Mangalarga Marchador

Cavalo Mangalarga Marchador fecha 2019 com saldo positivo

Dados divulgados pela ABCCMM mostram o crescimento da raça, que contabiliza cerca de 650 mil animais registrados

A Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM) divulgou recentemente os resultados obtidos de 2019. De acordo com a entidade, o ano passado foi mais que especial, em virtude da realização de grandes eventos e, principalmente, das comemorações do aniversário de 70 anos de fundação da ABCCMM.

Nesse sentido, o saldo positivo de 2019 pode ser comprovado com os números revelados pelo Serviço de Registro Genealógico (SRG) da entidade. Antes de mais nada vale lembrar que o departamento funciona como um cartório e é responsável pela documentações dos 648.945 mil animais registrados.

Desse total, duas regiões brasileiras concentram maior número. São elas, o Nordeste, que abriga 110.636 marchadores e, em segundo lugar, o Sudeste, com 455.260 exemplares.

Outro ponto destacado pela ABCCMM, é que de janeiro a dezembro houve a comunicação de 25.230 cobrições por monta natural e 8.600 por transferência de embrião, totalizando 33.830 cobrições. Já o número de nascimentos chegou a 24.032 comunicações.  

Da mesma forma, as transferências de animais contabilizaram 19.687 ações. Outro dado importante, é que foram resenhados 47.857 exemplares da raça em 2019, que são os registros provisórios ou definitivos.

Por fim, a entidade ressalta que os número que foram divulgados poderão ainda ser ajustados, conforme haja novas notificações ao setor por parte dos associados.

Expectativa para 2020

Certamente, o ano de 2020 começou a todo vapor para a família Mangalarga Marchador. Ainda de acordo com a entidade, a expectativa para o ano não poderia estar melhor. A diretoria prevê mais uma temporada de grandes eventos e realizações.

A princípio, as atenções estão direcionadas para a Exposição Brasileira do Criador, o primeiro grande evento do ano, que será realizado de 4 a 8 de março, em Varginha/MG. Portanto, será uma boa oportunidade para os criadores avaliarem de perto os animais nascidos e criados em seus planteis.

Os leilões também serão constantes neste ano. Ainda de acordo com a ABCCMM, a tendência é um aumento em números de pregões e a superação do ano passado. O setor já tem agendado remates que certamente movimentarão o mercado de compra e venda da raça.

Leia mais notícias sobre o cavalo Mangalarga Marchador

Contudo, para quem deseja começar o ano com informação e conhecimento, a entidade continuará firme com apoio e orientação técnica aos associados. O curso de Equitação para as Provas Sociais inaugura a temporada e será realizado de 10 a 12 de janeiro, em Resende Costa/MG . Para ver agenda e grade completa dos cursos, clique aqui.

Outra iniciativa que recebe apoio da associação é o curso de Equideocultura Raças Marchadoras. Parceria entre a ABCCMM e PUC Minas, o curso é voltado para profissionais com nível superior em Medicina Veterinária e Zootecnia.

Com disciplinas e carga horária criteriosamente elaboradas para melhor atender os alunos interessados, o Equideocultura Raças Marchadora está com inscrições abertas. Mais informações podem ser obtidas através do site da instituição.

Fonte: ABCCMM
Crédito da foto: Divulgação/ABCCMM