Internacional

Cássio Dias é coroado campeão mundial da PBR 2024

Além do seu primeiro campeonato mundial da carreira, brasileiro conquistou o título de melhor novato da temporada

Publicado

⠀em

Cássio Dias é coroado campeão mundial da PBR 2024

Um fim de semana de muitas emoções para os apaixonados pelo mundo do rodeio. É assim que podemos definir este último final de semana que recebeu a Final Mundial da Professional Bull Riders – PBR, que para nós, brasileiros, foi de muita alegria com a vitória do mineiro Cássio Dias.

Durante toda essa temporada, Dias fez uma campanha perfeita, com belas montarias que o deixaram no topo do ranking. Apesar disso, a vitória ao título mundial ainda era incerta, já que tudo podia acontecer durante as finais.

E não é que aconteceu?! No primeiro final de semana das finais, Cássio Dias saiu lesionado e sem a certeza de prosseguir na competição. Apesar disso, com a liberação dos médicos, Cássio Dias retornou às arenas mostrando o que sabe fazer de melhor: montar no touro.

Além de vencer as suas lesões e o touro, Cássio Dias tinha também outro oponente forte, o adolescente brasileiro-americano John Crimber, 18 anos, que ameaçou a liderança de Cássio nas etapas regulares e nas finais da divisão de elite da PBR.

Crimber, nascido em Decatur (Texas), filho do peão brasileiro aposentado Paulo Crimber, mostrou muito talento e coragem, dominou 2 dos 4 touros na final e conquistou a melhor nota da temporada, 95, mas não conseguiu segurar Cássio.

Além do título de Campeão Mundial, Cássio Dias, que tem apenas 22 anos, levou o título de ‘Rookie Of The Year’ (melhor novato da temporada), sendo o segundo competidor a conquistar as duas cobiçadas honras na mesma temporada.

“É Deus. É Deus. É Deus. Ele me prometeu que um dia seria Campeão do Mundo, e aqui estou”, destacou Cássio Dias à PBR. Durante o seu retorno após as lesões, Cássio surgiu uma peça de vestuário especial, vestindo um adereço do falecido Lane Frost.

Vitória de Cássio Dias

As finais foram decididas em duas montarias no sábado e mais duas no domingo. Nas etapas regulares Cássio Dias tinha acumulado uma vantagem de 560,5 pontos sobre Crimber, o vice-líder. Nas eliminatórias, o adolescente ganhou 73 pontos a mais no ranking, aproveitando a ausência do mineiro lesionado na última rodada.

No sábado, com uma montaria de 88 pontos, o adolescente reduziu a diferença de 487,5 pontos para 447,5, pressionando o líder, que caiu dos dois touros que montou. No domingo, a disputa da terceira e quarta rodadas foi dramática.

Crimber enfrentou primeiro Big Bank, resistiu os 8 segundos, mas a corrida foi para revisão por suspeita de toque irregular do peão no touro antes do tempo regulamentar. Na decisão, os juízes consideraram a prova válida e atribuíram ao jovem a maior nota da temporada: 95 pontos de 100 possíveis.

Cássio foi rápido em responder: dominou o touro Ricky Vaughn marcando 92,5 pontos. O par de corridas de 90 pontos levou Crimber e Cássio a terminar a rodada em primeiro e segundo lugar, respectivamente. Se vencesse a quarta rodada com outra nota acima de 90, o adolescente seria o campeão das finais e ganharia a pontuação necessária para tirar o título de Cássio.

No sorteio da rodada 4, o mineiro escolheu montar Chiseled e Crimber selecionou o touro Hang ‘em High. Para surpresa da multidão, Crimber caiu em apenas 2,83 segundos. O título de Cássio estava confirmado, mas ele ainda montou seu último touro e fez 79,5 pontos, ganhando mais 130 pontos no ranking. O campeão terminou a temporada com 1.830,33 pontos, 238,5 pontos à frente do rival.

De acordo com a PBR, nesses 31 anos de história da liga, 22º piloto diferente e o nono brasileiro a conquistar a fivela de ouro de Campeão Mundial da PBR. Seu título é a 14ª vez que um piloto brasileiro vence o que tem sido considerado o campeonato individual mais difícil do esporte profissional.

Ao longo de 2024, Dias ganhou US$ 1.555.707,33, incluindo US$ 1.048.600 por seu primeiro Campeonato Mundial PBR na carreira. Cássio ainda ganhou o prêmio Mason Lowe, concedido anualmente ao cavaleiro que registra a montaria com maior pontuação durante a temporada regular do PBR Unleash The Beast. Além de ganhar a homenagem por sua montaria de 94,75 pontos a bordo do Man Hater em Los Angeles, Califórnia, em meados de fevereiro. A montaria ajudou a garantir a Dias sua quarta das sete vitórias em eventos da temporada regular da Unleash The Beast.

Por: Heloisa Alves (Com informações da PBR e Globo Rural)
Fotos: André Silva/BullStockMedia/PBR

Leia mais notícias internacionais aqui. 

WordPress Ads
WordPress Ads