Ao todo, 87 conjuntos participaram da prova de Enduro no Brasília Country Club

Em um dia seco e de muito calor – com temperatura acima de 34º -, 87 conjuntos participaram da 5ª e última etapa do Ranking da Federação Hípica de Brasília (FHBr) de Enduro, realizada no Brasília Country Club.

Na prova CEI***160 km Sênior, André Vidiz montando Visconde Endurance dominou a prova desde o início. Assim, ele terminou em primeiro lugar com velocidade média de 18,021 km/h e conquistou o Best Condition.

Em segundo lugar, desde o início, Renato Salvador com Uzes Trio completou os 160 km com velocidade média de 17,550 km/h. Dos seis que largaram somente os dois terminaram.

“Foi uma prova muito difícil por conta do calor de 35 graus que fez durante o dia. Era um cenário muito difícil. Eu fiquei muito feliz que meu cavalo em nenhum momento esmoreceu ou se deixou abater”, declarou Vidiz.

CEI**120 km Sênior

Na prova CEI**120 km Sênior, Pedro Stefani Marino montando o garanhão Azhar du Barthas completou o percurso com velocidade média de 19,439 km/h. Dessa forma, conquistou o Best Condition.

Pedro Stefani Marino venceu a categoria CEI**120 km Sênior

Sobretudo, Marino dominou a prova e abriu 20 minutos do segundo colocado, a francesa Amandine Molin que montou Luan Rach e completou com média de 18,343 km/h.

Em terceiro lugar ficou Rafaela Vianna com Kadi Albar, com média de 17,991 km/h.

“O clima estava muito quente e seco e a estratégia foi usar o que aprendemos nos últimos anos e o que treinamos em um clima tão difícil. Os cavalos com genética diferenciada se sobressaíram”, comentou Marino.

Sprint emocionante

A prova mais emocionante foi a dos Young Riders (CEI** 120 km). Primeiro colocado nas três primeiras etapas, Claudio Kalume Filho, que formou conjunto com Shakira Elmir, largou para a última sete minutos à frente de Diogo Martins com Guignard da Capital e, ainda, oito minutos à frente de Rodrigo Storani Saliba montando Blues Master Rach.

Saliba e Kalume protagonizam sensacional sprint

Como Blues Master Rach estava em ótimas condições, a equipe decidiu que o jovem Saliba deveria tentar conquistar o segundo lugar. Mas ele não se conteve e foi em busca da vitória.

“Fomos juntos ate o final e decidimos o resultado no sprint. Foi muito emocionante porque só tinha feito um sprint uma vez na vida e foi bom sentir a sensação de novo. Só tenho a agradecer a este grande companheiro de trilha e a Equipe Rach por esta emocionante vitória”, disse Saliba.

Rodrigo Storani Saliba com Bues Master Rach completaram os 120 km com velocidade média de 17,631km/h; em segundo Claudio Kalume Filho montando Shakira Elmir também com média de 17,631km/h e em terceiro Diogo Martins com Guignard da Capital e média de 17,630 km/h.

CEI* 80 km Adultos

Na prova CEI* 80 km Adultos, os três primeiros colocados mantiveram a mesma posição desde o início. Em primeiro lugar, Tiago Lana com Alaska da Barra (20,711 km/h), segundo João Silva com Basc Trio (20,700 km/h) e terceiro Marcelo Vianna com Gaia El Emir (19,711 km/h).

Na categoria Young Riders, os dois únicos competidores foram eliminados no segundo anel.

Cybele Queiroz, de Brasília, que montou Malásia Endurance foi a vencedora na prova CEN 60 km categoria Sênior, seguida pelo cavaleiro de São Paulo Jonas Ratti com Betelgeuse VE e por Felipe Dias com Prudence Al Ventur, em segundo e terceiro lugares respectivamente.

Leia mais notícias sobre o cavalo Árabe

Luciana Paraíso montando Tufão foi a única a terminar na categoria Young Riders.

Por fim, nas demais provas os vencedores foram: Anderson Oliveira com Patrol El Ventur (CEN 40 km Sênior); Antonino Piazzi e Tessie (40 km Peso Pesado); Daniela Adamek e RT Beyak (40 km Graduado Adulto); Elaine Silva e Delegado (20 km Adulto); Natsumi Kawahara com Tetis Rach 20 km Jovem).

Fonte: Cidinha Franzão/Arabian Horse International
Fotos: Ricardo Saliba e Organização