Equipe brasileira de Salto buscava o bicampeonato consecutivo no CSIO5* La Baule

Com duplo zero de Pedro Veniss, integrante da equipe campeã 2018, Brasil bateu a Alemanha, Grã-Bretanha e Canadá. Liderado por Philippe Guerdat e Pedro Paulo Lacerda, o Time Brasil agora disputa o CSIO5* de St Gallen, Suiça. Em 2019, o principal objetivo é qualificação olímpica no Pan, em Lima.

Foi na sexta-feira, 17 de maio, que vários países estiveram no FEI Jumping Nations Cup™ da França 2019, CSIO 5* La Baule. A Copa das Nações foi disputada em dois percursos, a 1.60 metro, pista armada pelo francês Frederic Cottier. Suiça sagrou-se campeã.

A equipe foi formada por Niklaus Rutschi / Cardano CH – 0/0, Bryan Siger / Clouzot de Lassus – (8/8), Paul Estermann / Lord Pepsi – 4/0 e pelo atual número 1 do mundo Steve Guerdat / Albfuehrense Bianca – 0/0. O tempo final da soma do segundo percurso foi de 216s77.

Steve Guerdat com Albfuehrense Bianca, integrante da equipe campeã, e o atual N° 1 do mundo. Foto: FEI/Martin Dokoupil

Com esse resultado, a Suíça bateu a Bélgica, grande campeã final série FEI Jumping Nations Cup™ 2018, que fechou com 5 pp, 222s41, seguida pela França, 8 pp, 220s96.

Liderado pelo chefe de equipe Pedro Paulo Lacerda e acompanhado de perto pelo novo técnico da equipe Philippe Guerdat, ex-treinador da equipe francesa campeã na Rio 2016 e pai do atual líder e campeão olímpico 2012 Steve Guerdat, o Time Brasil fechou em quinto lugar, com bom resultado de 11 pp, 220s50.

O Brasil, que foi campeão da Copa das Nações La Baule 2018, largou com Marlon Zanotelli / Sirene de la Motte – 4/0, Eduardo Menezes / H5 Quintol – (13/8), Pedro Muylaert / Cest Dorije – 4/4 e Pedro Veniss / Quabri de L Isle, integrante da equipe campeã em 2018 e único a garantir duplo zero falta.

hipismo
Philippe Guerdat, em São Paulo, com Pedro Paulo Lacerda e Ronaldo Bittencourt Filho (presidente da CBH). Foto: C.May

A Irlanda que tem o campeão olímpico Rodrigo Pessoa como chefe de equipe fechou na quarta colocação, 9 pp, 221s06. Da sexta posição até a oitava colocação, aparecem as fortes equipes da Alemanha, 15 pp, 221s66, Grã-Bretanha, 24 pp, 222s66 e Canadá – 50 pp, 233s37, equipe que a exemplo do Brasil briga por uma vaga olímpica no Pan 2019.

A disputa marcou a arrancada da liga da série Longines FEI Jumping Nations Cup 2019 que terá sua grande final pelo sétimo ano consecutivo em outubro em Barcelona, onde o país campeão – caso ainda não esteja qualificado – tem a última chance de garantir sua vaga para os Jogos Olímpicos Toquio 2020.

Antes porém, entre 6 e 9 de agosto, o Brasil busca a qualificação olímpica nos Jogos Pan-americanos 2019 em Lima no Peru, onde as três primeiras equipes carimbam o passaporte de seus países para Toquio e considerando que os Estados Unidos já estão qualificados. Caso a equipe norte-americana chegue entre os primeiros três, abre-se mais uma vaga.

O próximo grande desafio do Time Brasil de Salto é CSIO5* de St Gallen, Suíça, entre 30 de maio e 2 de junho.

Colaboração: Assessoria de Imprensa CBH
Foto de chamada: Pedro Veniss com Quabri, o melhor brasileiro e único entre os cinco que zeraram. Crédito: FEI arquivo/Thomas Reiner

Escreva um comentário