Três Tambores & Seis Balizas

Future Cash premiou três categorias em Avaré

Publicado

⠀em

Foi a última premiação do projeto esse ano. Ao todo, foram distribuídos, para os potros da geração 2013, prêmios extra no total de R$ 140 mil!

Vai muito bem, obrigado, o primeiro ano do Future Cash, a premiação de incentivo aos filhos dos garanhões inscritos no projeto da Associação do Cavalo de Baliza e Tambor. Segundo os idealizadores, o programa é um sucesso, com boa adesão dos criadores e dos proprietários. A cada evento que teve parceria com a ACBT, a participação dos potros foi aumentando.

E o Future Cash premiou em quatro grandes provas em 2017: Potro Brasil ABTB, Potro do Futuro WV, Copa SGP e Potro do Futuro ABQM. No 38º Potro do Futuro ABQM de Três Tambores, que aconteceu de 9 a 15 de outubro, em Avaré/SP, os filhos dos garanhões inscritos no projeto, nas classes Aberta, Amador e Jovem, concorreram à premiação extra de R$ 60.000,00.

Premiação da categoria Aberta Future Cash no PF ABQM. Foto: divulgação

Apenas os que foram para a final de cada uma dessas categorias tiveram oportunidade de ganhar. São premiados o conjunto, o proprietário e o criador campeão em cada uma delas. A ACBT comemora o índice de potros inscritos nas provas. “Quanto mais tivermos adesão, melhor será para o mercado, mais produtos com valor agregado poderão ser comercializados”.

Só na final do PF Aberta, dos 52 finalistas, 18 conjuntos concorreram ao Future Cash. Uma das categorias mais esperadas do evento, se contarmos no alto nível dos cavalos e ainda a premiação extra, um show à parte.  Vale lembrar que para ter direito à premiação, têm que estar inscritos no programa o garanhão e o potro.

Pela categoria Aberta, o prêmio extra Future Cash ficou para o conjunto Juliet On Cap e Edson Carlos da Rosa Santos. A égua, que é filha de Tres Seis e Fishers On Cap, marcou o tempo de 17s027. Aroldo Souza Duraes e Rodrigo Papadopoli são os proprietários e a criação é de José Saulo Renato Sato.  A premiação ficou em R$ 14.000,00, sendo R$ 8 mil para o conjunto, R$ 3 mil para o criador e mais R$ 3 mil para o proprietário. A classe aberta é a que premia com maior montante, devido ao número de potros participantes.

Na Amador, o conjunto que levou a premiação Future Cash foi Brilliant Red e Fernanda Ruffini Kronka, ao marcar 17s707. A potra é filha de Castanho Red e Winnin Sugar, de criação e propriedade de Paulo Fernando Bolini Kronka, e levaram esse prêmio extra no valor de R$ 1.625,00. Já na Jovem, os premiados foram Rainbown Dash Red e Thiago de Freitas Marques, com 17s697, conquistando a premiação de R$ 1.400,00. O potro é de criação e propriedade de Marcos Roberto de Freitas, do Haras Santo Antônio.

Para 2018 o programa já foi ampliado dando mais chances aos jovens e amadores após o Potro do Futuro ABQM. Saiba mais em www.acbt.com.br.

Por Luciana Omena
Colaboração: Verônica Formigoni

WordPress Ads
WordPress Ads