destaque

Murilo Ceccon é destaque no mercado de cavalos Quarto de Milha

Um dos principais nomes do meio equestre, Murilo Ceccon é referência como assessor e consultor equino

Publicado

⠀em

Murilo Ceccon é destaque no mercado de cavalos Quarto de Milha

Murilo Ceccon, confessa que, apesar de não ter crescido no meio equestre, se apaixonou pelos cavalos e não titubeou em trocar a carreira promissora como contador para entrar de cabeça no mercado. Após uma temporada na Austrália, ao retornar ao Brasil, foi gerente de um dos haras mais importante do país e, em seguida, decidiu que deveria arriscar. Então, o jovem se tornou assessor e consultor equino da raça Quarto de Milha, sendo considerado um dos melhores.do seu meio. “Com muito trabalho e persistência, venho trilhando um caminho interessante. Não é fácil, mas chegamos lá”, avalia o paulistano da cidade de Itatiba que conversou com o Portal Cavalus para falar de sua trajetória.

Murilo, de onde vem a sua ligação com os cavalos? 

Como a maioria das pessoas que amam cavalos, eu confesso que desde criança sempre fui apaixonado por esses animais. No entanto, a aproximação ocorreu mesmo apenas em 2009, quando comecei a trabalhar no Rancho Coyote. Ali, bateu forte.

Você é contador de formação, certo? Como foi para o Murilo Ceccon entrar no meio equestre? Como foi se tornar gerente do Rancho Coyote?

Sou formado em Ciências Contábeis pela Faculdade de Valinhos e fiz pós em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Comecei trabalhando na parte financeira e contábil do Rancho Coyote, considerado um dos principais haras de quarto de milha tendo grande destaque nacional, tanto na parte de treinamento de apartação, quanto na parte de criação. Foi quase que uma escola.

Qual a importância do Prof. Carbonari em sua trajetória?

Com o passar do tempo, o Prof. Carbonari, que foi a pessoa responsável pela minha introdução no mercado, confiou e me deu a responsabilidade de gerenciar o Rancho Coyote. Agradeço muito a ele por tudo, inclusive pelos ensinamentos. Quem é quartista sabe que estou falando de um dos maiores entendedores da Raça Quarto de Milha.

De que forma veio a decisão de deixar sua carreira aqui no Brasil e ir pra Austrália? Você conseguiu ter contato com cavalos lá?

Em 2012 tive uma oportunidade muito boa de estudar na Hawthorn, localizada em Melbourne na Austrália. Trata-se de um dos maiores colégios de inglês daquele país. Lá, estive na equina onde passei a semana observando a genética que os australianos usam no Quarto de Milha.

Quando veio o insight pra sair da contabilidade e ir pro mercado equestre como empresário?

Como todos sabem, o mundo do cavalo é apaixonante. Comigo não foi diferente e eu fiquei fascinado. Pela bagagem que tive como gerente de um dos maiores haras de quarto de milha do Brasil, decidi me jogar no meio. As inúmeras vezes que fui com o Prof. Carbonari nos EUA, em busca de garanhões, éguas e animais de provas, me trouxe um aprimoramento que tenho levado para o meu trabalho. 

Como é o seu trabalho como assessor equino e outros projetos ligados ao mercado?

Aprendi muito com o mercado de cavalos. Claro, há a paixão e também existe o business. Contudo, devemos sempre trabalhar com números e estatísticas, e é aí que busco mostrar e oferecer aos meus clientes o que há de melhor no mercado, buscando assim a paixão e o retorno financeiro. Gosto muito da palavra ‘Projeto’ e no cavalo não é diferente. Gosto de, primeiramente, entender o que o cliente busca. Gosto de entender para atender. Sempre falo para meu clientes que você tem que vender aquilo que você gostaria de comprar.

Quais os maiores desafios da sua trajetória?

Como profissional não foi fácil. Aliás, nunca é. E entrar em um mercado sem ter crescido no meio é ainda mais difícil. No entanto, sempre busquei conquistar tudo com muito esforço, insistência e trabalho. Chegamos lá!

O que o cavalo representa para você?

O cavalo é minha vida, é, também, uma poderosa figura que representa os desejos humanos mais impulsivos. Inclusive, há uma frase que gosto sempre de usar: paixão pelo Quarto de Milha. É isso: paixão. 

Por Wesley Vieira/Portal Cavalus
Fotos: Divulgação/Acervo Murilo Ceccon

Leia mais notícias aqui.

WordPress Ads
WordPress Ads