Internacional

Leme tem começo de temporada parecida com a de Marchi

Os dois brasileiros são destaques da PBR. José Vitor Leme está dominando em 2020 e Guilherme Marchi foi imbatível em 2008

A PBR gosta muito de divulgar estatísticas. E a gente gosta das análises apresentadas. Desse modo, o começo de temporada de José Vitor Leme em 2020 chamou atenção para um dado bastante peculiar: o início de 2008 para outro brasileiro, Guilherme Marchi.

Há 12 anos, Guilherme Marchi – hoje aposentado das arenas – tinha três vice-campeonatos mundiais da PBR consecutivos no currículo. Além disso, ele começou a temporada com 20 paradas em 25 touros. Posteriormente, conquistou seu título mundial no final do ano.

José Vitor Leme tem a mesma porcentagem de paradas em sete etapas na temporada 2020 até agora. Ou seja, com dados apurados até a sétima etapa – St Louis -, foram 25 montarias e 20 sucessos. Os mesmos 80% de aproveitamento de Marchi.

Sobretudo, o tempo dirá se Leme irá continuar no mesmo ritmo e conquistará seu título mundial tão esperado esse ano. Antes de mais nada, já são dois vices consecutivos para o atleta de 23 anos. “80% é incrível e é para isso que eu trabalho. Espero continuar montando meus touros. Que o Senhor me ajude”, disse.

Outro dado que a PBR apresenta é que Marchi foi o último campeão mundial a ter mais de 70% de aproveitamento no ano em que foi campeão. Acima de tudo, essa é uma margem que funciona para quem quer chegar ao título. Aconteceu também com Mike Lee, Silvano Alves e o próprio Jess Lockwood.

Lockwood é bicampeão mundial, o atual campeão, e um dos principais adversários de Leme na corrida pelo título de 2020. No período dessa análise, contando somente a série principal, o jovem norte-americano tem 59,26%.

Leme x Marchi

Considerando, portanto, a performance de 20 para 25 desses dois ídolos da Montaria em Touros, confira o comparativo. Lembre-se que os números de José Vitor Leme são referente a 2020 e os de Guilherme Marchi, a 2008.

  • Idade: Leme (23) / Marchi (25)
  • Temporada: Leme (4ª) / Marchi (5ª)
  • Montarias consecutivas: Leme (6) / Marchi (8)
  • Média de notas: Leme (87.65) / Marchi (86.35)
  • Notas da casa dos 90 pontos: Leme (4) / Marchi (2)
  • Maior nota: Leme (92 pontos em Bullseye) / Marchi (90.5 pontos em Outsider)
  • Menor nota: Leme (82.25 pontos em No Sir) / Marchi (82 pontos em Portuguese Shuffle e Thunder and Lightning)
  • Vitórias em rounds: Leme (7) / Marchi (0)
  • Ranking: Leme (1) / Marchi (2)

Guilherme Marchi venceu cinco etapas em 2008 e concluiu a temporada com 13 montarias de 90 pontos e sua primeira fivela de ouro. Estamos na torcida por José Vitor Leme.

Por Luciana Omena
Fonte e Foto: PBR

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus