Mangalarga Marchador

Veja quais éguas foram Campeãs Brasileiras de Marcha em 2020

Nesta reportagem você acompanha um breve histórico de cada égua que entrou para o seleto grupo de Campeãs Brasileiras de Marcha da raça Mangalarga Marchador

Publicado

⠀em

Anteriormente, o portal Cavalus trouxe uma reportagem especial relembrando os cavalos que conquistaram o titulo nacional de marcha da raça Mangalarga Marchador. Agora chegou a vez delas, ou seja, das éguas que foram Campeãs Brasileiras de Marcha em 2020.

São elas: Gameleira II Genial, que subiu no lugar mais alto do pódio no Campeonato Brasileiro de Marcha Batida (CBM de Batida), e Delícia da Balada, que conquistou o maior prêmio do Campeonato Brasileiro de Marcha Picada (CBM de Picada).

Abaixo você conhece um pouco mais da história de cada uma das Campeãs Brasileiras de Marcha em 2020 da raça Mangalarga Marchador. Confira!

Gameleira II Genial (Desafio de Alcatéia x Traituba Ziara) – Divulgação/Rodrigo Mendes

Gameleira II Genial

Sem dúvidas, ela entrou na pista do Haras Raphaela, em Tietê/SP, durante o CBM de Batida bem treinada e, assim, disputou em sua categoria com grandes nomes da raça. Como resultado, a fêmea de notável andamento sagrou-se na competição Campeã das Campeãs Brasileiras de Marcha. 

O título máximo enche de orgulho a equipe do Haras General, de Campos dos Goytacazes/RJ. Afinal, a égua tem construído uma trajetória de sucesso por onde passa. 

Em 2020, ela sagrou-se em março, na última edição da ENMMERJ, Campeã das Campeãs de Marcha e a Grande Campeã Adulta da Raça. Dobradinha, aliás, comemorada por todos que acompanharam a evolução da tordilha. 

Prestes a completar 5 anos, Gameleira II Genial, é fruto do cruzamento de Desafio de Alcatéia em Traituba Ziara. Neta, portanto, na linha alta de Pavão do Morro Queimado e Favacho Jamaica, e na linha Baixa, de Pégaso Traituba AA e Traituba Folia.

Integrante do time de pista do criatório fluminense, Gameleira marcha para os novos desafios e deixa sua marca na História do CBM.

Delícia da Balada (Landau Dois Irmãos x Fragata SCA) – Foto: Reprodução/Facebook

Delícia da Balada

Da terra do sertanejo para a terra do axé. Esse foi o ousado caminho percorrido pela égua Delícia da Balada, que saiu da cidade de Petrolina de Goiás/GO para bilhar na pista do Parque de Exposições de Salvador/BA. Inegavelmente, ela conquistou a simpatia dos participantes e expectadores do 13º CBM de Marcha Picada.

Campeã em sua categoria, Égua Adulta Maior, na disputa pelo título nacional de Campeã das Campeãs de Marcha, Delícia mostrou que, além de estar em boa fase, também estava bem treinada e em sintonia com seu apresentador.

Filha de Landau Dois Irmãos em Fragata SCA nasceu em fevereiro de 2015, em Anápolis também em Goiás. Seu feliz expositor foi Márcio Ramos Gonçalves, do Haras Limongy, localizado na cidade de Petrolina de Goiás.

Portanto, ao tornar-se Campeã das Campeãs Brasileira de Marcha Picada de 2020, Delícia da Balada, carimbou, de forma definitiva, o próprio nome na história da raça Mangalarga Marchador.

Por Natália de Oliveira
Fonte: ABCCMM
Crédito das foto em destaque: Divulgação/H. Possebon

Veja mais notícias sobre o Mangalarga Marchador no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads