obrigada Juliano Calil, meu Vice super prestativo, que ajudou várias vezes o Vagner Simionato a deixar a pista da melhor maneira possível – vários tempos de 17.0 e um tempo de 16s! A todos os patrocinadores e parceiros do Núcleo, nosso agradecimento, pois sem vocês a gente não consegue melhorar mais e mais a cada dia. Agradecer também a todos que trabalharam em mais esta etapa, foram quase 1000 inscrições em apenas dois dias de prova, e tudo saiu perfeito. Até para São Pedro temos que agradecer (risos), pois não choveu”, contou Petit Herweg, presidente do Núcleo Bauruese do Quarto de Milha.

Mariana Ayres
Miss Tambor

As duas categorias que ‘bombaram’ nos Três Tambores foram Test Horse e GP ABQM. Edgard Rogerio Ribeiro, com Black Dee Fame HTT, superaram outros 268 conjuntos, e ao marcarem 17s244 foram os campeões no Test Horse na sexta-feira. No sábado, foi a vez de Fernando Henrique Morales, com WV Vanila Lider, levar o primeiro lugar no Test Horse, ao marcar 17s419. Edgard Rogerio Ribeiro voltou ao pódio no GP ABQM. O menor tempo – 17s008 – foi dele com Malagueta Shady. Outra categoria bastante concorrida foi vencida pelo único 16 do final de semana. Décio Gaspar Talon, com ST Pioquinha, anotaram 16s987 na Aberta Junior. Decinho também venceu a Cavalo Iniciante, com ST Stiking e o tempo de 17s208. Ainda pelos Três Tambores, o conjunto dourado Fatiana Ferreira e Exclusive Moon foram os campeões da Feminina, com 17s385.

“É sempre muito gratificante quando conseguimos executar tudo aquilo que treinamos e nos preparamos para fazer na hora da passada. Fiquei muito feliz e satisfeito com o desempenho da Pipoquinha. Me mostra que estou no caminho certo em seus treinamentos. Graças a Deus e ao Dr Marcio Tolentino e a Ana Tolentino, que colocam grandes animais de sua criação em minhas mãos para treinar tenho tido bons resultados com a Tropa ST. Animais muito bem selecionados de um plantel sensacional. Me sinto privilegiado e procuro dar o meu melhor para sempre poder montar nessa genética e ser um dos treinadores escolhido por eles para a carreira dos potros de sua criação. Graças a Deus, todos os anos eles vêm me presenteando com animais que nasceram com aptidão para o esporte. Me identifico bastante com a linhagem ST e meu estilo de treinar. Temos vários anos de parceria que fazem parte da minha história como treinador profissional. A primeira foi Taboquinha, depois sua irmã Pioquinha e agora vindo o ST Striking, todos irmãos e com um talento nato para a modalidade”, falou bonito o grande treinador Décio Talon.

Décio Talon e ST Pipoquinha

Quem se deu bem na prova de Baliza foi Claudio Ribeiro, da Fazenda Caruana. Ao apresentar Maiza Zorrero, marcou 20s297 para vencer a categoria GP ABQM. Marta Hewerg, a Petit, foi campeã de Baliza Amador. Com Do It All Agae, o tempo foi de 20s936 para levar o prêmio.  Entre os Mirins, pequeninos competidores, Gabriel Afonso Neves Garcia saiu da pista som sorriso de orelha a orelha. Ficou com o primeiro e o segundo lugares na categoria. Com Brubaker Grandson seu tempo foi de 24s379, e com Moeda Leo marcou 28s672.

Com o tema ‘Como iniciar potros no percurso dos Três Tambores’, o recordista mundial da modalidade ministrou um minicurso aos inscritos na etapa. O bate-papo aconteceu dia 1°, na quinta-feira, reunindo competidores de categorias diversificadas. Conhecimento nunca é demais, certo? Para as meninas inscritas na categoria Feminino, valeu também o título de Miss Tambor Feminino. Uma descontraída brincadeira que teve como brinde calças da Zenz Western. As meninas foram julgadas como em um concurso de miss, por um júri neutro. Entraram em pista perfiladas antes de começar a prova e o clima foi de descontração total! Mariana Ayres foi eleita a Miss Tambor Feminino desta etapa.

NBQM é um dos campeonatos mais antigos e tradicionais do Quarto de Milha no Brasil! Resultados completos no SGP Sistema.

Por Luciana Omena
Fotos: Hugo Lemes

Escreva um comentário