Corona Jumpim MRL é nomeado campeão Sul-Americano 2018 pela AQHA

No dia 17 de janeiro, a American Quarter Horse Association realizou em Oklahoma a entrega oficial de troféus para os cavalos nomeados em diversas categorias como AQHA Rracing Champions 2018. O maior reconhecimento ao Quarto de Milha de Corrida. São escolhidos, na ocasião, os melhores da Corrida em todo o mundo.

“Para grande orgulho e alegria dos brasileiros, Corona Jumpim MRL, de criação e propriedade do Haras Portofino, foi escolhido como campeão Sul-Americano da AQHA”, comenta nota do Jockey Club de Sorocaba. Corona Jumpim MRL é filho de Corona For Me em Ipanema Gold (Gold Medal Jess) e venceu o AQHA South America Challenge em março do ano passado no JCS.

O cavalo começou vencendo sua classificatória no dia 11 de março de 2018 e culminou sua trajetória com a vitória na final, dia 24 de março. Montado por A Santana e treinado por D Melo, marcou 21s309 na final percorrendo 402m sem trilhos. Depois disso, os proprietários fizeram planejamento para ida dele aos Estados Unidos.

O Bank of America Challenge Championship foi realizado em Los Alamitos no dia 17 de novembro com premiação de US$ 250.000,00. Foram 11 cavalos no páreo, valendo para um dos títulos mais importantes da Corrida mundial. Entre eles, Corona Jumpim, que teve sua vaga assegurada após vencer a prova sul-americana.

AQHA Racing Champions
Bodacious Eagle. Foto: AQHA

Na mesma cerimônia, Bodacious Eagle foi coroado o cavalo campeão mundial de Corrida 2018 peça AQHA. Ele também recebeu o prêmio de campeão aged horse e campeão aged gelding (castrado). Na temporada passada ele venceu ou ficou entre os primeiros, em todas as sete corridas que participou.

Somou em ganhos US$ 453.600,00. Bodacious Eagle é AQHA Supreme Race Horse e tem, em toda carreira, premiação de US$ 1.297.536,00. Treinado por Mike e Justin Joiner, aos seis anos ganhou o Champion of Champions (G1), All American Gold Cup (G1) e o Z. Wayne Griffin Director’s Trial. Ficou em segundo lugar no Robert L. Boniface Los Alamitos Invitational Championship (G1) e no Jet Moore Handicap (G2). E foi terceiro no Remington Park Invitational (G1).

Criado por La Feliz Montana Ranch LLC, Trotter adquiriu o cavalo ainda embrião. É o segundo campeão mundial filho de One Famous Eagle, que foi campeão de corridas e é pai também do campeão mundial de 2012, One Dashing Eagle. A mãe de Bodacious Eagle é Bodacious Dream, uma filha de Corona Cartel.

Outros campeões de 2018 eleitos pela AQHA: aged stallion – Tarzanito; aged mare – One Sweet Racy; 3-year-old e  3-year-old gelding – Hotstepper; 3-year-old filly – A Political Lady; 3-year-old colt – KVN Corona; 2-year-old e 2-year-old filly – Flash And Roll; 2-year-old gelding – Apocalyptical Jess; 2-year-old colt – Flying Cowboy 123; distance horse – Zoomin Racer; mexican champion – AS Macho; canadian champion – Had To Be Ivory.

Também foram premiados: champion breeder (criadores) – Grant Farms LLC; champion owner (proprietário) – Johnny Trotter; Champion trainer (treinador) – Blane Wood; e champion jockey – Cody Jensen.

Essa mesma cerimônia homenageou algumas personalidades do mundo da Corrida, entre elas o brasileiro Mauro Zaborowsky, presidente do Jockey Club de Sorocaba.

Colaboração: Jockey Club de Sorocaba
Fonte: AQHA
Na foto de chamada: Corona Jumpim. Foto: JCS

9 Comentários

  1. Pingback: Vai começar a temporada 2019 de Corrida no Jockey de Sorocaba - Cavalus

Escreva um comentário