Team Roping

Shinning Candy MA é Top 5 no Laço pelo ranking da ABQM

O cavalo de propriedade do Haras NSA Farm Quarter Horse venceu praticamente todas as provas sobre a sela de Rafael Paoliello

Publicado

⠀em

“Compramos o Shinning Candy MA (Shinning Beaver MA x Miss Candy Badger MA) através de uma conversa amistosa, amigável e sensata com nosso amigo Sr. Marcello Gross, o criador dele. Aliás, devo essa frutífera amizade ao meu amigo Rafael Paoliello”, relembra o proprietário do cavalo, Lutfi Mikhael Farah Neto, da NSA Farm Agropecuaria LTDA.

Marcello Gross não só era o proprietário e criador de Shinning Candy MA, como também dono de seu pai, Shinning Beaver MA. Na opinião de Lutfi, um dos melhores garanhões do mundo. “Com sensatez e sem firulas, posso dizer e afirmar isso sobre o pai do nosso cavalo”, reforça o proprietário.

Entre as qualidades que chamaram atenção, uma das que mais o atraíu em Shinning Candy MA foi “uma morfologia favorável e que facilitaria a versatilidade dele para atuar no Laço Cabeça e Laço Pé”.

Lutfi ainda afirma que o temperamento do baio, nascido em 2015, em situações de estresse e tensão também foi relevante. “Vi, com toda a certeza, que ele não deixa exaltar seu ânimo nesses momentos. Como se nascesse para fazer esse trabalho e o faz com serenidade, não apenas na Cabeça, como também no Pé”.

Além disso, todas essas qualidades, o proprietário ainda destaca a docilidade de Shinning Candy MA. “Eu pratico Laço Cabeça e Pé na categoria Amador, portanto busco sempre animais bem versáteis e de boa índole. A docilidade, então, é fundamental para que facilite o meu laço”, atesta Lutfi.

O proprietário lembra ainda a ajuda do treinador Rafael Paoliello. “O Chifrinho, ao longo de muitos anos, vem me ensinando como escolher um individuo, independente da carga genética que o animal carregue. E devo esse conhecimento a ele, craque e competente nas pistas e no trato com seus clientes”.

Shinning Candy MA, de propriedade do Haras NSA Farm Quarter Horse venceu praticamente todas as provas sobre a sela de Rafael Paoliello

Destaques

Ao falar de seu cavalo, Lutfi ainda destaca seu comportamento nas pistas. “Desde a primeira prova, além de nos surpreender com tamanha habilidade, Shinning Candy MA entrou na pista com postura de quem sabia o que estava fazendo ali”. Ele frisa, acima de tudo, o nível alto dos animais que competiram nessa oportunidade e o nível dos treinadores. Jogo duro logo na estreia.

“Com toda a certeza, ele vem fazendo o seu trabalho dentro de pista. E, por mais que pareça que esteja tecendo muitos elogios e enchendo a dupla Shinning Candy MA x Rafael Paoliello de adjetivos, ainda é pouco devido a habilidade, docilidade e temperamento calmo do cavalo, assim como pelo profissionalismo e capacidade de treinamento do Chifrinho”.

De acordo com o SEQM, o sistema de esportes da ABQM, nas provas do Quarto de Milha que correu pela associação, Shinning Candy MA obteve mais de dez primeiros lugares entre as categorias Aberta Castrado, Livre e Junior.

Foi, por exemplo, campeão Laço Cabeça: Potro do Futuro ABQM 2019 Aberta Castrado, Show AQHA Nacional ABQM 2020 Aberta Junior, Nacional Aberta Castrado e Aberta Junior 2020. Enquanto que no Laço Pé, destaque para: Show AQHA Potro do Futuro 2019 Aberta Livre, campeão Potro do Futuro ABQM 2019 Aberta Castrado e Aberta Livre, Derby Aberta Junior e Aberta Castrado, Nacional Aberta Junior Castrado e Aberta Junior.

“Se não me falha a memória, de todas as provas que correu, ele tem um segundo lugar e duas sem aproveitamento, o restante todo ele foi campeão”. Por fim, Lutfi comenta sobre os planos para o cavalo. “Desde o dia que entrou para o time da NSA Farm, sempre foi apresentá-lo nas provas oficiais e assim pretendo seguir com ele por um bom tempo. E ainda estrear com ele na categoria Amador.”

Shinning Candy MA, de propriedade do Haras NSA Farm Quarter Horse venceu praticamente todas as provas sobre a sela de Rafael Paoliello

Talento e categoria para o Laço

Rafael Paoliello, treinador de pai e filho, conhece bem essa história também. Foi o Sr. Marcello Gross que alertou a ele sobre um dos filhos do Shinning Beaver MA. “Eu tinha muita vontade de montar em um filho desse cavalo e assim foi. O Shinning Candy chegou para mim cerca de um ano antes do Potro do Futuro”, comenta o treinador.

Chifrinho lembra que a primeira coisa que prestou atenção foi que ele era manso de sela. “Mas não tinha muito de rédeas. Então começamos a treiná-lo ao mesmo tempo que o colocamos no boi. O temperamento dele também se destacou. Um cavalo que parecia mais velho desde potro”.

Na estreia, devidamente inscrito na prova da ABQM, as vitórias chegaram imediatamente. As três provas que competiu logo de cara. “Um cavalo sempre muito fácil de treinar, com um temperamento muito bom. Habilidoso e muito manso”. Os dois seguiram nas competições, com diversos títulos no Pé e na Cabeça, como já citado acima. “Um cavalo muito bom”, realça Chifrinho.

Por Luciana Omena
Crédito das fotos: Arquivo Pessoal

Veja mais notícias da modalidade Laço em Dupla no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads