Vaquejada

Silver Wild SLN completa 25 anos de muito sucesso

O tordilho foi uma aposta certeira de criadores de Vaquejada

O divisor de águas da Vaquejada. Este é Silver Wild SLN (Wild Dash SLN x Dorinha Alamitos SLN), o tordilho que completa 25 anos em 2019. De propriedade do criador Jonatas de Oliveira Dantas Filho, o animal nasceu em janeiro de 1994 e é popularmente conhecido como Roxão.

“Por investir e já fazer a Vaquejada de Xerém, veio a ideia de criar o primeiro garanhão direcionado para a Vaquejada, que fosse campeão da modalidade. Os que eram garanhões, nunca haviam corrido provas.  Eu sempre acreditei que encontraria um cavalo inteiro, e que ia fazer dele campeão e depois um garanhão. Foi quando surgiu o Roxão”, conta Jonatas.

E o projeto recebeu investimentos específicos para atingir a fama. Foi treinado para conquistar o atual sucesso que percorre o Brasil. “Acreditei neste cavalo para fazer o que nenhum outro animal já tinha feito na Vaquejada. Antes dele não havia garanhões que reproduzissem a genética do esporte”.

O proprietário adquiriu Roxão em 2001 e ficou apaixonado pelo tordilho desde a primeira vez que o viu correr. “Vi que ele tinha um futuro brilhante nas competições e tinha vontade de levar esta genética campeã para outras gerações, assim como para outras modalidades”. A evolução no treinamento resultou em importantes vitórias. “Começaram as vendas de coberturas para aqueles interessados em investir nessa excelente genética”.

Silver Wild SLN

Silver Wild SLN conquistou títulos importantes para sua carreira como atleta. A época de 2000 a 2003 valeu ouro para Roxão. Ele venceu o I Circuito Nacional Mastruz com Leite, em Caruaru/PE, montado por Marcos Mocotó. O cavaleiro levou para casa uma F250 e o prestígio de realizar uma bela apresentação com a grande ‘fera’ da Vaquejada.

A fama de Silver Wild SLN deve-se também por ele ser o primeiro campeão de Vaquejada não castrado na história brasileira. Este diferencial supervalorizou a genética do tordilho. Em 2003, cada cobertura do animal valia R$ 13 mil, a premiação de Vaquejada girava em torno de R$ 10 mil e Roxão tornou-se um cavalo valente em pista. Então, Jonatas decidiu parar as atividades do garanhão como atleta.

As gerações de Silver Wild SLN ganharam destaque pelo desempenho semelhante ao estilo paterno. Pela ABQM, hoje, 1119 produtos registrados que somam 1902,75 pontos. O maior pontuado é Baira Roxa AD, mãe Natasha Dash SA, com 238,5 pontos, toda campanha feita na Vaquejada. Special Silver AD, mãe Kind Special HC, vem em segundo lugar na lista da ABQM. É o filho macho de Roxão que mais se destaca, somando mais de R$ 350 mil em premiação, com Registro de Mérito Superior em Vaquejada.

Beto Duwel, assessor de Jonatas Dantas, afirma que Silver Wild SLN é um reprodutor que gera excelentes produtos diversificados. “De fato, há mais filhos de Roxão brilhando nas pistas de Vaquejada, mas a genética dele também pode ser disseminada nos Três Tambores, por exemplo”, finalizou.

E para comemorar 25 anos dessa história, Jonantas Dantas prepara para o próximo dia 2 de junho o Leilão Celebration.

Por Equipe Cavalus
Fonte: Editora Passos
Fotos: Cedidas