Foram mais de 1200 inscrições em três etapas realizadas no ano hípico 2018/2019

A terceira etapa das Provas Oficializadas da Liga Leste Paulista, nas modalidades Ranch Sorting e Team Penning, foi realizada nos dias 29 e 30 de junho, em Holambra/SP. Na oportunidade, encerrou a temporada 2018/2019 contabilizando mais de 1200 inscrições em três etapas e superando todas as expectativas.

“Em nossa avaliação, esperávamos menos inscritos, já que era a última etapa da temporada, e é uma tendência natural em qualquer campeonato. Mas, para a nossa grata surpresa, não só mantivemos uma boa média de mais de 400 inscritos, como recebemos novos competidores. E isso, para nós da diretoria, foi surpreendente. Podemos considerar como um ponto forte dessa etapa”, contou o diretor das Provas Oficializadas, Thomas Eysink.

Team Penning

Na visão dele, a divulgação maciça das novidades e formato do campeonato e ainda a premiação que foi ofertada para cada raça fez com que ninguém deixasse de ir mesmo na última etapa e ainda conquistaram novos participantes. Em 2019 foi o sexto ano em que as raças Quarto de Milha, Paint Horse e Crioulo fizeram campeonatos em parceria com a Liga

Como acontece há três anos, houve uma etapa de Performance Halter para a raça Paint Horse, com 30 cavalos participantes. Essa modalidade é um julgamento de conformação para cavalos que atletas em modalidades, como no caso, Ranch Sorting e Team Penning. “Com certeza, um dos destaques dessa etapa. Além de promovermos as nossas duas modalidades, ainda fizemos a da performance halter com sucesso. Mais uma vez nos surpreendemos positivamente com o total de inscritos”.

Performance Halter

Nos dois esportes, é preciso conjunto e muita destreza de cavalos e cavaleiros. Velocidade e técnica não ficam de fora. Conforme Thomas explica, outro fato que merece menção nesta terceira etapa foi a competitividade em todas as raças. “Na disputa entra as raças nas duas etapas anteriores, tivemos alguns destaques de uma raça que ganhou mais prêmios que as demais. Mas nessa etapa isso se diluiu bem, provas muito acirradas, sem pender para uma ou outra”.

Portanto, o sentimento nessa finalização de mais um ano hípico para a Liga Lesta Paulista é de realização. “Sem medo de errado digo, foi um dos melhores que já organizamos até agora! Acreditamos que manteremos essa tendência de alta, com cada vez mais os competidores aderindo a esse tipo de campeonato. É uma prova de modalidade, mas também de raça, além de ter uma premiação interessante”.

Ranch Sorting

Assim que termina um campeonato, a preparação para o próximo começa. E não está sendo diferente com a Liga Leste. No assinto Provas Oficializadas, o grande sucesso da temporada só anima ainda mais para que se conquiste novas parcerias e tudo fique ainda melhor.  “Como novidade, já estamos trabalhando para que 2019/2020 conte com quatro etapas e teremos algumas mudanças em termos de categorias”.

A ideia, segundo o diretor, é que as raças possam contar com a categoria Potro do Futuro. E, além do performance halter no Paint Horse, tenha também para a raça Quarto de Milha e a prova de Morfologia para os Crioulos. “Além, é claro, da manutenção ou aumento das premiações. Esperamos que, muito provavelmente, consigamos melhorar ainda mais esse montante”, finalizou Thomas.

Ranch Sorting

Nesta temporada, para o Quarto de Milha, foram para as três etapas R$ 25.000,00, com apoio da ABQM; para o Crioulo, a premiação fixa foi de R$ 70.000,00, com apoio da ABCCC, Cabanha Canto Porto, Fazenda Rancho Grande e Estância Tamareira; e para o Paint Horse, foram R$ 40.000,00 de premiação fixa, com apoio da Paint Performance, grupo de criadores que é parceiro da Liga nesses seis anos, e da ABCPaint.

Ainda sendo computados os pontos gerais do campeonato, vamos aos resultados da etapa. Pelo Quarto de Milha, destaque no team penning para a Aberta Livre, três bois em 18s011 para o trio formado por Jhonatas Henrique Barrocas e Dry Rose, Edson Carlos de Oliveira e Mecom Lena, Matheus Bertazzo Secco e Gun’s Pine. No ranch sorting do Quarto de Milha, o menor tempo também foi na Aberta Livre, 35s759, marcados por Eduardo Vicente de Azevedo e Vinicius Lelis Gregorio da Silva, montando JSA Ace Of Spades e Play Lenas Gun, respectivamente.

No Crioulo, marcou o menor tempo no team penning o trio formado por Paulo Angelo de Morais com Goleiro da Tamareira, João Sala Neto com Companheiro 33 da Quinta, Matheus Bertazzo Secco com Basca Ambiciosa, 19s272, na Aberta Livre. No ranch sorting pelo Crioulo, João Lucas Nogueira Borsoi e Andre Aprarecido da Silva, montando Flash Back da Analina e Baderna Da Granja marcaram 34s832 na Aberta Livre.

Bryan Eysink com Tomy Adelta Dixie INM, Paula Eysink com Spicy Girl Cody YBJ e Paulo Angelo de Morais com CD Starlights foram os campeões da Amador no team penning pelo Paint Horse. Marcaram 21s712, o menor tempo da prova nessa raça. Com 32s103, o menor tempo no ranch sorting pelo Paint Horse, venceram a categoria Aberta Livre João Sala Neto e Eduardo Vicente de Azevedo. Eles montaram Veneza Pepto e  Holly In Spook, respectivamente.

Campeões do performance halter ABCPaint: Machos – Flying Tiger Dixie ACB; reservado – Tommy Adelta Dixie INM; Fêmeas – Bandyta Kaliman Barking HRG; reservada – Veneza Pepto.

Mais informações e resultados completos: ligalestepaulista.com.br.

Por Luciana Omena
Fotos: Giselle Ribeiro Vieira

2 Comentários

  1. I every time used to study piece of writing in news
    papers but now as I am a user of net therefore from now I am using net for content,
    thanks to web.

Escreva um comentário