Competição acontece em Wellington, Flórida, até o dia 31 de março, premiando ao todo com US$ 7 milhões

A sétima semana do Festival Equestre de Inverno – Winter Equestrian Festival – um dos maiores eventos do Hipismo mundial, teve retorno da competição internacional cinco estrelas FEI na arena principal. As provas de Salto acontecem Palm Beach International Equestrian Center, um dos locais mais tradicionais da modalidade.

A cada semana, de quarta a domingo, são realizadas provas em diferentes níveis técnicos. Atletas de alto rendimentos, amadores e jovens, de todas as idades, seguem disputando prêmios e reconhecimento. Logo na abertura da sétima semana – de um total de 12 – cinquenta e oito conjuntos saltaram a Douglas Elliman Real Estate.

A premiação da prova foi US$ 36.000,00 com obstáculos a 1.45m. Os campeões foram Kelli Cruciotti, dos Estados Unidos, Zidante, percurso zerado em 24s60. Três brasileiros estiveram entre os melhores colocados. Rodrigo Pessoa em sexto, com Farrero, 26s59; Luiz Francisco de Azevedo em nono, com So What HP Z, 28s02; e Rodrigo Lambre em décimo primeiro, com Chacciama, 31s20.

Rodrigo Pessoa
Eduardo Menezes e H5 Caruschka 2. Foto: Sportfot

Na sexta-feira, quando as premiações começam a esquentar, Eduardo Menezes subiu ao lugar mais alto do pódio. Disputando o Bainbridge 1.45m Classic CSI 5*, com US$ 36.000,00 de prêmio e a presença de 52 conjuntos, o brasileiro apresentou H5 Caruschka 2 e marcou pista zerada em 61s90. “Ela é um cavalo de grande velocidade, especialista nessa prova”, disse Menezes que monta Caruschka há sete anos. “Em alguns desenhos de pista, ela é imbatível”.

Até a finalização do evento, outras provas de velocidade Bainbridge estão marcadas, nas semanas 9, 11 e 12, a 1.45m. “Essa é a zona de conforto dela. É uma égua muito especial e estamos preparados”. Rodrigo Pessoa com Farrero ficou em sétimo nessa prova, 66s16

A prova mais importante dessa sétima semana, no sábado, durante o Saturday Nights foi Grand Prix Palm Beach Equine Clinicdo CSI5*. A vitória ficou com Danielle Goldstein, de Israel, e Lizziemary. A premiação total foi de US$ 391.000,00 e a campeã fez um duplo zero em 37s76 no desempate.

Danielle Goldstein. Foto: Sportfot

Mais sobre Hipismo

Philippe Guerdat, treinador da equipe francesas campeã olímpica na Rio 2016, assumiu o Time Brasil de Salto. Guerdat, 68, é pai do campeão olímpico 2012 Steve Guerdat, atual número um do mundo. Como cavaleiro, integrou a equipe suíça em Olimpíadas, Jogos Equestres Mundiais e Campeonatos Europeus.

Na função de treinador Guerdat esteve à frente das equipes da Ucrânia, Espanha e jovem da Suíça, bem como foi chefe de equipe de salto belga. Em 2013, assumiu o cargo de treinador da equipe francesa que nos Jogos Olímpicos Rio 2016 viria a comemorar a medalha de ouro.

Phillippe Guerdat em registro ao lado do filho na Rio 2016. Foto: Arquivo

Pedro Paulo Lacerda, diretor de Salto da Confederação Brasileira de Hipismo e chefe de equipe do Salto, destacou a importância da parceria. “Estamos muito confiantes com o trabalho e experiência do Phillipe Guerdat, que foi treinador da atual equipe campeã olímpica”, destaca Pedro Paulo.

Fonte: Por Fora das Pistas, CBH, PBIEC
Foto de chamada: Bebeto Omena

Escreva um comentário