Geral

Equideocultura comemora o lançamento da Câmara Setorial de Equídeos do Estado de São Paulo

Câmara será um fórum permanente de interlocução entre os setores público e privado, visando o fortalecimento do agronegócio

Publicado

⠀em

O meio do cavalo tem muito o que comemorar! A Secretaria Estadual de Agricultura do Estado de São Paulo lançou na última terça-feira (9), a Câmara Setorial de Equídeos, uma conquista articulada pelo Instituto Brasileiro de Equideocultura (IBEqui).

A Câmara será um fórum permanente de interlocução entre o setor privado e público, com o objetivo de fortalecer o agronegócio.

Segundo o presidente do IBEqui Manoel Rossitto, a Câmara é uma conquista muito relevante para a equideocultura, pois todas as 30 entidades do setor poderão apresentar quais são os gargalos, propostas políticas e junto com o setor público, buscar soluções, não só para baixar custos, mas para desburocratizar. “É um marco, um momento muito importante”, comemora Rossitto.

Para o presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM) Caco Auricchio, o meio do cavalo impacta muito na economia do país. Este anos segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) o rebanho equídeo cresceu 1,9%, representando 6 milhões de cabeças. O PIB do setor, em 2016, movimentou 16 bilhões e, de acordo com os levantamentos do próprio setor, deve chegar a R$ 30 bilhões este ano.

“Somos um setor muito importante para a economia para sermos deixados de lado. Geramos 3 milhões de empregos, sustentamos famílias, gerando empregos e movimentando a economia”, salienta Auricchio.

Estiveram presentes na cerimônia as autoridades: secretário da Agricultura e Abastecimento do Estado de SP, Itamar Borges e do secretário-executivo, Francisco Matturro; a presidente da Sociedade Rural Brasileira, Teka Vendramini; o presidente do Conselho da Administração da ABQM, Carlos Braga; o presidente executivo do Instituto Brasileiro de Equideocultura (IBEQUI), Manuel Rossitto; o  coordenador das Câmaras Setoriais da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, Alberto Amorim; o coordenador da Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), Luís Fernando Bianco e o prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga.

Representando o setor de equídeos, estiveram presentes Onécio Prado, presidente da Associação Brasileira do Cavalo Crioulo (ABCCC); Ismael Silva, presidente da Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Puro Sangue Lusitano (ABPSL), Fábio Parisi, representando a Associação Nacional do Laço Individual, (ANLI); Chico Moura, representante da Associação Nacional do Cavalo de Rédeas; além de representantes da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo da Raça Mangalarga (ABCCRM) e Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM).

Melhorias conquistadas

Durante a cerimônia foram anunciadas mudanças no processo de emissão da Guia de Trânsito animal (GTA), que passa a ser mais ágil e moderna, pois poderá ser realizada pelo celular.

O secretário-executivo da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo Francisco Matturro comemorou a modernização da emissão, visto que agora os criadores não precisarão mais se locomover até seus escritórios para emitir a guia.

“Essa modernização é extremante importante para nós, pois nossos eventos são realizados aos finais de semana, quando os escritórios estão fechados”, comemora o secretário.

A cerimônia contou ainda com uma homenagem à nova Diretoria Executiva da ABQM.

Créditos: Equipe Cavalus Comunicação

Fotos: Equipe Cavalus Comunicação

Acompanhe mais notícias no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads