Cinema

The Brave One

Com o título no Brasil de Arenas Sangrentas, o filme norte-americano de 1956, do gênero drama, foi dirigido por Irving Rapper e estrelado por Michel Ray e Rodolfo Hoyos Jr

Publicado

⠀em

Em The Brave One, um menino mexicano, Leonardo (Michel Ray), adota um touro como seu animal de estimação logo depois de salvá-lo durante uma tempestade. Então, a amizade entre o garoto e o touro, apelidado de Gitano, é posta em cheque quando os verdadeiros donos do animal aparecem.

Eles pegam Gitano de Leonardo e levam-no para a arena de touradas na Cidade do México. Nesse meio tempo, o garoto faz um pedido ao presidente do México. Como resultado, ele assina um ‘perdão’ para o touro. Mas o papel não sai a tempo suficiente de impedir que Gitano chegue até a Praça do México. O touro fica, então, frente a frente com o toureiro Fermín Rivera.

Com o título no Brasil de Arenas Sangrentas, The Brave One foi dirigido por Irving Rapper e estrelado por Michel Ray e Rodolfo Hoyos Jr

Rodado no México, com elenco daquele país, o filme é direcionado a crianças, ainda que possua vários elementos que podem agradar ao público adulto. Uma curiosidade de The Brave One é que o protagonista, Michel Ray, é um ator inglês cujo pai é brasileiro. Na década seguinte, ele desistiu de atuar e casou-se com a herdeira da empresa Heineken.

O filme recebeu três indicações ao Oscar na época, tendo vencido na categoria de Melhor História Original. O desconhecido Robert Rich, ganhador do Oscar de melhor roteiro, era na verdade pseudônimo de Dalton Trumbo. À época proibido de trabalhar por ter seu nome na lista negra durante a caça às bruxas em Hollywood.

A propósito, The Brave One foi o último filme premiado nessa categoria, que deixou de existir a partir do ano seguinte. Foi também a última produção da história da RKO a arrebatar uma estatueta da Academia. Outro nome ‘estrelado’ da produção foi o diretor Irving Rapper, mais conhecido pelas películas que fez com Bette Davis na Warner.

Assista ao trailer:

Fonte: filmow, adorocinema, wikipedia

Veja mais da editoria Cinema no portal Cavalus

Cinema

Ranching Perspectives

Um documentário que foi exibido pela primeira vez em 2013 e conta a história por trás da tradição pecuária na Dakota do Norte

Publicado

⠀em

A pecuária, sem dúvida, requer uma mistura de senso financeiro, habilidade de marketing, força física absoluta e um toque de psicologia animal. Por isso, o documentário Ranching Perspectives passa o tempo com dez famílias da Dakota do Norte, Estados Unidos, que entendem esse estilo de vida, a vida do negócio rural original.

Mas os problemas complexos que esse fazendeiros enfrentam hoje são diferentes daqueles que seus pais encontraram. Os pecuaristas  norte-americanos gerenciam as oportunidades e desafios complexos de administrar uma empresa com o fardo adicional de cuidar e alimentar diariamente centenas de animais de grande porte.

Ranching Perspectives: o documentário foi exibido pela primeira vez em 2013 e conta a história por trás da tradição pecuária em South Dakota

Eles se fundamentam em tradições, mas devem modificar constantemente suas operações a fim de atender às necessidades de um mundo moderno. Em Ranching Perspectives, a expectador pode ainda ficar de olho em algumas das mais belas paisagens da Dakota do Norte enquanto vivencia a indústria da pecuária de uma perspectiva diferente.

A produção teve apoio com doações para o financiamento da USDA Rural Development e por membros da Prairie Public – uma estação de rádio pública de Bismarck, Dakota do Norte.

Assista na íntegra:

Fonte: Prairie Public

Veja mais da editoria Cinema no portal Cavalus

Continue lendo

Cinema

Camp Harlow

É um drama religioso que envolve a mudança de comportamento de uma adolescente quando ela vai para um acampamento e tem contato, acima de tudo, com um dos cavalos

Publicado

⠀em

Camp Harlow conta a comovente história de Alex (AJ Olson). Uma adolescente valentona que passa seu tempo atacando colegas de classe e tornando suas vidas o mais miseráveis ​​que pode. Tudo isso porque dentro de casa ela ouve diariamente seus pais brigando por anos e torna-se uma menina revoltada.

Quando o ano letivo termina, Alex aceita o convite para ir ao acampamento de verão com seu namorado, Eric (Andrew Dyer), e escapar de sua vida familiar tensa. Chegando lá descobre que é um acampamento cristão e ela teria que lidar com situações que não está acostumada. Eric e sua conselheira Sam (Monique Hurd) tentam atraí-la para as atividades do acampamento.

Entre elas, o trabalho de doma de um dos cavalos. O contato com os cavalos, então, e a vida no campo, passeios e cavalgadas, amenizam o gênio da garota. O filme mostra ainda o dia a dia simples do campo, momentos como escovar um cavalo ou encilha-lo.

Aos poucos ela aceita o que o namorado e os amigos estão propondo e abre seu coração. Um alerta, sem dúvida, para a mudança de vida que Alex tanto precisa. Mas, será o suficiente para realmente mudar sua vida ou ela apenas retornará aos seus métodos de intimidação quando o acampamento terminar? O convívio com os cavalos do acampamento realmente será decisivo?

Assista o trailler de Camp Harlow:

Fonte: commonsensemedia

Veja mais da editoria Cinema no portal Cavalus

Continue lendo

Cinema

The Horse Boy – O Menino e o Cavalo

É o título de um livro autobiográfico e um documentário que mostra como o cavalo pode curar e mudar a vida das pessoas

Publicado

⠀em

Baseado em um livro autobiográfico, a estreia mundial do documentário The Horse Boy foi em 2009. Antes de mais nada, segue a busca de Rupert Isaacson e sua esposa, Kristen Neff, a fim de encontrar a cura para seu filho autista, Rowan. A família deixa sua casa no Texas em uma árdua jornada para a Mongólia logo depois que descobre que a condição de Rowan melhora no contato com cavalos.

Durante essa viagem do Texas às estepes da Mongólia, os Isaacson’s buscam uma cura descrita como xamânica para seu filho autista. Ao longo do documentário você testemunha as lutas do casal, suas dúvidas, bem como a comemoração das pequenas vitórias. Mas os vemos também no stress dos retrocessos e nos momentos de profundo cansaço e desânimo perante um desafio hercúleo.

The Horse Boy é o título de um livro autobiográfico e um documentário que mostra como o cavalo pode curar e mudar a vida das pessoas

O pequeno Rowan tem uma relação especial com animais, principalmente com os cavalos. Com toda a certeza, esse é o fio condutor, não apenas da experiência, como também do filme. A câmera viajante capta os comentários imediatos dos pais, em vez de reflexões ponderadas a posteriori. Daí um sentido de urgência, temperado pelo lirismo com que se tratam lugares e sentimentos.

Michel Orion Scott dirigiu The Horse Boy, distribuído pela Zeitgeist Films. O documentário ganhou prêmios, como o do Festival de Cinema de Sundance 2009. No mesmo ano, ganhou o Feature Film Audience Award, como melhor Longa-Metragem de 2009 do festival South by Southwest. Enquanto o livro, lançado pela Little Brown and Company, foi best-seller do New York Times.

É um filme muito bonito, tanto pelas paisagens quanto pela mensagem que passa. Assista ao trailler:

Fonte: fimow, wikipedia

Veja mais da editoria Cinema no portal Cavalus

Continue lendo