Esse ano, as duas categorias para profissionais foram definidas no desempate

A última prova a ser disputada no Breeders Invitational 2019 de Apartação, que começou dia 11 de maio, foi o Derby Open. As finais da categoria para cavalos de quatro anos ficam para o final de propósito, já que é sempre um espetáculo à parte. Segundo o Cutting Horse Central, a leva de cavalos dessa idade estão entre os melhores dos últimos tempos, apresentados pelos maiores cavaleiros da indústria.

Lloyd Cox (foto) havia protagonizado dias atrás o desempate da Classic/Challenge Open (animais de cinco e seis anos), ficando com o segundo lugar. Dessa vez a história foi diferente para o segundo maior ganhador de prêmios da modalidade. Seus ganhos ultrapassam, segundo o Equi-Stat, US$ 9 milhões. No dia 25 de maio, encerramento do evento, em Tulsa, Oklahoma, 24 conjuntos disputaram o título.

Com Slooow Ride, Lloyd Cox foi ordem de entrada sete e impressionou os jurados, que lhe deram 224 pontos. Porém, quando o 11° conjunto encerrou sua apresentação, a prova estava empatada. Crey Zee e Tatum Rice igualaram o placar. Quando todos passaram e os dois terminaram com a maior nota, voltaram para a pista.

Se o ‘desfile’ de estrelas já não tivesse sido o bastante, o público foi presenteado com mais duas ótimas apresentações. Crey Zee e Rice, atuais campeões do NCHA Futurity Open, marcaram 222 pontos na segunda passada. Ficou para Slooow Ride e Cox a pressão de superar a nota. E eles conseguiram, marcando 225 pontos.

Ficaram com o título e um cheque de US$ 53.309,00 para os proprietários do cavalo Pat e Lisa Taylor. Slooow Ride, de criação do Fults Ranch, elevou substancialmente seus ganhos para US$ 90.377,00. O garanhão, que é filho de Metallic Cat, levou Ascencion Banuelos a ser finalista do NCHA Futurity Senior Open Championship e semifinalista na Open.

A mãe do campeão, Sweet Shorty Lena (por Shorty Lena), é produtora de US$ 1 milhão com 19 de seus filhos se dando bem nas provas da modalidade. Três deles já ganharam mais de US$ 100 mil cada. Mas um deles – Spots Hot – é o que mais se destaca. Tem contribuído para a indústria como competidor e reprodutor. Nas pistas, ganhou US$ 529.435,00. Mas como pai, Spots Hot já produziu mais de US$ 5 milhões.

Crey Zee e Tatum Rice ficaram com o segundo lugar. Rodrigo Taboga participou das classificatórias dessa prova, mas a égua que monta, She Fire And Ice, teve um problema na primeira passada e ele não completou a prova. Armando Costa Neto também apresentou cavalos na Open, mas ficou fora da nota de corte. No entanto, no Classic/Challenge Open Limited, montando Metallic Royal Mate, Rodrigo foi campeão ao marcar 219 pontos na decisão.

Por Luciana Omena
Fonte e Foto: Quarter Horse News

Escreva um comentário