Esportes

Laço Individual é umas das modalidades da Equishow 2023

A 6ª Copa Equi Sport Center acontece na segunda-feira, 1º, e é credenciada pela ANLI e oficializada pela ABQM

Publicado

⠀em

Laço Individual rege a vida de Kin Yuda

A Fazenda Experimental Orestes Prata Tibery Júnior, em Uberaba (MG), abriu as portas para a ABCZ Equishow 2023. A abertura oficial, realizada da sexta-feira (28), contou com a presença de autoridades e representantes das associações de equinos. A 6ª Copa Equi Sport Center de Laço Individual faz parte da programação.

A sexta e sábado contou com provas de Team Penning e Ranch Sorting, além de concurso de morfologia da raça Campolina. Hoje teve prova de Rédeas oficializada pela ABQM, Rodeio de Carneiros Mirim e Leilão Five Points.

Amanhã, dia 1º de maio, acontecem as provas da 6ª Copa Equi Sport Center de Laço Individual, que é credenciada pela Associação Nacional de Laço Individual – ANLI, e, Associação Brasileira dos Criadores de Cavalo Quarto de Milha – ABQM.

As disputas serão no Laço Individual Técnico e Cronometro com as categorias Aberta, Amador, Amador Principiante e Máster, e também o Breakaway.

A Copa Equi Sport Center já é consolidada e promovida pelo médico veterinário Divagno Barcelos, que também faz parte da organização da Equishow.

Para mais informações acompanhe pelo www.abcz.com.br

Por Verônica Formigoni
Fonte: ABCZ
Foto: Rodolfo Lesse/ Arquivo Portal Cavalus

Hipismo

FEI confirma o Pan-americano de Enduro para Adultos e Young Riders 2025 no Brasil

Haras Albar foi escolhido para sediar o Pan-americano de Enduro no Brasil em 2025

Publicado

⠀em

FEI confirma o Pan-americano de Enduro para Adultos e Young Riders 2025 no Brasil

Em 2025 tem Pan-americano de Enduro no Brasil, precisamente: no Haras Albar, interior paulista. Após reunião do Comitê da Federação Equestre Internacional, a entidade enviou um ofício à CBH, na quarta-feira (17), confirmando o pedido de realização do FEI Endurance Pan American Championship for Seniors & Young Riders 2025, agendado nos dias 17 e 18 de julho de 2025.

O local escolhido é perfeito: o Haras Albar, localizado na região de Campinas, com a facilidade logística do aeroporto de Viracopos. O Haras Albar, com cerca de 34 alqueires de propriedade de Carlos Paes de Barros, o Carlito, prima pela excelente infraestrutura e experiência na organização de eventos hípicos, há mais de 10 anos, especialmente no Enduro Equestre.

Enduro no Haras Albar

Em 2013, o Haras Albar sediou duas provas de Enduro e em 2014 seu primeiro Festival Internacional de Enduro e, desde então, sedia ao menos dois internacionais ao ano que estão os mais importantes do Brasil. Vale lembrar ainda que o Haras Albar é conhecido por suas trilhas de alto grau de dificuldade.

Em 2021, o Haras Albar estava confirmado como sede do Pan-americano, mas a pandemia da Covid adiou os planos. A estrutura para sediar eventos de grande porte é perfeita: incluindo tribuna com espaço para cerca de 80 mesas, 600 lugares sentidos e um generoso espaço para 200 cocheiras pré-montadas.

Em ofício enviado à secretaria geral Tatiana Gutierrez, a FEI fez um agradecimento a toda equipe da CBH, trabalhou em prol da realização do Pan 2025 com todo apoio do diretor da modalidade Marcelo Ulsenheimer, comitê organizador e renomados oficiais brasileiros do Enduro.

“Aproveitamos esta oportunidade para agradecer pelo seu compromisso em sediar eventos da FEI e enviar nossos mais calorosos parabéns a você e a todos os membros de sua equipe. Desejamos a todos vocês o melhor na organização do evento e esperamos trabalhar com sua equipe para garantir que seja um grande sucesso”, destacou Sabrina Ibáñez, secretaria geral da FEI.

Por Assessoria de Imprensa CBH
Fotos: Divulgação/Haras Albar

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Três Tambores & Seis Balizas

Há 23 anos CT Victory Ranch vem contribuindo para o fortalecimento dos Três Tambores no estado de São Paulo

CT surgiu de um sonho, que logo depois deu origem ao Campeonato Victory Ranch, uma competição que dá oportunidades aos iniciantes nos Três Tambores

Publicado

⠀em

Há 23 anos CT Victory Ranch vem contribuindo para o fortalecimento dos Três Tambores no estado de São Paulo

Há 23 anos nascia um sonho para Samara Yoshikawa. Ela, que sempre sonhou em ter o seu Centro de Treinamento, viu isso tomar forma quando seus pais, Takae e Cleuza compraram uma propriedade em Jarinu (SP). Ela relembra que tudo foi construído do zero, como sempre sonhou.

“Batizei o Victory Ranch com esse nome porque para mim era uma vitória realizar esse sonho. Sempre quis o meu próprio CT, já que não venho de uma família que mexe com cavalos. O intuito era que fosse somente um CT particular, mas devido a procura se transformou aberto ao público”, relembra Samara.

A treinadora conta que durante esses 23 anos, administrou, deu aula, treinou cavalos, domou, atuou 20 anos sozinha como treinadora e proprietária. Atualmente, o CT Victory Ranch é composto por dois treinadores, sendo a Samara Yoshikawa (treinadora e proprietária) e Adeilton Alves, que é também o seu marido.

Falando estruturalmente, a propriedade conta com 27 baias de alvenaria, uma pista reduzida coberta e uma pista oficial descoberta, 40 piquetes individuais, lanchonete, suítes para clientes. “Oferecemos os serviços de doma, treinamento de Três Tambores, Seis Balizas, aulas de Equitação, aula lúdica, aula de Três Tambores e aulas de Seis Balizas, além de hospedarmos cavalos de todas as raças”.

Samara ainda destaca que o CT é aberto de terça a domingo e lá, os animais ficam soltos o dia todo, sendo recolhidos para as baias no fim de tarde, dessa forma, eles podem ter contatos entre eles mesmo estando em piquetes individuais. “Hoje esse é o meu sonho realizado, vendo os animais, clientes e alunos, que já são 53”.

Campeonato Victory Ranch

Após alguns anos de fundação do CT Victory Ranch, surgiu a ideia de um campeonato, que no início era apenas treinos pagos para convidados. Samara relembra que há 7 anos, no terceiro treino, houve cerca de 80 inscrições, o que ela achou um máximo e anunciou a criação do campeonato com uma moto de prêmio.

“As provas seguiram, por dois anos, sendo realizada aos domingos, acabando às 3h da manhã. Decidi mudar para o sábado, com mais duas motos em campeonatos”, relembra.

Sanara explica que nos últimos dois anos, o campeonato foi realizado com três etapa em cada edição, com uma média de 600 inscrições, com regulamento oficial da ABQM, prêmios em dinheiro, fivelas, além de brindes.

Para 2024, a competição mudará de formato, passando de campeonato para prova individual com três disputas no ano com datas já marcadas: 27 de abril, 20 de julho e 24 agosto. Vale lembrar que as provas já contam com o apoio de algumas marcas, como Casa do Interior (loja country em Jarinu), Ração All Nova, 30x, RPA Vet e Bragvet.

“Minha intenção este ano é diminuir a quantidade de categorias e caprichar na premiação. Pois, para cada ano tento evoluir e melhorar a estrutura e organização do evento pensando sempre no melhor para os competidores e animais”, explica.

Por fim, Samara destaca que quando iniciou com as provas, a região não tinha esse tipo de competição, mas hoje, são várias sendo realizadas e caindo no gosto do povo. “Eu gosto da competição porque trouxe de volta esses tipos de prova, mesmo o nível de competição aqui sendo bem acirrado”.

Por Heloisa Alves/Revista Tambor & Baliza
Fotos: Arquivo Pessoal

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Conformação

Mãe e filha se unem pela paixão da modalidade Performance Halter

A paixão pelo cavalo envolve toda a família Ferreira, que através da sua criação, tem fortalecido os laços de mãe e filha

Publicado

⠀em

Mãe e filha se unem pela paixão da modalidade Performance Halter

Apaixonada pela raça Quarto de Milha, Camilla Ferreira encontrou na Performance Halter uma maneira de unir os compromissos profissionais e famílias com a paixão pelo cavalo. Demandando menos tempo para treinamentos, encontrou na pista de grama uma forma de fomentar a raça Quarto de Milha, unir a família e principalmente estar em contato com o cavalo.

Mãe e filha na Performance Halter

Com os olhos brilhando quando a filha entra em pista, Camilla a motiva, orientando os passos da filha, que busca na mãe essa inspiração para obter os melhores resultados em pista.

Maria Rosário Ferreira, de 11 anos, destacou que a motivação para começar nas competições pela modalidade veio desde os 9 anos, através do incentivo dos pais. Com os compromissos de estudos e lazer, a modalidade encantou os olhos de Maria, que hoje em dia já venceu outras edições do Congresso Brasileiro, Campeonato Nacional além de vencer o ABQM Awards 2022 na categoria Competidor Jovem pela modalidade.

Animais Haras Fazenda Mosquito

Com uma criação de Quarto de Milha de destaque, o Haras Fazenda Mosquito apresenta na Performance Halter seus animais que já possuem registo de mérito em outras modalidades, fomentando o fenótipo da raça e mantendo o alto nível das criações, ofertando ao mercado uma genética de excelência.

Durante o 33º Congresso Brasileiro da ABQM, Camilla Rosário conquistou o título de campeã na Performance Halter pela categoria Aberta e Amador – Fêmeas com UMA LADY CHUSHER G (VF The Rock Crusher x Humaita Objetivo G) e Aberta Castrado e Amador Castrado Macho com URUCUM DOC G (Dançarino Doc G x Hell Cashanova).

Já sua filha, sagrou-se campeã da Performance Halter com a melhor apresentação da categoria também com Jovem – Fêmeas com UMA LADY CHUSHER G (VF The Rock Crusher x Humaita Objetivo G.

Camilla falou sobre a preparação dos seus animais para participar das provas, ela destaca que os cavalos têm a rotina de treino em Laço em Dupla normalmente, aonde ajuda muito também formar uma boa musculatura. “O grande diferencial está na alimentação com Ração integral Mix, aveia, feno, alfafa, sempre muito bem fracionada, Mega Energy foi especialmente formulado com fontes nobres de óleos (óleos de soja, arroz, salmão e linhaça) combinados ao poder antioxidante da vitamina E”.

Ela ainda reforça que a fórmula dessa alimentação garante a melhoria no desempenho atlético, no aumento do aporte energético da dieta e na melhoria da saúde da pele e do pelo e sal mineral à vontade. Além da alimentação, são escovados duas vezes por dia ao durante a noite utilizando também a capa. Os animais ficam na baia para a preparação.

Por Matheus Oliveira/Agência Cavalus
Fotos: Divulgação/Hugo Lemes

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Três Tambores & Seis Balizas

Campeões de Seis Balizas são premiados por programas de incentivo da ACBT durante o 33° Congresso ABQM

Em mais um evento a entidade distribuiu prêmios em dinheiro para os filhos dos garanhões inscritos nos projetos

Publicado

⠀em

Campeões de Seis Balizas são premiados por programas de incentivo da ACBT durante o 33° Congresso ABQM

A Associação de Cavalo de Baliza e Tambor (ACBT) criou dois programas de incentivo, conhecidos como ‘Future Cash Stallions’ e ‘Superstakes’, com objetivo de premiar os potros, filhos dos garanhões registrados na Associação Brasileira dos Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM) e inscritos nos programas.

As premiações são distribuídas dentro dos eventos oficiais ABQM, sendo eles: Congresso Brasileiro, Campeonato Nacional e Potro do Futuro. De acordo com a ACBT os programas de incentivo são meios para fomentar e incentivar as modalidades Seis Balizas e Três Tambores.

Premiações Seis Balizas no Congresso Brasileiro do Cavalo Quarto de Milha

A campeã Seis Balizas do Future Cash Stallions na categoria aberta juvenil, foi REDGRAY JTUX RZT montada por Edson Francisco com tempo de 23s887. A égua é filha de JOCKER TUX B2B X DESIGNER ROSE. O campeão conquistou o prêmio de R$ 2 mil.

A reservada campeã Seis Balizas do Future Cash Stallion na categoria aberta juvenil, foi CONNIE ZORRERO montada por Claudinei Ribeiro com tempo de 25s151. A égua é filha de EL SHADY ZORRERO X PETUNIA FAILAS.

O campeão Seis Balizas do Superstakes na categoria GP ABQM, foi STONES ZORRERO montado por Claudinei Ribeiro com tempo de 20s567. O cavalo é filho de EL SHADY ZORRERO X EVELYN CRUSHER. O campeão conquistou o prêmio de R$ 1.500 mil.

O reservando campeão Seis Balizas do Superstakes na categoria GP ABQM, foi CROSS FIRE FAST montado por Vagner Simionato com tempo de 20s630. O cavalo é filho de FIREWATER FAST X SPOOKEY CREEK.

Em terceiro lugar Seis Balizas do Superstakes na categoria GP ABQM, foi GRACEFUL ZORRERO montada por Claudinei Ribeiro com tempo de 25s038. A égua é filha de EL SHADY ZORRERO X NEVADA WP.

Para saber mais sobre os programas de incentivo ACBT acesse o site: www.acbt.com.br

Por Giovanna Catanho/Agência Cavalus
Fotos: Divulgação/Hugo Lemes

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Corrida

Bryan Perfection JQM é o campeão do GP Brazilian Futurity no Jockey Club de Sorocaba

Durante o fim de semana, hipódromo recebeu as classificatórias e final do GP Brazilian Futurity, além das disputas de outros páreos

Publicado

⠀em

Bryan Perfection JQM é o campeão do GP Brazilian Futurity no Jockey Club de Sorocaba

Um fim de semana movimentado para o Jockey Club de Sorocaba que recebeu vários páreos, além das classificatórias no sábado (13), e a final do GP Brazilian Futurity no domingo (14). Na ocasião, o baio Bryan Perfection JQM sagrou-se campeão.

GP Brazilian Futurity

Com uma bolsa de R$ 1.212.000,00, o GP Brazilian Futurity movimentou a pista do Jockey Club de Sorocaba no sábado (13) e no domingo (14). No sábado, rolou as classificatórias, onde quatro animais avançaram para as finais.

E quem levou a melhor na grande final, no domingo (14), foi o baio Bryan Perfection JQM (Dashin Dreams x Perfect Louisiana). Na disputa nos 230m, pela raia 3, o baio venceu com autoridade com mais de 1/4 de vantagem, anotando 17s375 (AAA-97).

De propriedade do Royal Ranch e criação do Haras Jaguaruana Bryan Perfection JQM foi conduzido à vitória pelo jóquei J Sousa, com treinamento de L Rosa.

Demais páreos

Ainda no domingo, o hipódromo de Sorocaba recebeu o páreo Haras Portofino, com disputa nos 301m e bolsa de R$ 7.500. Na ocasião, quem levou a melhor foi Kiss Me TAC (Tac Like A Man x Kiss For Me SA), que foi conduzida pelo jóquei V A Souza, conquistando a vitória com 16s574.

Já no páreo Kelia Vista, sagrou-se campeã Vitoria Senator 3M (Louisiana Senator x Glaia For Me 3 M). Conduzida pelo jóquei J V Santos, a castanho venceu o páreo com 16s450. Ainda no domingo, Brazilian Seis HFSJ (Tres Seis x Brazilian Eagle MRL), subiu no topo mais alto do pódio após vencer o páreo Mogambo Fly VM com 16s446 com condução do jóquei L S Pereira.

Brazilian Seis HFSJ

No páreo Boava Bryan, deu Frankfurt Verde (No Secrets Here x Thisfeatureisspecial). Com o tempo de 16s641, o castanho conquistou sua vitória com condução do jóquei J J Medina. Outra final que agitou o Jockey Club foi a do GP Super Sprint – Fernando Muniz de Souza.

Na ocasião, quem levou a melhor foi a alazã Aura Special JQM (Desirio x Dashing Montain MRL). De propriedade de Paulo Augusto Cavalheiro e criação de Pedro Barbizan Santiago Leite, Aura faturou o GP com 17s375 com o jóquei J Souza.

Por Heloísa Alves/Portal Cavalus
Fotos: Divulgação/Jockey Club de Sorocaba

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Hipismo

Doda Miranda com DTC Dinozo Un Prince fatura GP5*, a 1.55m, no SHP Open

Medalhista olímpico agora disputa o GP Internacional em Curitiba, válido pela 2ª Etapa do ranking brasileiro top e como qualificativa olímpica, e na sequência decide se vai à Europa

Publicado

⠀em

Doda Miranda com DTC Dinozo Un Prince fatura GP5, a 1.55m, no SHP Open

No último domingo (14), o GP Troféu Nelson Pessoa Filho, a 1.55m, encerrou com chave de ouro o Concurso de Salto Nacional 5* SHP Open, que chegou sua 8ª edição, na Sociedade Hípica Paulista. Sagrou-se campeão, o medalhista olímpico Doda Miranda com DTC Dinozo un Prince, dupla campeã brasileira Sênior Top e do GP Internacional Indoor em 2023.

Largaram na 1ª passagem, 33 conjuntos e quatro zeraram os dois percursos do GP, válido como observatória olímpica e, conforme a regra, os 12 melhores foram para 2ª e decisiva passagem, entre os quais quatro sem faltas. Doda Miranda com DTC Dinozo un Prince, por ter sido o mais rápido na 1ª volta, foi o último conjunto a largar e cumpriu sua missão: com mais um percurso limpo em 50s37 garantiu o título levantando a torcida na Sociedade Hípica Paulista.

Já o 3º posto coube a Felipe Juares de Lima montando Nina Blue M Marathon, que também zerou as duas passagens, em 54s84. Completou a rodada dos quatro conjuntos sem faltas nas duas passagens, Remo Tellini com Allana Semili, em 54s95.

Preparação Doda Miranda

Agora Doda Miranda se prepara para o Internacional de Saltos em Curitiba entre 24 e 28/4 e, em seguida, avalia se vai para Europa na reta final de preparação para Olimpíada. “Estou muito feliz. Fiquei praticamente quatro meses sem saltar com Dinozo, ele terminou o ano muito bem, foi campeão brasileiro, do GP do Indoor e depois fomos ao Pan (reserva) e finalizamos a temporada no Top Riders aqui na Hípica Paulista. Então eu entendi que ele precisava dessa pausa. Treinei muito pouco em casa e ele cresceu dentro SHP Open, fez quatro percursos limpos, é um cavalo maravilhoso”, pontuou Doda. “Eu tinha planejado iniciar o ano no Brasil para ver como eu ia começar. Hoje demos um grande passo, agora vou para Curitiba e decidimos como ficam os planos.”

A 2ª Etapa do ranking brasileiro senior top será o GP Internacional de Curitiba, em 28/4. Ao todo são 10 as etapas do ranking com premiação mínima cada de 250 mil, totalizando R$ 2,5 milhões na temporada 2024.

Pódio GP Troféu Nelson Pessoa Filho

Por Assessoria de Imprensa SHP e CBH
Fotos: Divulgação/Felippe Saad

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Rodeio

Ekip Rozeta leva Cutiano de volta a Expolondrina após 17 anos

Competição faz parte do calendário da Copa Rozeta Cutiano e marcará a volta da modalidade Cutiano na Expolondrina

Publicado

⠀em

Ekip Rozeta leva Cutiano de volta a Expolondrina após 17 anos

Nos dias 10 e 11 de abril acontece uma edição especial do Titanium Cowboy Cutiano da Ekip Rozeta, abrindo as competições da ExpoLondrina 2024. A competição faz parte do calendário da Copa Rozeta Cutiano e marcará a volta da modalidade Cutiano, o estilo de Montaria em Cavalos tipicamente brasileiro a arena da ExpoLondrina após 17 anos de ausência.

“Este ano recebemos a missão de levar a modalidade Cutiano de volta a ExpoLondrina após quase duas décadas sem ela ser realizada nesta que é uma das arenas mais tradicionais do Brasil. A modalidade Cutiano vem em uma crescente muito forte nos últimos anos e temos a responsabilidade de fazer uma competição de altíssimo nível para este público que esperou por tanto tempo,” disse Enrique Moraes, presidente da Ekip Rozeta.

Ele explica que o Titanium Cowboy é uma competição em formato diferenciado, que reúne somente os melhores competidores do ranking e animais selecionados a dedo para que cada montaria leve emoção para o público e o faça vibrar. Serão dois dias em formato eliminatório, onde os melhores pontuados vão avançando de fase até restar somente os dois melhores competidores para a disputa do título.

“Iniciaremos a competição com 16 competidores na quarta-feira, onde cada um faz uma montaria com um animal definido por sorteio e os oito melhores desta noite avançam para a fase seguinte, enquanto os demais serão eliminados. Os oito que avançarem de fase realizam mais uma montaria na quinta-feira, de onde somente os dois melhores na somatória de notas permanecem na disputa do título,” acrescentou.

A competição em formato especial deve ser um atrativo a mais para o público vibrante e apaixonado que frequenta a ExpoLondrina, considerada a maior Exposição Agropecuária da América Latina e que teve início há quase 70 anos. O evento foi um dos primeiros do país a realizar competições de Rodeio no formato que conhecemos hoje, com registros da modalidade Cutiano ainda nos anos 60.

TITANIUM COWBOY CUTIANO – EDIÇÃO EXPOLONDRINA

Serão dois dias de competições em formato eliminatório. Na quarta-feira montam 16 competidores e os oito que obtiverem as melhores notas avançando para o dia seguinte, enquanto os outros oito serão eliminados. Na quinta-feira os oito classificados fazem mais uma montaria e após a somatória das notas das duas noites, os dois melhores competidores fazem um duelo final montando em mais uma animal cada um, onde quem obtiver a maior nota vence a competição.

O principal destaque da competição é o jovem talento Matheus Lima (Pirapora do Bom Jesus-SP), que venceu a edição do Titanium Cowboy realizada no Jaguariúna Rodeo Festival em setembro do ano passado. O paulista que foi o Competidor Revelação da Copa Rozeta Cutiano na temporada passada, chega a Londrina como um dos primeiros colocados do ranking depois de excelentes desempenhos nas etapas recentes, se mantendo como favorito a vitória.

Também entre os principais destaques do ranking desta temporada estão os experientes Alessandro Vieira (Bocaiúva-MG) e Adilton Rodrigues (Mineiros-GO), que vem de importantes resultados nas últimas semanas e chegam ao Titanium Cowboy da ExpoLondrina entre os favoritos. Completam os destaques do ranking, Luiz Augusto de Morais (Ibiporã-PR) que representa cidade vizinha e compete praticamente “dentro de casa” e Felipe Mariano (Deodápolis-MS), um dos principais nomes da nova geração da modalidade.

Ainda fazem parte da lista o atual Campeão Nacional da Copa Rozeta Cutiano, João Victor Gimenez (Deodápolis-MS), outros jovens destaques como Luís Henrique de Almeida (Piracicaba-SP), Kaio Henrique Barros (Tietê-SP), Luiz Henrique Calejuri (Mirassol-SP). Completam a lista o super campeão Pablo Bertolin (Mirassol-SP), Ronaldo Lemes (Iaciara-GO), Jeferson Caldeira (Deodápolis-MS), Luiz Fernando Anástácio (Promissão-SP), o veterano prata- da-casa Edson da Silva (Londrina-PR), e os paranaenses Marcelo Pedro da Silva (Jardim Alegre-PR) e Clóvis Palassi (Cruzeiro do Oeste-PR).

Os competidores irão enfrentar os animais da Tropa JR/BBR, de propriedade de José Ricardo Mazetto e Breno Remédio, uma das mais premiadas do país. Entre os animais de destaques do plantel estão Canastra, Rio Pequeno, Namorada Reserva, Crime Perfeito, Violeira, entre outros. A competição também contará com um seleto time de profissionais atuando na arena.

Transmissão ao vivo

As competições terão transmissão ao vivo e gratuita através do Canal da Ekip Rozeta e do Brasil Rural TV no YouTube. A programação e o horário de cada noite podem ser confirmados através das redes sociais.

Mais Rozeta

Nos dias 11, 12, 13 e 14 de abril a ExpoLondrina também recebe a Final Nacional do Campeonato de Montaria em Touros da Ekip Rozeta, onde será coroado o Campeão Nacional da temporada. A etapa decisiva da temporada tem uma premiação total que supera os R$ 200 mil e contará com a participação de 25 competidores selecionados pelo ranking após 84 etapas realizadas em seis estados diferentes.

Por Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação/Ekip Rozeta

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Team Penning

Centro Hípico Boa Vista: o epicentro do Ranch Sorting e Team Penning

Família Alberti recebe amigos e competidores para a 1a. etapa das Copas CHBV de Ranch Sorting e Team Penning

Publicado

⠀em

Centro Hípico Boa Vista O Epicentro do Ranch Sorting e Team Penning

No coração de São João da Boa Vista, o Centro Hípico Boa Vista se estabeleceu como o epicentro do Ranch Sorting e Team Penning, no último final de semana oferecendo uma atmosfera vibrante e apaixonada para os amantes dos cavalos. Com um ano e meio de funcionamento, o CHBV vem se tornando já o lar da família do Ranch Sorting e Team Penning proporcionando um espaço acolhedor para competições emocionantes e momentos de lazer.

Centro Hípico Boa Vista

No último fim de semana, nos dias 06 e 07 de abril, o centro sediou a primeira etapa da 2ª Copa CHBV de Ranch Sorting e a 1ª etapa da 1ª Copa CHBV de Team Penning. Com a participação de mais de 1000 pessoas, entre competidores e publico. E um numero expressivo de mais de 800 inscrições oficializadas pela ABQM, nas duas modalidades, números expressivos que consagraram o sucesso do evento.

A Família Alberti, idealizadora do Centro Hípico Boa Vista, tem se dedicado incansavelmente a tornar o local o ponto de encontro por excelência dos entusiastas do Ranch Sorting e Team Penning, e apaixonados por cavalos.

A cada etapa, competidores de todas as partes do Brasil se reúnem, trazendo consigo paixão e habilidade para essas modalidades tão cativantes que congregam a família, os amigos e amantes dos esportes equestres.

Durante o evento, não faltaram momentos memoráveis e de muita emoção. Os competidores demonstram seu vínculo com os cavalos, elevando o nível da competição para novos patamares.

Entre os grandes destaques, os campeões da Copa foram celebrados e fotografados, imortalizando suas conquistas e dedicação ao esporte equestre.

O Centro Hípico Boa Vista não é apenas um espaço para competições, mas sim uma expressão do amor e dedicação ao cavalo.

Idealizado pela Família Alberti, proprietária do Grupo L. Alberti Agronegócios, o centro é fruto de mais de quatro décadas de trabalho no agronegócio e na criação da raça Quarto de Milha. Com uma história enraizada na paixão pelos animais, o Centro Hípico Boa Vista representa o compromisso em preservar e promover a tradição equestre na região.

Desde a sua inauguração, o Centro tem sido um ponto de encontro para amigos, famílias e entusiastas do mundo equestre, proporcionando momentos de lazer e diversão com cavalos. Para a Família Alberti, cada equipe que se apresenta e cada sorriso inspirado é a síntese da realização de seu compromisso.

Os resultados podem ser conferidos através do Seqm.

Por Assessoria de Imprensa
Fotos: Reprodução/Internet

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Hipismo

Sociedade Hípica Paulista será palco do 8º SHP Open e o 1º Concurso de Salto Nacional 5*

Evento abrirá a temporada de 2024, sendo a primeira prova 5* (nível máximo), do ano

Publicado

⠀em

Sociedade Hípica Paulista será palco do 8º SHP Open e o 1º Concurso de Salto Nacional 5*

Nesta quarta-feira (10), a Sociedade Hípica Paulista iniciou as disputas do Concurso de Salto Nacional 5* 8º SHP Open. O evento, que acontece até o domingo (14), é o primeiro evento 5* (nível máximo) na temporada 2024.

8º SHP Open e o 1º Concurso de Salto Nacional 5*

A disputa culmina com a 1ª Etapa do Circuito Sênior Top, válida como 1ª observatória olímpica em solo nacional e a largada dos importantes Circuitos CBH de Cavalos Novos 6, 7 e 8 anos e Amadores em 2024.

A premiação total do 8º SHP Open e o 1º Concurso de Salto Nacional 5* é de 479 mil reais e ao todo serão disputadas 32 provas de 1.10 a 1.55m. A armação dos percursos está em ótimas mãos com Gabriel Malfatti, na pista de areia Eduardo de Moraes Dantas, e Rafael Ribeiro Ferrarez na pista de grama Gianni Samaja.

A principal disputa é o GP, a 1.55m, no domingo, que é válido como observatória olímpica e 1ª de 10 Etapa do ranking brasileiro Sênior Top 2024, a partir das 15h, com 200 mil reais em jogo. No sábado (13), o sempre muito bem disputado Clássico, a 1.45m, é o centro das atenções a partir das 16h.

Estarão a postos nas principais disputas, entre muitos outros, Doda Miranda, atual campeão brasileiro Sênior Top, José Roberto Reynoso Fernandez Filho, José Luiz Guimarães de Carvalho, Luiz Felipe Pimenta Alves, Cesar Almeida, Thiago Mesquita, Stephanie Macieira e Bernardo Braga Albuquerque.

Circuitos diferenciados: Cavalos Novos, Amadores e Sênior Top

Cavalos Novos – Destaque também para a 1ª Etapa do Circuito CBH, ABCCH e Haras Agromen de Cavalos Novos – disputado em nove etapas nas categorias 6, 7 e 8 anos e em cinco para cavalos novos de 4 e 5 anos ao longo de 2024 – e que estabelece novo recorde de premiação de mais R$ 900 mil reais. Na temporada 2024 tem novidade quanto às idades hípicas dos cavalos.

Para cavalos nascidos no hemisfério sul é facultativo o benefício da World Breeding Federation of Sport Horses, que considera o ano hípico a partir de 1 de agosto do ano de nascimento do animal até o dia 31 de julho do ano seguinte. Os cavalos nascidos no hemisfério norte têm a idade de nascimento considerada em 1 de janeiro.

Em 2024, o critério de definição da idade para cavalo que participam de competições exclusivas para Cavalos Novos é facultativo: a decisão será do atleta/proprietário.

Amadores – No 8º SHP Open também rola a 1ª das sete Etapas do Circuito de Amadores que ainda vai contemplar os resultados Campeonato Brasileiro com om premiação inédita de R$127 mil distribuída entre as cinco categorias. Fique atento às atualizações para a temporada de 2024.

Sênior Top – Em 2024, o circuito da categoria de mais alto rendimento na modalidade conta com 10 etapas e premiação mínima de 2,5 milhões (250k por etapa). Além disso, os participantes vão concorrer a passagens para o atleta, cavalo e tratador no Winter Equestrian Festival 2024 em Palm Beach, na Flórida (EUA), um carro 0KM e a isenção de inscrição e estabulagem para todas as etapas do circuito em 2025.

Serviço 8º SHP Open e o 1º Concurso de Salto Nacional 5*
8º CSN5* SHP Open
10 a 14/4
Sociedade Hípica Paulista
Rua Quintana, 206 – Brooklin Novo (SP)
Vallet: R$ 50

Por Assessoria de Imprensa CBH
Fotos: Divulgação/Felippe Saad

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Hipismo

Comitê Olímpico do Brasil lança documentário sobre a vida e a carreira de Baloubet du Rouet

Produção traz detalhes e bastidores inéditos dos principais momentos da parceria do cavalo com Rodrigo Pessoa

Publicado

⠀em

Comitê Olímpico do Brasil lança documentário sobre a vida e a carreira de Baloubet du Rouet

Um cavalo que se tornou ídolo do esporte brasileiro. Responsável por duas medalhas olímpicas, mas também por uma das maiores frustrações da história do país nos Jogos. Uma lenda do hipismo. Este é Baloubet du Rouet, que tem a sua história contada no documentário “Baloubet: drama e glória de um gladiador”, mais uma produção original do Comitê Olímpico do Brasil.

Documentário Baloubet du Rouet

A obra audiovisual terá sua premiére para convidados na quarta-feira, 10, durante o Prêmio Hipismo Brasil 2023, no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo. O evento contará com a presença do cavaleiro Rodrigo Pessoa, campeão olímpico e de três Copas do Mundo montando Baloubet du Rouet, entre diversas outras conquistas. Na quinta-feira (11), o documentário estará disponível no YouTube do Time Brasil e no Canal Olímpico do Brasil.

Dirigido, produzido e roteirizado pelos jornalistas Fabricio Crepaldi e Ugo Soares Araújo, o documentário tem cerca de uma hora e vinte minutos de duração, contando detalhes inéditos e bastidores de todas as fases da vida e da carreira de Baloubet du Rouet: a chegada à família Pessoa, as grandes conquistas, a decepção mundial com a refugada em Sidney 2000, a volta por cima com o ouro olímpico em Atenas 2004, a vida de aposentado em Portugal e muito mais.

“É muito importante para o COB preservar e exaltar a memória do esporte olímpico do Brasil. Já fizemos isso muito bem com o documentário sobre Vanderlei Cordeiro de Lima, e agora com Baloubet du Rouet não é diferente. Ao lado de Rodrigo Pessoa, ele teve inúmeras conquistas e se tornou um ídolo do país. É uma homenagem justa e merecida a um campeão olímpico”, disse Paulo Wanderley, Presidente do COB.

Outro destaque do documentário é a relação de conflitos que existia entre Rodrigo Pessoa e Diogo Pereira Coutinho, empresário português que era proprietário do cavalo. A obra conta em detalhes como as desavenças tiveram impacto no sentimento de Rodrigo por Baloubet.

“A parceria entre Baloubet du Rouet e Rodrigo Pessoa marcou a história do esporte brasileiro pelas conquistas e, sobretudo, pela capacidade de voltar ao topo depois do drama nos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000. Nada mais justo do que contar sobre as façanhas da dupla de uma maneira mais profunda e com detalhes inéditos, exatamente no ano em que o ouro de ambos em Atenas 2004 completa 20 anos”, disse Paulo Conde, diretor de Comunicação do COB.

“Baloubet: drama e glória de um gladiador” é mais dos documentários originais produzidos pelo COB. Em setembro do ano passado, a entidade também lançou “Vanderlei: Pernas, Cabeça e Coração”, contando a história de Vanderlei Cordeiro de Lima, único brasileiro a ser agraciado com a medalha Pierre de Coubertin, a maior honraria do Comitê Olímpico Internacional. A obra é finalista do AIPS Sport Media Awards 2023, prêmio internacional de jornalismo oferecido pela Associação Internacional de Jornalismo Esportivo (AIPS), na categoria perfil de atleta.

Por Assessoria de Imprensa Comitê Olímpico do Brasil
Foto de chamada: Divulgação/Washington Alves/COB

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo
WordPress Ads
WordPress Ads