Geral

Zoetis traz ao Brasil teste inovador que identifica infecção em cavalos

Em apenas 10 minutos, o portátil Stablelab detecta
e quantifica a proteína amiloide A sérica, sinalizador de processos infecciosos

Publicado

⠀em

Zoetis apresenta o lançamento nacional de Stablelab, de diagnóstico em equinos

Stablelab, teste de diagnóstico portátil, é a última novidade da Zoetis para equinos. Sem similares no mercado nacional, o teste tem a precisão superior a 95%. Bem como detecta e quantifica a proteína amiloide A sérica (SAA). Proteína produzida no fígado e na circulação quando o cavalo apresenta alguma infecção.

Em 10 minutos, o teste permite a detecção de processos inflamatórios de origem infecciosa. “Para ter uma ideia do quão isso é inovador no cuidado com equinos, é o resultado de um teste convencional de SAA em laboratório, que leva de 6 a 48 horas para sair”, destaca Chester Batista, Gerente Técnico da Zoetis.

Segundo o especialista, isso ocorre porque, após a coleta de sangue do animal, a amostra, enviada ao laboratório passa por várias etapas até o resultado final: armazenamento, processamento e rodagem do teste até a obtenção do resultado. “Já essa nova tecnologia nos permite ter tudo isso na palma da mão em apenas 10 minutos com a necessidade apenas da colheita do sangue. Isso é um incrível avanço para a medicina veterinária”, comenta.

Stablelab

Dessa forma, com Stablelab, profissionais avaliam a gravidade da situação antes mesmo dos primeiros sinais clínicos, como febre. Bem como, fácil de usar e do tamanho de um celular, Stablelab mede a SAA de 0 a 3.000 μg/mL por meio de uma pequena amostra de sangue. Se o resultado for igual a zero, o cavalo está saudável. Entre 0 e 50 μg/mL, está com inflamação de origem não infecciosa ou em fase inicial de infecção. Então, se superior a 50 μg/mL, está com infecção.

De maneira idêntica, a tecnologia permite avaliar equinos em situações de risco, como no período neonatal, cirurgias, transporte e competição, além de ser uma grande aliada na rotina ambulatorial para acompanhar a evolução de tratamentos. Da mesma forma, sua medição é considerada 30 vezes mais sensível que a de um termômetro e melhor que a dos tradicionais testes laboratoriais.

“Nosso novo teste portátil permite diagnosticar os casos antes de se tornarem graves e, ainda, monitorar a resposta ao tratamento de forma muito rápida e precisa. Com isso, o médico veterinário pode ajustar o tratamento se necessário, favorecendo a saúde e o bem-estar do animal”, explica a Gerente de Produto da Zoetis Bruna Silper.

Atualmente, é usado em mais de 25 países, incluindo Estados Unidos, Austrália e Alemanha. Agora chega ao Brasil para complementar o portfólio com foco em saúde equina da Zoetis. Juntamente com o alinhamento do conceito de cuidado contínuo com os animais e uso responsável de antimicrobianos, princípios que guiam as ações da empresa.

Sobre a Zoetis

Dessa forma, como empresa líder mundial em saúde animal, a Zoetis é movida por um propósito singular: fortalecer o mundo e a humanidade por meio da promoção do cuidado com os animais. Logo depois de quase 70 anos com inovações na maneira de prever, prevenir, detectar e tratar doenças em animais, a Zoetis continua a apoiar aqueles que criam e cuidam de animais em todo o mundo.

Por fim, todo o seu portfólio de medicamentos, vacinas, diagnósticos e tecnologias terapêuticas, e aproximadamente 11.300 funcionários fazem a diferença em mais de 100 países. Em 2020, a Zoetis obteve um faturamento de US$ 6,7 bilhões. Para outras informações, acesse www.zoetis.com.

INFORME PUBLICITÁRIO
Colaboração Assessoria de Imprensa Zoetis
Crédito da foto: Divulgação/Zoetis

Veja mais notícias no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads