Três Tambores & Seis Balizas

Paratletas terão premiação em dinheiro nos próximos eventos da ABQM

Ao todo, serão distribuídos R$ 8 mil entre os cinco handcaps da categoria nos Três Tambores

Mesmo durante o atual momento em que o Brasil enfrenta por conta da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), a diretoria da Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Quarto de Milha (ABQM) segue trabalhando. Tanto que anunciou recentemente que a categoria paratleta da modalidade Três Tambores terá premiação em dinheiro nos próximos eventos oficiais da entidade.

De acordo com a vice-presidente da entidade, Marli Aparecida Jacometto Faria, a ideia é atrair mais adeptos ao esporte. Portanto, serão destinados R$ 8 mil de premiação para dividir entre os cinco handcaps (0-1-2-3-4). “Foi uma solicitação do Comitê de Esportes, que a diretoria prontamente atendeu”.

Inicialmente, a medida seria adotada durante o 30º Congresso Brasileiro do Quarto de Milha, mas o evento precisou ser adiado diante do avanço da pandemia do novo coronavírus no Brasil e uma nova data ainda não foi marcada.

Veri Real comemora mais essa conquista dentro do esporte

Vitória para a categoria

Conhecida por ter sido a precursora da categoria paratleta na modalidade Três Tambores, Veridiana Tranjan Real comemorou mais essa conquista. Contudo, de acordo com ela, essa medida deveria ter sido adotado desde o início.

“Para nós, paratletas, é tudo mais difícil para participar das provas. Os nossos gastos são muito maiores. Mas foi a consciência dessa nova diretoria da ABQM que fez a diferença, sem dúvidas”, frisa a paratleta.

Veri ainda garante que para fomentar ainda a mais categoria, contando, assim, com mais participantes, é imprescindível ter premiação. “Se não a gente não vai ser igual a todo mundo. Eu espero que todos os organizadores de prova façam o mesmo pra crescer a categoria. Eu não me sinto diferente de ninguém”, finaliza.

Por Natália de Oliveira
Crédito da foto: Divulgação

Veja mais notícias no portal Cavalus