Rédeas

Potro do Futuro de Rédeas é remarcado mais uma vez

Em abril, a ANCR já tinha alterado a data do maior evento de Rédeas do ano ainda, que conta com o Campeonato Nacional e o 4° NRHA/ANCR Internacional Cup

“Este ano teremos um Potro do Futuro e Campeonato Nacional diferentes, porém com muita expectativa e ansiedade”, revela o presidente da Associação Nacional do Cavalo de Rédeas Francisco Moura. “Registramos recorde de inscrições na primeira chamada e todos estão ansiosos para voltar a fazer prova!”

Em nota, a ANCR comunicou aos associados e público que a data do 31° Potro do Futuro de Rédeas foi novamente alterada. Por conta da pandemia da Covid-19, o evento havia mudado de agosto para setembro. Contudo, com o desenrolar dos acontecimentos relativos à contenção de disseminação da doença, a Associação achou prudente postergar mais uma vez. Junto ao 29° Campeonato Nacional e o 4° NRHA/ANCR Internacional Cup, o Potro do Futuro está marcado agora para 15 a 19 de novembro.

“Nossa maior preocupação é com a saúde de todos. Devido ao aumento da pandemia no interior de São Paulo e pequena chance de melhorar até setembro, resolvemos em prol da segurança migrar o nosso maior evento, substituindo o Super Stakes”, reitera Chico Moura. E avisa: “o Super Stakes deve ir para o início de 2021, excepcionalmente. Continuem treinando, pois logo estaremos em pista. Com toda a certeza estamos preparando um evento especial e com todas as recomendações de segurança e saúde!”

De fato, o Potro do Futuro, Campeonato Nacional e International Cup representam as provas de Rédeas que atraem o maior número de participantes e amantes da modalidade. “É, sem dúvida, a prova mais almejada, disputada e em 2020 não será diferente, o sucesso já está garantido”, finaliza Chico.

Potro do Futuro de Rédeas é remarcado mais uma vez. Em abril, a ANCR já tinha alterado a data do maior evento da modalidade

Ainda sem local definido

Para que realizasse o evento como programado, a cidade escolhida teria que estar na fase azul de flexibilização do cronograma do Estado, ou seja, três fases inferiores a que se encontra agora, que é a vermelha. A premissa da Associação é que todos possam participar e por esse motivo se reuniram com a prefeitura de Avaré e responsáveis pela Secretaria da Saúde.

Acima de tudo, este ainda é um período de instabilidade, então o local da prova em novembro não poderá ser confirmado. O que treinadores, competidores e proprietários podem fazer é continuar treinando e preparando os animais para a data estipulada. A ANCR está estudando os locais, monitorando as veiculações do Governo do Estado, para que possa optar pelo que for melhor para todos os envolvidos.

Antes de mais nada, assegurando as condições técnicas e sanitárias na condução do controle de casos de contaminação por Covid-19. Assim sendo, as inscrições foram prorrogadas até 30 de setembro. Todas as informações encontram-se no ancr.org.br.

Por Equipe Cavalus
Crédito das fotos: Divulgação ANCR/Foto Perigo

Veja mais notícias da modalidade Rédeas no portal Cavalus

X