Geral

Guaratinguetá sedia comemorações do bicentenário da Independência do Brasil

Publicado

⠀em

Próxima parada da ‘Jornada dos Príncipes’ acontece neste domingo (15) e contará com a presença do príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança

Em 2022, o Brasil comemorará 200 anos de independência. A fim de celebrar esse marco da história do país foi  criado o projeto ‘A Jornada dos Príncipes‘, que tem próxima parada marcada para este domingo (15), em Guaratinguetá/SP.

Portanto, “A Jornada dos Príncipes” é um programa nacional, histórico, cultural  e de cunho patriótico, idealizado pelo cineasta e vice-presidente do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, Malcolm Forest.

Aliás, o projeto teve início em 2018 e pretende, ao longo destes quatro anos, resgatar a trajetória do Príncipe D. Pedro, do Rio de Janeiro a São Paulo, para a proclamação da Independência do Brasil.

Para tanto, o Chefe da Casa Imperial do Brasil, Dom Bertrand de Orleans e Bragança, seus irmãos, príncipes Dom Bertrand e Dom Antônio, seus sobrinhos e comitiva participarão das festividades pelo país.

Príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança irá participar do evento em Guaratinguetá

Em Guaratinguetá, sobretudo, o Príncipe será recebido, a partir das 10h30 deste domingo,  pelo prefeito Marcus Soliva. O local da recepção será a antiga Estação Ferroviária, no espaço cultural multiuso. 

Depois, desfilarão cavalos e bandeiras pela cidade até a Basílica de Santo Antônio em homenagem à visita do Príncipe. Na sequência, passarão em frente à casa onde D. Pedro I se hospedou em 1822 e conhecerão  a Casa de  São Frei Galvão.

Às 15:00, no Teatro Conselheiro Rodrigues Alves, haverá palestra de Dom Bertrand e a primeira exibição em Guaratinguetá do filme “Frei Galvão, o Arquiteto da Luz”, de Malcolm Forest. 

Por fim, na ocasião o Príncipe e o prefeito anunciarão o lançamento do Bicentenário da Independência do Brasil e o Bicentenário de São Frei Galvão de 2022.

Cavalos do Haras Lagoinha em Guaratinguetá

Antes de mais nada, vale ressaltar que a concentração inicial dos cavaleiros do desfile será na antiga estação ferroviária construída por D. Pedro II, a partir das 9h.

Dom Bertrand e a madrinha do evento, Marina Iorio

O evento conta com a participação de cavaleiros e cavalos do Haras Lagoinha de Jacareí/SP, que tem tendo assim como madrinha do evento Marisa Iorio.

“Eu acho lindíssimo o projeto. Minha intenção é inserir o cavalo Margalarga na história do Brasil, junto com todo esse percurso que D. Pedro I fez até a Independência do Brasil. Inserir, de fato, o cavalo de sela brasileiro na nossa história, nas nossas raízes, isso é o que me motiva nesse grande projeto”, ressalta a madrinha do evento.

De acordo com Malcolm, o cavalo Mangalarga se originou na fazenda Santa Cruz, de Dom João VI,  de Dom Pedro I, no Rio de Janeiro. “Lá que foram criados e desenvolvidos os primeiros cavalos que vieram da Península Ibérica para se tornarem raças brasileiras”.

Por conta disso, a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga tomou conhecimento da Jornada dos Príncipes e abraçou com todos os braços o projeto.

“Então faremos cavalgadas, concursos hípicos, provas, gincanas nessas cidades ao longo do Vale do Paraíba. Eles estão dando grande força já na mobilização que a gente vai ter”, acrescenta Malcolm.

Como surgiu a ideia

A principio, foi em uma reunião na Casa Imperial do Brasil, em São Paulo, em 2017, Malcolm Forest comentou que, havia alguns anos, tinha assistido, com admiração, uma palestra do Prof. José Luiz Pasin, fundador do Instituto de Estudos Valeparaibanos,  no Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo.

Malcolm Forest é o idealizador do projeto “A Jornada dos Príncipes”

“Ele relatou o que fora a viagem do Príncipe D. Pedro do Rio de Janeiro pelo Vale do Paraíba até São Paulo em agosto de 1822 para proclamar a Independência do Brasil. Contou o que o Príncipe viu, onde dormiu, o que almoçou e jantou. Aquilo me impressionou muito”, afirmou o autor deste projeto.

Malcolm ainda completou. “Indaguei então dos presentes naquela reunião se achavam ser interessante, para comemorar os 200 anos da nossa independência, se refazer, em um resgate histórico, todo o trajeto de Dom Pedro I. A ideia foi bem aceita e hoje se torna realidade.” 

Leia mais notícias no portal Cavalus

Com a colaboração de muitos simpatizantes, o projeto foi se desenvolvendo. O evento inaugural foi realizado com sucesso na cidade de Jacareí, portal do Vale do Paraíba no dia 19 de agosto de 2018.

Por Natália de Oliveira
Crédito das fotos: Divulgação/A Jornada dos Príncipes

WordPress Ads
WordPress Ads