Esses animais deram show de beleza e marcha em 274 eventos oficiais, realizados em 17 estados brasileiros

Antes que for dada a largada para a temporada de provas do cavalo Mangalarga Marchador em 2020, ainda é tempo de contabilizar os resultados obtidos pela raça no ano passado. De acordo com a Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM), mais de 33 mil exemplares participaram de provas no país ao longo de 2019.

Esse total de marchadores participaram de exposições, foram elas especializadas e inéditas, além de copas de marcha que ocorreram em 17 estados da federação. Ao todo, ainda de acordo com a entidade, foram 274 eventos oficiais realizados e chancelados pela ABCCMM.

Por exemplo, Minas Gerais, Bahia e Rio de Janeiro foram os três estados que mais sediaram eventos no ano de 2019. Inegavelmente, mostrando a força da criação da raça nessas regiões.

Além disso, dos mais de 33 mil animais julgados no ano passado, apenas uma seleta tropa composta por 548 animais ostenta os títulos de Campeão e Reservado Campeão de Marcha ou Morfologia. Sem dúvida, alegria que recompensou criadores, expositores e apresentadores que se dedicaram por meses.

Por fim, ainda de acordo com a ABCCMM, do total de animais que participaram das provas, a grande maioria são de marcha batida, sendo 8.803 de marcha picada. O que mostra que desde o retorno às pistas tem se destacado tanto pelo número expressivo de participantes quanto pela qualidade dos animais apresentados.

Leilões da raça

Ainda de acordo com a entidade, o ano que passou também foi de destaque no número de pregões realizados na raça. Ao todo, foram realizados 394 leilões que ofertaram cerca de 14 mil marchadores.

Dessa forma, até o momento, a movimentação financeira é de R$127.046.773,78. Mas, segundo a ABCCMM, estes dados podem sofrer alterações já que algumas leiloeiras ainda estão dentro o prazo para envio de relatórios finais.

Leia mais notícias sobre o Mangalarga Marchador

Entre os pregões de destaque do ano de 2019, teve o Leilão Elite (Haras Figueira, Haras Aurora e Haras da Ilha), realizado no mês de novembro em Florianópolis/SC. O pregão ofertou 94 lotes de animais e embriões, e arrecadou R$ 8.706.000, 00. Sem dúvidas, foi o maior pregão do ano e segundo maior leilão da história do cavalo Mangalarga Marchador.

Por fim, outra vitória para rala. Afinal, em setembro do ano passado, a ABCCMM lançou o serviço de consulta aos lotes em leilões chancelados. No selo localizado abaixo do banner de divulgação, é possível verificar a existência ou não, de pendências relacionadas aos produtos ofertados.

Por Natália de Oliveira
Fonte: ABCCMM
Crédito da foto: Divulgação/Sidney Araújo