Appaloosa

Bo-Mar’s Jo Star é detentora de uma das histórias mais peculiares da Corrida

Mesmo sem ter sido treinada para Corrida, a égua mostrou desde o início ser uma genuína atleta das pistas

Mais do que revisitar o passado com histórias de glórias do Appaloosa de Corrida, a ideia é resgatar uma memória interminável de personagens dessa cronologia ascendente. Portanto, a égua Bo-Mar’s Jo Star não poderia ficar de fora desse resgate.

Afinal, ela tem uma das histórias mais singulares, pois nunca foi treinada, de fato, para Corrida. Mesmo assim, a égua foi lançada em competição por puro “feeling” do proprietário, um criador de cavalos Thoroughbred.

Tudo começou quando ele admirava Bo-Mar’s Jo Star, ainda potra, correndo durante o inverno nos piquetes do seu rancho no Kentucky, nos Estados Unidos. Logo, ele notou que ela sempre liderava o pelotão dos potros, com um forte galope e ainda não se fadava com a camada espessa de neve afundando suas patas.

Bo-Mar’s Jo Star tem uma das histórias mais peculiares do Appaloosa de Corrida

Com isso, ele a levou para uma corrida como teste para ver se ela tinha realmente capacidade ou aquilo era mero empirismo banal e inconclusivo. Dessa forma, sem antes ter entrado em um starting gate, a Bo-Mar’s venceu de ponta a ponta de maneira muito profissional. Sendo assim, estava estabelecido para o seu proprietário: tinha-se nela um genuíno cavalo de corrida.

Início da carreira nas pistas

Alguns fatos peculiares permeiam a trajetória de Bo-Mar’s Jo Star nas pistas, que teve 20 vitórias em 25 corridas. O primeiro deles é que desde os três anos ela correu gestando um de seus filhos. Mesmo assim, ela chegou a vencer três corridas em um só dia.

Se não bastasse isso, após sofrer um acidente em meio a sua campanha, a Bo-Mars foi dada como aleijada para as Corridas pelos veterinários. No entanto, ela, milagrosamente, se recuperou e voltou, não só a correr, como vencer. Além disso, Bo-Mar’s Jo Star vencia desde as 220 jardas até 880 jardas, estabelecendo recorde das 550 jardas em pista oval.

Produção de Bo-Mar’s Jo Star

Inevitavelmente, seus filhos foram todos ganhadores. Tendo destaque maior Star Bug, um potro de capacidade pulmonar avantajada por uma garupa ampla e bastante arqueada, conferindo um eixo de inclinação torácica perfeita com a cernelha.

Star Bug foi um dos filhos mais notáveis da égua

Bo-Mar’s Jo Star transmitia sua morfologia, pois o Star Bug era muito parecido com ela, seja no posterior amplo, na espádua comprida e sustentada por uma paleta forte. Como um dos destaques avassaladores da temporada de 1974, ele foi vendido por U$ 50 mil.

Fonte: Appaloosa Territory e Appaloosa Glic 
Crédito das fotos: Divulgação

Veja mais notícias sobre o cavalo Appaloosa no portal Cavalus