Maior evento mundial de Apartação terá sua conclusão dia 10 de dezembro. Armando Costa Neto é o único brasileiro que segue na competição
Pedro Ornelas
Foto: Hart Photography

Nesta quarta, 29 de novembro, duas importantes categorias tiveram definições. O NCHA Futurity de Apartação começou no dia 15, e de lá para cá, o Will Rogers Memorial Center já viveu muitas emoções. Após as duas passadas da categoria Aberta, que estabeleceu os semifinalistas, também foram eleitos os finalistas da Aberta Limitada, categoria para treinadores ainda considerados iniciantes, ou como menor pontuação que os mais experientes.

A vitória foi de Little Jo Cat, apresentado por Pedro Ornelas, representando a Anderson Cattle Co. E eles fizeram história na noite desta quarta. O castrado, filho de High Brow Cat e Jojo Boon, é o primeiro campeão Futurity Aberta Limitada produzido por outro campeão Futurity Aberta Limitada. No caso, campeã. Jojo Boon ganhou essa mesma prova em 2009. Little Jo e Ornelas marcaram a nota 225 para vencer. Eles foram os 22° a entrar em pista do total de 24 cavalos finalistas. A nota a ser batida era 221, de Nate Lansford e Cat About Houston, que acabaram com o título de reservado campeão.

Nate Lansford
Foto: Hart Photography

Ornelas, que apareceu para o cenário da Apartação em 2012/2013, ao vencer a Limit Rider durante o NCHA Western Nationals, a Non Pro Cutting e Limited Open durante o Breeders Invitational, e ainda vitórias em Tunica e no Western States Fall Classic, estava montado em um pedrigree de respeito. High Brow Cat dispensa apresentações, é um dos garanhões mais premiados e produtores da indústria. Jojo Boon é ganhadora de mais de US$ 100.000,00, incluindo o NCHA Futurity Limited Open 2009, entre outros grandes eventos da Apartação.

O campeão Little Jo Cat e o reservado campeão Cat About Houston estão classificados para a semifinal do Potro do Futuro na categoria Aberta no sábado, dia 9 de dezembro. A grande final acontece dia 10, encerrando o evento.

Armandinho em 2015, quando foi campeão
NCHA Non Pro Futurity

Pelo Futurity Non Pro, que concluiu sua fase de classificação também nesta quarta, 29, o brasileiro Armando Costa Neto está classificado para a semifinal, a er realizada no dia 7 (final dia 8 de dezembro). Para avançar, os conjuntos precisaram ter a soma de notas igual ou maior que 426. São somadas as notas do primeiro e do segundo rounds. Armandinho apresentou Rosita Bela e somou 432, contando com uma nota 220 na primeira passada. Ele também se classificou com Bill Oreylly e a soma de 430 pontos. A semifinal teve em disputa 199 conjuntos. Cade Shepard, um dos nomes fortes da categoria, NCHA Non Pro Hall Of Famer, com Bama Dawg, foi o melhor nessa fase, somando 435 pontos.

A NCHA comemora em 2017 o 50° NCHA Futurity e a premiação total do evento chega US$ 4.000.000,00. Outras informações: www.nchacutting.com.

Por Luciana Omena

Escreva um comentário