Um atleta que perseguiu o sonho de ser o grande Campeão de Barretos

Campeões formam campeões? Pelo menos na vida do atleta Otávio Daniel Moreira Lopes, um dos grandes nomes do Laço Individual, aconteceu exatamente assim. “Iniciei no Laço Individual em 1998 e tive o privilegio de aprender a laçar e treinar com o melhor laçador que já existiu nesse país, o nome dele era Luiz Carlos de Oliveira”, lembra.  Era bem na época em que Luiz Carlos era o famoso Campeão do Rodeio de Barretos. “Foi aí que comecei a viver o meu sonho de ser um laçador profissional e também tentar, um dia, ser campeão de Barretos como ele!”.

Foto: Rodolfo Lesse

Com a humildade dos grandes campeões, Daniel mostra que não é bom só no laço, mas na memória e no reconhecimento de quem o treinou, o apoiou e abriu as portas para crescer e fazer carreira na modalidade. “Segui firme treinando todos os dias com ele, o Luiz Carlos, e tendo o apoio do criador Filipe Antunes, que abriu a porta para mim, me patrocinando e apoiando!”.

Foto: Miguel Oliveira

O sonho de Daniel dormia e acordava dentro do laço. Ele cumpria uma rotina exaustiva de treinos e, segundo conta “só pensava em laço de bezerro… e nessa época dizia para os meus amigos que um dia eu seria um campeão de Barretos com fé em Deus e segui firme na direção do meu sonho”.

Fez por merecer e como Iniciante conseguiu alguns títulos e logo subiu para categoria Amador. Não parou por aí, claro. A meta era perseguir com firmeza o esteio da carreira como Profissional. Ser um laçador de bezerro de ponta, ao lado dos grandes. Para isso, Daniel recorda que foram horas, dias e meses de treinos. Com a recompensa de que em pouco tempo no Amador ele já subiu a Profissional, mais uma realização na carreira desse atleta.

O sonho de Barretos estava cada vez mais perto. E em 2004 foi então o grande momento – “o ano da realização do meu sonho”. Com mais de 100 inscritos no rodeio, americanos, mexicanos e outros estrangeiros, Daniel usou tudo o que aprendeu unindo técnica, força, confiança e fé. “Ser campeão em Barretos foi um presente de Deus na minha carreira”, afirma ele com emoção.

O entusiasmo de Daniel com a própria história é emocionante, pois ele gosta de compartilhar todos os detalhes e ser um exemplo para quem quer chegar e ser um dos grandes. Mas, o importante, segundo ele, é: acreditar no próprio sonho. “Por isso digo a quer for ler essa entrevista, acredite em Deus e em você, trabalhe… trabalhe e espere a bênção de Deus que ela vem!”

Ser o campeão de Barretos não só abriu portas como tornou tudo mais fácil para ele. Daniel passou, então, a dar cursos em todo Brasil e seus passos largos o levaram a ultrapassar as fronteiras para o México e os Estados Unidos.

A expressão que conduz a vida desse atleta é ‘acredite em você’, de uma forma tão positiva que parece sacudir as pistas e arenas por onde passa e onde seixa cravada a sua marca de campeão. Daniel Lopes, laçador de Bezerro, campeão de Barretos também é um ‘campeão na vida’. Um cara que deu muito certo, porque acreditou que podia. E fez por merecer.

A primeira laçada nenhum campeão esquece. Daniel conta que começou aos 16 anos de idade, e nessa época já era um apaixonado pelo esporte.  O primeiro bezerro laçado e amarrado por ele foi com o tempo de 6s80, em Jaguariúna. Outro título que ele não esquece: o do rodeio de Jaguariúna em 2013. Todos os títulos, segundo ele, são importantes, mas tem aqueles que ficam mais na memória. Ele também já foi campeão no México e nos Estados Unidos.

Mas nem tudo foi fácil ou aconteceu do dia para noite.  Para chegar na Aberta, Daniel se lembra das dificuldades que atravessou: “não tinha condições financeiras para ter camionete, trailer, cavalos e participar das competições… tudo muito difícil. Acredito que foi Deus que colocou tantas pessoas na minha vida para me ajudar. Foram muitas viagens de ônibus, caronas dentro do trailer, moto… Mas valeu a pena, eu faria tudo de novo se fosse preciso e com a mesma com fé!”.

Ele conta que montou em muitos cavalos durante a vida – “e sou agradecido a cada um deles e a cada proprietário que acreditou em mim!”. E para quem acha que depois de ser o campeão de Barretos e passar as fronteiras do Brasil, o atleta predestinado Daniel Lopes deixou de sonhar, isso não combina com ele. Ele quer colocar mais alguns tijolos em sua vida: “Tenho alguns ainda: sonho em ter meu rancho, casar e ter meus filhos, criá-los no meio dos cavalos Quarto de Milha, como fui criado!”.

Foto: Miguel Oliveira

No coração de Daniel parece caber muito mais do que as pessoas imaginam. Simplesmente, porque para ele o maior incentivador de sua carreira é seu coração – “porque amo o que faço, porque mesmo depois de mais de 15 anos nesse meio, durmo e acordo pensando nos cavalos e no laço”.

Então, aquele espírito de guerreio não adormeceu nesse tempo todo. Ele conta que segue amando o que faz, pois escolheu isso para sua vida. “E procuro melhorar a cada dia  e fazer o meu melhor”.

Por Equipe Cavalus

5 Comentários

  1. Just want to say your article is as astonishing. The clearness for your submit is simply nice and i can assume you’re an expert in this subject. Well with your permission let me to grasp your feed to stay up to date with impending post. Thank you a million and please keep up the gratifying work.

  2. 巷弄APP平價精緻美味 台北內湖義大利麵餐廳推薦 夯麵坊(東湖店) 東湖捷運站 哈拉影城附近美食 @ 潮流、美妝、消費 創造個人化風格的女性社群 PIXstyleMe巷弄APP平價精緻美味 台北內湖義大利麵餐廳推薦 夯麵坊(東湖店) 東湖捷運站 哈拉影城附近美食

Escreva um comentário