Segundo a ABCCC, evento já soma 272 inscrições e recorde poderá ser ainda maior

O Rédeas de Ouro iniciou em 2013 com a chancela da Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Crioulo (ABCCC). Desde então, a modalidade de Rédeas tem conquistado espaço no meio crioulista com grandes provas, premiações e batendo recorde.

Como consequência da evolução do maior evento de rédeas da raça Crioula, o número de inscrições também subiu. A edição de 2019, que acontecerá de 9 a 14 de dezembro, na arena coberta em Campina Grande do Sul/PR, atinge 272 inscrições.

Segundo a ABCCC, o número de inscrições é um novo recorde alcançado que, assim, coloca a prova em outro patamar.

Atualmente, o Rédeas de Ouro é o maior evento de Rédeas de uma só raça no Brasil. De 2016 até agora, o crescimento no número de inscrições foi de 183%, de acordo com dados divulgados pela ABCCC.

Arena de Campina Grande do Sul será palco do evento

Dessa forma, as 272 inscrições para o Rédeas de Ouro 2019 são compostas por 219 inscritos nas diferentes categorias e outros 53 para os trios na Mapuche Reining Cup. Este evento ocupa a programação deste ano ocupando o espaço deixado pelo 1º Sul-americano de Rédeas do Cavalo Crioulo (2018).

Leia mais notícias sobre o cavalo Crioulo

No quesito premiação, no evento que vai definir os campeões do Campeonato Nacional, Potro do Futuro e Snaffle Bit da ABCCC, a premiação ultrapassa os R$ 120 mil, um aumento de 20% em relação ao ano passado.

Contudo, a entidade avisa que a premiação anunciada estará sujeita a retenção do Imposto de Renda na Fonte na forma da lei.

Recorde ainda maior

O recorde atual pode ser ainda maior, ainda segundo a ABCCC. Apesar de não haver mais tempo hábil para novas inscrições para o Rédeas de Ouro, os interessados em participar da Mapuche Reining Cup têm até o dia 9 de dezembro para garantir presença na prova.

De acordo com o coordenador da Subcomissão de Rédeas da entidade, Antônio Corrêa, a prova é de uma dimensão absurda e, por isso, a meta era atingir 200 inscrições.

“Estamos muito felizes, esse é um trabalho que vem acontecendo com a comissão de Rédeas junto à Diretoria Geral da ABCCC, um trabalho muito focado na modalidade de rédeas. E está aí o resultado”, comemora.

Fonte: ABCCC
Crédito das fotos: Felipe Ulbrich