Internacional

Atletas que podem levar seus países à vitória na PBR Global Cup

A PBR Global Cup é um dos principais eventos desse começo de temporada nos Estados Unidos

Como é de costume, a PBR faz uma análise interessante a respeito das possibilidades para a PBR Global Cup. A competição entre países está marcada para fevereiro e alguns atletas podem levar seus times à vitória, certamente.

Nesse evento, o título é sempre da equipe, contudo há alguns indivíduos que podem ajudar mais seus times. Além disso, quando Brasil e Estados Unidos venceram, foi um esforço total da equipe. Apresentando, entretanto, uma ou duas ‘estrelas’ ao longo do caminho.

No primeiro título, o Brasil teve José Vitor Leme e Eduardo Aparecido ao lado dos novatos Bruno Scaranello e Fernando Henrique Novais. A seleção brasileira que conquistou o título em Sydney logo após contou com destaque de Kaique Pacheco e Luciano de Castro.

Sobretudo, o melhor exemplo de um esforço geral é o USA Eagles em 2017. O time americano venceu a primeira etapa em Edmonton, Canadá. Stormy Wing foi uma das peças chaves, encaixadas com as decisões de Cooper Davis e o esforço de Cole Melancon.

Em outras palavras, todos os país que competirão nesse evento precisarão de um ou mais atletas de destaque para a próxima etapa. A PBR Global Cup está marcada para os dias 15 e 16 de fevereiro, em Arlington, Texas.

Atletas que podem levar seus países à vitória na PBR Global Cup

E quem pode ser alguns desses atletas favoritos à performances individuais que levarão seus países à vitória? A PBR listou oito: Jess Lockwood, José Vitor Leme, Cooper Davis, Chase Outlaw, Ryan Dirteater, Luciano de Castro, Kaique Pacheco e Jared Personage.

Participam desse evento Estados Unidos, com duas equipes por ser anfitrião, Brasil, Austrália, Canadá e México.

Convocados até o momento

Justin McBride e JW Hart, técnico e assistente técnico do Team USA Eagles selecionaram um trio poderoso até o momento: Cooper Davis, Jess Lockwood e Chase Outlaw.

O Team USA Wolves tem Ted Nuce no comando, ao lado de Mike ‘Bo’ Vocu. Contam até o momento com Ryan Dirteater (Cherokee), Stetson Lawrence (Chippewa and Sioux) e Keyshawn Whitehorse (Navajo).

Pela Austrália, já estão convocados, Cliff Richardson, Lachlan Richardson e Ky Hamilton. Canadá tem garantidos Jordan Hansen, Jared Parsonage e Dakota Buttar. Enquanto que o México chamou Edgar Durazo, Alvaro Aguilar Alvarez e Francisco Garcia Torres.

Guilherme Marchi é o técnico do Brasil. Seu assistente técnico é Robson Palermo. Eles chamaram até agora Jose Vitor Leme, Kaique Pacheco e Luciano de Castro.

Sempre bom lembrar que o Brasil busca o tricampeonato!

Leia também:
Mais uma vitória para o Brasil na PBR Global Cup

Por Justin Felisko/PBR
Tradução e adaptação: Luciana Omena