Corrida

Invictus Beduinos campeão do South America Racing Challenge 2019

Tarde no Jockey Club de Sorocaba ainda teve final do Torneio Início, classificatórias do Super Sprint e páreos especiais

Foi aberta, oficialmente, a temporada 2019 do Jockey Club de Sorocaba, mais importante hipódromo do Quarto de Milha de Corrida na América do Sul. No dia 30 de abril, conhecemos o vencedor do Challenge Sul-Americano, que será convidado a participar de uma prova com R$ 1.000.000,00 em prêmios nos Estados Unidos, o Bank Of America Racing Challenge Championship.

Invictus Beduinos (foto de chamada), que foi apenas o quinto tempo das classificatórias, em que oito passaram para a final, marcou bem, 21s49 para ficar com o título por um corpo de vantagem. O Grande Prêmio South America Racing Challenge é a única prova sem trilhos do JCS, a prova oficial AQHA no hipódromo, para animais de três ou mais anos, em 402 metros. A premiação total foi de R$ 250.000,00.

Invictus Beduinos comemorando vitória importante

De propriedade do Rancho Horizonte e Ana Dantas Ranch, Invictus Beduinos (Separatist x Beduinos Baby Filly, por Holland Ease), foi conduzido por E Pereira e treinador por R Rosa. Sua premiação pelo primeiro lugar foi de R$ 120.000,00. O macho tordilho de quatro anos terá a chance, indo bem no Challenge dos Estados Unidos, de participar do Champion Of Champions, que oferece mais de R$ 2.000.000,00 em prêmios.

“Foi um final de semana recorde de público, com aumento de 67% nas apostas em relação ao ano passado. E ainda, nove páreos vibrantes e emocionantes!”, afirmou Mauro Zaborowsky, presidente do Jockey.

O segundo lugar ficou com Libbys Chicks, 21s618; seguida por Panther Signature, 21636; Tau JQM, 21s694, animal que tinha liderado a classificatória; Genoma Lake WA, 21s990; Zion Verde, 22s064; e Mate Dash, 22s430.

Adele Vista venceu sobrando

Na outra final do dia, Grande Prêmio Torneio Início, deu Adele Vista (No Secrets Here x Hopeful Eye, por Mr Eye Opener). A fêmea zaina de dois anos, conduzida por D Macedo e treinada por S Sampaio, deu a vitória ao Stud dos Amigos ao marcar 16s539 nos 301 metros. Além do prêmio de R$ 104.500,00, Adele ainda levou o bônus de R$ 100.000,00 do Haras Vista Verde, seu criador, pela genética No Secrets Here.

Havia outro Bônus do Haras Vista Verde, um carro ‘zero’ km para o treinador. E ‘Bochecha’ ganhou pela segunda vez em três anos. “Adele nasceu no Haras Vista Verde e lá se desenvolveu. Foi comprada pelos Argentinos do Stud dos Amigos, ficou nos pastos do haras até iniciar os treinamentos no Jockey. Venceu a classificatória na estreia e a grande final, sensacional”, reforça Mauro, que é titular do Vista Verde.

A premiação total do Torneio Início foi de R$ 250.000,00 e marcou a estreia da Geração 2016. Ficou em segundo lugar Habibi Seis AD, o mais rápido na classificatória, com 16s623; seguido por Run For Me, 16s644; e Friend Lake, 16s658.

Run Granite

Depois de dois páreos especiais que começaram a programação, e antes das finais, o JCS realizou as classificatórias do GP Super Sprint. A corrida é para potros de dois anos (futurity), de Grupo 1, em 275 metros. A premiação será de R$ 250.000,00, e a final acontece no dia 13 de abril.

Segundo Mauro, é um dos mais importantes Grandes Prêmios do ano, pois mostra precocidade e grande corrida na curta distância. Foram 20 inscritos, divididos em cinco classificatórias. Os vencedores de cada uma fazem a final. E foram eles: Nescau Dream HWS, 15s292; Amy Vista, 15s403; Muchacha Fatal, 15s406; Santiago Jumpim MRL, 15s525; e Run Granite, 15s236 – o mais rápido.

Colaboração: Departamento de Marketing do JCS
Fotos: JCS

X