Provas de Working Cow Horse esteve integrada na programação da etapa do NCCR de Rédeas no mesmo final de semana

Nelson Rodrigues e Brew Dual

A Associação Nacional de Cow Horse iniciou sua temporada de provas com o Derby, para animais de quatro e cinco anos hípicos, e o Derby Classic, para animais de seis anos ou mais, no dia 4 de março, no Rancho Karoline, em Avaré/SP. Diferente da etapa passada, em novembro, em que a chuva tentou atrapalhar o brilho da competição, dessa vez o tempo bom colaborou. Segundo os organizadores, foram 21 passadas com provas de alta qualidade. O Working Cow Horse é disputado em duas partes, rédeas e apartação. A maior nota de rédeas do dia – 74 – foi de Henrique Ribeiro, com Equicenter Country, e a maior nota de boi do dia – 73,5 – foi de Djalma Bezerra Neto com Spooky Safari.

Henrique Ribeiro e Equicenter Country

“Um dos principais objetivos da ANCH é fomentar a modalidade entre os novos participantes, e para isso está promovendo a categoria Box (equivalente ao Limited Non Pro nos Estados Unidos) para cavaleiros que nunca correram boi na cerca”, conta Karoline Rodrigues. Nessa categoria, a prova tem a parte da rédeas e a prova do boi é limitada ao trabalho de caixote por 50 segundos. “O risco é menor, porém a emoção do trabalho com o boi ainda é atrativo para o competidor”. A categoria tem inscrições de baixo custo e a ideia agradou o público. Enzo Montini foi o campeão com Gotta Lil Brass, marcando 70,5 na rédeas e 71 no boi.

Djalma Bezerra Neto e Spooky Safari

Para esta etapa a ANCH também instituiu uma divisão por níveis, nas categorias Aberta e Amador. Os competidores que não ficaram entre os seis mais pontuados em provas da modalidade na ABQM nos últimos três anos agora também disputam no Intermediário. E os campeões foram: Derby Aberta – Nelson Rodrigues com Brew Dual – 146 pontos; Derby Aberta Intermediaria – Paulo Henrique da Silva – Pistol Cat – 140 pontos; Derby Classic Aberta/Aberta Intermediário – Djalma Bezerra Neto – Spooky Safari – 143,5 pontos; Derby Amador/ Amador Intermediário – Karoline Rodrigues – Brew Dual – 143,5 pontos; Derby Classic Amador – Djalma Bezerra Neto – Spooky Safari – 146 pontos.

Para ficar completo o evento em Avaré, o Núcleo Castelo do Cavalo de Rédeas se reuniu no dia 3 de março, na EMAPA, para a 3ª etapa da temporada 2017/2018. O NCCR faz parte do núcleo regional paulista da Associação Nacional do Cavalo de Rédeas. A última e decisiva etapa do campeonato será dia 23 de junho e só ai serão definidos os campeões regionais e os classificados para o Campeonato Nacional ANCR. As disputas seguem acirradas.

Entre os campeões: Amador N1– Jessica Monassi – Guaraná Winnin – 68,5 pontos; Amador N2, N3, N4 – Marcelo Fornetti – Great Of Sparks – 70 pontos; Jovem 10+ – Pedro Abbud – Gunner Chexy; Aberta N1 – Yuri Vendrame – Gabino do Drosa – 67 pontos; Aberta N2 – Pedro da Silva – Identic Nic – 72 pontos; Aberta N3 – Miguel Cruz e Tallin Cindy Whiz – 74 pontos; Aberta N4 – Miguel Cruz e Tallin Cindy Whiz e Paulo Koury – Dont Whiz WRB – 74 pontos.

Por Luciana Omena
Fotos: Plusoneandahalf

Escreva um comentário