De Milford, Utah, ele tem 21 anos, um título mundial e três qualificações para a National Finals Rodeo

Faltando dois meses para o encerramento do ranking 2019 da PRCA, Ryder Wright quebrou o recorde de ganhos para uma temporada regular na modalidade Sela Americana ao somar US$ 184.880,00 em 30 de julho. O cowboy de Utah superou em pouco mais de US$ 820 o total de 2017 de Jacobs Crawley. O empurrãozinho que faltava ele ganhou em Rock Springs US$ 1.700,00, no final do mês.

“Acho que vou dar uma parada e ficar mais tempo em casa agora”, riu Wright quando descobriu que ele estabeleceu o recorde. “Estou brincando, mas isso é bem legal. O The American tem uma grande parte desse total”. Wright ganhou US$ 103.000,00 ao vencer o evento em Arlington no início de março, com US$ 50.000,00 contando para a classificação mundial da PRCA.

Antes dessa vitória, ele era o quarto lugar do ranking mundial e permaneceu como líder em Sela Americana desde então. “Vou continuar tentando adicionar mais dinheiro”, comentou Wright, observando que quebrar o recorde de ganhos da temporada regular no final de julho não afetará sua programação para os rodeios de agosto e setembro. “Vou continuar fazendo o que venho fazendo o ano todo”.

Wright, 21 anos, somou em toda a temporada 2017, ano em que ele foi campeão mundial de Sela Americana, contando o dinheiro ganho na temporada regular e mais a National Finals Rodeo, US$ 284.938,00 naquele ano. “Acho que estou mais confiante do que quando comecei no rodeio profissional”. Certamente, ele vai ultrapassar essa marca em 2019.

“Quando se chega a esse nível, acaba tendo que encarar cavalos mais difíceis. Muitos tentam não pensar sobre isso, mas algo sempre fica no fundo de sua mente: ‘como vou lidar com isso?’. Agora eu sei que posso montar esses cavalos. A modalidade é puramente sobre montar esses grandes cavalos, sabendo que você pode fazê-lo. Quando eu ganhei o Rookie não tinha 100% de confiança em mim mesmo”.

Em 2016, Wright foi campeão do PRCA Saddle Bronc Rookie Of The Year, com US$ 211.758,00. À frente do segundo colocado mais de US$ 170.000,00. “Você tem que montar bons cavalos para vencer, mas isso não é tudo”. Ele planeja elevar ainda mais o nível de seus ganhos na temporada. Quer buscar seu segundo título mundial. “Se der certo, vai ser bom. Mas vou tentar não pensar nisso e continuar fazendo o que tenho feito.”

Ele vem de uma família inteira ligada ao rodeio. Seu pai, Cody, foi bicampeão mundial de Sela Americana (2008 e 2010). Seus irmãos Rusty, Stetson – lidera o ranking em Touros hoje e monta também em Sela Americana – e Statler estão no circuito mundial com ele. Seus tios também são campeões mundiais de Sela Americana, Jesse Wright (2012) e Spencer Wright (2014). Tem outros tios também que competem na mesma modalidade, Jake, Calvin e Alex Wright.

Fonte e Foto: PRCA

Escreva um comentário