Maior premiação do Quarto de Milha de Corrida nos Estados Unidos: bolsa total US$ 3 milhões, com US$ 1,5 milhão destinado ao vencedor

Cada segundo, dos cerca de 20, que compõe essa prova, são valiosos. Fãs de todo o mundo ficam grudados nos cavalos, seja ao vivo ou pela internet, para saber, em um piscar de olhos, quem consegue cruzar a linha de chegada em primeiro lugar. Na edição 2019, o feito foi de Mr Jess Jenkins (foto).

Estamos falando do All American Futurity, corrida clássica de Grupo 1 para cavalos Quarto de Milha na distância das 440 jardas (402 metros), que tem a maior premiação da raça para a modalidade, três milhões de dólares. No dia 2 de setembro, o animal de propriedade de Jose Ernesto Guzman e Rito Sosa, de Dallas, Texas, foi conduzido por James Flores para a vitória.

Por um pescoço, em 21s302, Mr Jess Jenkins, filho de Apollitical Jess, mesmo garanhão que produziu o campeão do ano passado, Apocaliptycal Jess, foi soberano. O campeão é castrado e foi adquirido por Jose e Rito por US$ 40.000,00 (aproximadamente R$ 160.000,00) antes das classificatórias em 2018.

Só havia feito três partidas antes da prova mais importante, chegando em décimo, sétimo e quarto lugares apenas. Correu em março em Remington Park e depois fez mais duas corridas em Ruidoso Downs. O segundo lugar ficou para o cavalo que era o favorito da corrida, Muister Riptide, com Determined One em terceiro.

Seu jóquei, falou animado sobre as qualidades de Mr Jess Perkins: “Ele me deu 120% hoje! Foi uma corrida limpa, largamos na frente e tivemos bastante espaço para desenvolver nossa prova. Tudo que pedi durante esses 21 segundos ele me deu. Tínhamos bons adversários o que fez a disputa ser ainda melhor”. Os dois favoritos duelaram entre si durante todo o percurso, mas não alcançaram Perkins.

Rustys Miracles

Marcos Carrizales, o treinador de Mr Jess Perkins, achava que ele podia não estar pronto, já que não correu suficientemente outras provas antes. Mas Flores estava convicto de que podiam fazer uma boa corrida. “Ele é um cavalo incrível, gosta de ficar calmo e relaxado. Mantenha-o feliz e ele fará seu trabalho”, contou Carrizales, que trabalha há anos com o jóquei e confia nele plenamente.

Exclusivo para cavalos QM de dois anos hípicos, o All American Futurity acontece há 59 anos no Dia do Trabalho dos Estados Unidos, juntamente com o All American Derby (para cavalos de três anos) e o All American Gold Cup (para cavalos mais velhos). Aproximadamente 25 mil pessoas circularam por Ruidoso Downs neste dia especial.

Um dia antes, 1° de setembro, o All American Derby teve um final surpreendente. Rustys Miracle foi a campeã ao cruzar a linha de chegada em 21s285. Valendo US$ 1,550 milhão de bolsa no geral, após ficar fora por sorteio, a égua voltou ao páreo quando um dos animais foi desclassificado por doping.

As classificatórias correram 15 dias antes entre 119 animais de três anos e garantiram vaga na final do All American Derby os dez melhores tempos. Como houve um empate no décimo tempo, por sorteio, Rustys Miracle havia ficado de fora e disputaria o Consolation. Porém, com a desclassificação de Rayonsmanonthemoon, ela pode disputar a prova, e para a surpresa e alegria de todos, venceu.

“Ela largou perfeitamente e quando vi que estávamos à frente. Apenas mantive sua atenção e continuei. Foi um milagre, igual ao nome dela. Sou grato ao Fred Danley e a sra Sue May, treinador e proprietária, por acreditaram em mim”, falou Noe Garcia Jr, o jóquei campeão. Jess Macho Corona cruzou em segundo lugar, enquanto Flying Cowboy ficou em terceiro, após a desclassificação por interferência de Variant Tiberias. Cds Wine N Dine foi campeão do All American Gold Cup.

O All American Futurity é a última corrida da All American Futurity Triple Crown de Ruidoso Downs. A primeira foi o Ruidoso Futurity, que aconteceu em junho, com vitória de Fernweh. Seguida pelo Rainbow Futurity, em julho, que teve como campeão Uncle D. Portanto, não tivemos um tríplice coroado.

Por Luciana Omena
Fonte: AQHA e Blog Haras Vista Verde
Fotos: Jake Roger

Escreva um comentário