Paint Horse

Haras Tradition: conheça a história de criação do cavalo Paint

Proprietário do criatório, Aderbal da Cunha Bergo conta como iniciou o envolvimento com a raça e a filosofia que emprega na busca por cavalos de performance

Quando o advogado Aderbal da Cunha Bergo adquiriu os seus primeiros exemplares da raça Paint Horse, em 1995, certamente, ele não imaginava aonde tudo aquilo iria levar. Afinal, tudo começou como uma aventura, ao lado do amigo Sérgio Tomazini, para depois se tornar no Haras Tradition.

Com sede em Jaguariaíva/PR, o criatório possui uma estrutura devidamente adequada para a criação de cavalos. No entanto, isso vai além de espaço suficiente, pastagens variadas e da mais alta qualidade , além de equipe profissionais capacitados.

É a filosofia da criação de Aderbal dentro do Haras Tradition, direcionada por seis premissas intransponíveis, que torna o local ideal para se criar cavalos da mais alta performance. Isso se resulta no planejamento estratégico, genética, respeito ao animal e a sua natureza livre.

Abaixo, você confere uma entrevista especial com Aderbal da Cunha Bergo, que fala sobre o início da criação de cavalos Paint Horse, a transição até o surgimento, do que é hoje, o Haras Tradition, o foco no trabalho com a raça e os prêmios conquistados até agora. Confira!

Aderbal da Cunha Bergo, titular do Haras Tradition

Primeiro contato com o cavalo Paint

“O meu primeiro contato com o cavalo Paint foi em 1995, quando adquirimos, eu e um amigo, o Sérgio Tomazini, os dois primeiros exemplares da raça, todos machos.

Logo depois, compramos éguas Quarto de Milha consagradas, inclusive SKR, para iniciar a criação. Este primeiro contato aconteceu em um leilão no antigo centro de exposições Imigrantes”.

Início da criação em parceria

“O início, como disse, foi uma aventura minha e do Tomazini. Fomos buscar matrizes com pedigree consagrado no Quarto de Milha e investimos nos melhores garanhões da época, com coberturas, porque ainda era rara naquela época a transferência de embrião, sêmen congelado, etc…

Então, era levar as éguas para cobrir com: Dr. Sunny Pep, Freckles Storm Cat e o famoso astro da novela “Estrela de Fogo”, o garanhão Eternal Doctor. Aliás, esses são lendas da raça no Brasil até os dias de hoje, com seus filhos sendo muito procurados”.

No Haras Tradition, Miss Playboys Heart com potro ao pé, filho de Handshake Brother

Reviravolta e um novo começo

“Depois de algum tempo, o meu amigo e eu decidimos terminar a criação e, consequentemente, a nossa  sociedade, cujo criatório estava situado em São Pedro/SP. Então, eu levei alguns animais Paint para a minha fazenda, em Jaguariaíva, no Paraná.

Por algum tempo produzi poucos animais, sempre com aquela base genética inicial, focada em animais de trabalho, dos melhores do mundo na raça Paint. Aos poucos a criação voltou a crescer e outros animais foram adquiridos, sempre com esse foco em Paint Horse voltado para performance. Assim, surgiu o que é hoje ao Haras Tradition “.

Garanhão do Haras Tradition, Handshake Brother

Haras Tradition

“Com sede na Fazenda Tradição, em Jaguariaíva, o Haras Tradition está devidamente adequado para a criação. Afinal, possui 32 baias de alvenaria da melhor qualidade, cerca de 20 piquetes devidamente formados em tifton.

Além de outras áreas de pastagens, inclusive com gramíneas sazonais, como azevem no inverno, e, ainda, aveia branca, em área de 120 alqueires. O haras conta com o corpo fixo de quatro funcionários, além de prestadores de serviços específicos, como médicos veterinários, ferrageadores, treinadores etc.

Temos os treinadores do Paraná, como os companheiros Lauri e Amadeu que já fizeram campeões nacionais da raça. Temos, também, a parceria com a Cowboys Company, com o Centro de Treinamento em Campinas/SP, cidade em que resido e treino meus animais para as provas.

No CT em Campinas temos a participação direta do grande treinador Thiago Paiva Moreira e de sua equipe, com destaque para o Marquinhos e o Vinícius. Logo, a estrutura , desde a fazenda até o CT em Campinas é grande, porque se somam, outros veterinários, treinadores e ferrageadores.

Ainda existem parceiros, como, por exemplo, o Haras R3, do amigo Roberto, de Ribeirão Bonito, onde a Tradition tem animais em treinamento de tambor. No total, a tradition já ultrapassou o número de 100 animais faz algum tempo”.

Natureza exuberante com Paint Horse no Haras Tradition 

Filosofia e foco da criação

“A filosofia é direcionada por seis premissas que, para a Tradition Paint & Quarter Horse, são intransponíveis. São elas:

  1. Um bom animal é resultado de bons cruzamentos, com pai e mãe com pedigree consagrado;
  2. Ademais, um bom animal será o resultado de uma prenhez sadia, com a égua em excelentes condições de alimentação e cuidados sanitários desde o cruzamento até a parição;
  3. Além disso, um cavalo forte se faz desde o nascimento, com cuidados na alimentação e suplementos desde o nascimento. Seguindo, assim, com um processo de desmame que respeite a natureza gregária do cavalo (potro nunca se desmamam sozinho e nunca deve ser isolado). E, depois, os suplementos necessários para cada fase do crescimento;
  4. Potros tem que tomar sol, tomar chuva, pastar, brincar entre eles, impor liderança, aprender, desenvolver as suas curiosidades.
  5. O processo de doma nunca pode ser adiantado para o interesse do proprietário. A doma deve ser gradual, sensível e sem violência de qualquer espécie. Muito embora as correções de erros devam acontecer com precisão;
  6. Cada animal é um indivíduo, sendo necessário, portanto, compreender a personalidade de cada um deles. Como também as suas habilidades e estrutura óssea e muscular, para agir e exigir adequadamente e no tempo certo.

O nosso foco, é e sempre será o de cavalos de performance, animais que tenham utilidade e vivacidade para os esportes equestres. Nenhuma raça, por mais bela que seja, pode viver e crescer a partir da visão unicamente na pelagem, nos olhos azuis e na conformação.”

Prêmios do Haras Tradition

“Os nossos animais, principalmente os montados por mim mesmo ou por meu genro, Rubens Schartzmann, além dos parceiros compradores e treinadores, tem se destacado nas competições da raça Paint Horse. 

As vitórias são muitas. Mas vale citar que os nossos animais, com o sufixo ACB, fizeram o maior número de premiações nas Nacionais e Potro do Futuro da ABCPaint nos anos de 2015, 2016 e 2017.”

Por Natália de Oliveira
Crédito das fotos: Reprodução/Instagram Haras Tradition

Veja mais notícias sobre o cavalo Paint no portal Cavalus