Árabe

Programa do Cavalo Árabe vai ao ar nesta quinta-feira

Edição ira trazer novamente os melhores momentos da Exposição Nacional do Cavalo Árabe de 2020, programa começa às 20h

Publicado

⠀em

Com apresentação de Dudu Vaz, a 18ª edição do Programa do Cavalo Árabe será exibida às 20h desta quinta-feira (11). Para acompanhar o programa, os interessados devem acessar o canal da ZR TV no YouTube. 

Entre os entrevistados desta edição estão Mário Sérgio Silva, do Haras Santa Chiara, bem como o criador Nicolas Duch e a competidora Ariela Caravitta. Todos convidados para relembrar os melhores momentos da Exposição Nacional do Cavalo Árabe de 2020.

Afinal, o Programa do Cavalo Árabe vem exibindo uma série especial da Nacional, sendo essa a terceira parte. Desta vez, com foco nas provas Kids e Feminino de  Três Tambores. Além disso, irá tratar dos campeonatos de Halter, com foco nas categorias Potranca e Potro Jovem.

Por fim, o programa também irá abordar outros assuntos pertinentes da raça. Bem como genética, performance e os projetos para a nova temporada. 

Trabalho de fomento da ABCCA

Antes de mais nada vale destacar que o Programa do Cavalo Árabe é uma das ações de fomento da diretoria da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA). Trata-se de uma forma de levar a raça para mais perto dos apaixonados por cavalos.

Serviço

Programa do Cavalo Árabe
Dia: 21 de setembro
Horário: às 20h
Transmissão: Canal YouTube ZR TV  https://www.youtube.com/channel/UC8lOkttUncuz_DKepDoY_pQ

Por Equipe Cavalus
Crédito das fotos: Divulgação

Veja mais notícias do Cavalo Árabe no portal Cavalus

Árabe

RG El Bak arranca vitória nos metros finais do Prêmio IFAHR

Exemplar de criação e propriedade de Claudio Ribas já acumula duas vitórias no ano, mostrando que a aptidão está no sangue, já que seu pai é Campeão Nacional de Corrida

Publicado

⠀em

RG El Bak arranca vitória nos metros finais do RG El Bak arranca vitória nos metros finais do Prêmio IFAHRPrêmio IFAHR

Na primeira corrida internacional do calendário 2021 do cavalo Árabe, o exemplar da raça RG El Bak arrancou uma vitória emocionante nos metros finais. Foi no Prêmio International Federation Of Arabian Horse Racing (IFAHR) 2021, realizado no sábado (27), no Jockey Club de São Paulo.

De acordo com a Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA), o Prêmio IFAHR contou com oito animais inscritos, com até duas vitórias. Todos produtos de 3 anos e mais, com até duas vitórias.

Ainda de acordo com a Associação, a disputa aconteceu em 1.200 metros, mas na pista de areia (a princípio seria realizado na grama, mas precisou ser alterado por causa da chuva). Como resultado, uma bolsa de R$ 10 mil em prêmios foi distribuída entre os cinco primeiros colocados.

Vitória emocionante

Sob a condução de J. Severo, o RG El Bak largou atrás, ficando na quinta colocação. Enquanto a ponta era dominada pela dupla do Rach Stud, Gunther e Graccus. Contudo, no contorno da última curva, tomou fôlego e avançou pelo lado de fora.

Como resultado, nos últimos 150 metros, RG El Bak emparelhar com a dupla do Rach Stud. Até que, na faixa final, cruzou em primeiro lugar deixando Gunther em segundo lugar e Graccus em terceiro. (Veja o vídeo do páreo acima)

RG El Bak (RG Karat x Endora) é de criação e propriedade de Claudio Ribas, que é criador de Corrida desde 2001. Anteriormente, o cavalo já havia ganhado o Prêmio Augusto Maurício Wanderley, na abertura da temporada 2021. Provando, portanto, que a aptidão está no sangue, já que o pai dele é Campeão Nacional de Corrida.

Por Natália de Oliveira
Fonte: ABCCA
Crédito das fotos: Divulgação/ABCCA

Veja mais notícias do Cavalo Árabe no portal Cavalus

Continue lendo

Árabe

Prêmio IFAHR abre calendário internacional de corridas de cavalo Árabe

Ao todo, nove animais disputarão o páreo, a 1.200 metros na pista de grama, com bolsa de R$ 10 mil

Publicado

⠀em

A Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA) promove nesta sábado (27), às 13h30, a primeira corrida internacional do calendário 2021. Trata-se do Prêmio IFAHR, que acontecerá no Hipódromo de Cidade Jardim, no Jockey Club de São Paulo.

Conforme a ABCCA, o Prêmio IFAHR conta com nove animais inscritos, com até duas vitórias. A disputa será em 1.200 metros de grama, com uma bolsa de R$ 10 mil em prêmios, distribuídos entre os cinco primeiros colocados.

“Apesar de todos os problemas que a Covid-19 vem causando, as corridas de Cavalo Árabe este ano está quebrando recordes de participação e premiação. Bem como do números de corridas que realizadas na temporada”, pontua Almir Ribeiro, diretor de Corridas da ABCCA.

Bolsa de mais de R$ 300 mil na temporada 2021

Sobretudo, o Prêmio IFAHR abre o calendário de corridas internacionais do Cavalo Árabe de 2021. Este que vem com força total e números expressivos em relação aos últimos anos. “Estaremos distribuindo mais de R$ 300.000,00 em prêmios nas 24 corridas planejadas da temporada. A princípio, o encerramento está previsto para o dia 18 de dezembro”, ressalta Ribeiro.

Antes de mais nada vale lembrar que o Prêmio IFAHR também pontua para o Arabian Cup. Ou seja, para o ranking que incentiva as provas funcionais do Cavalo Árabe e que distribuirá R$ 215 mil em prêmios neste ano.

Por fim, vale ressaltar que todas as medidas de combate a Covid-19 são seguidas para a realização das corridas. Além disso, o Prêmio IFAHR será transmitido pelo canal do YouTube do Jockey Club de São Paulo.

Por Equipe Cavalus
Fonte: ABCCA
Crédito das fotos: Divulgação/ABCCA

Veja mais notícias do Cavalo Árabe no portal Cavalus

Continue lendo

Árabe

Anglo-Árabe Dourado WV vence prova de salto a 1,40m no CHSA

Conduzido pelo cavaleiro Geraldo de Melo Campos, conquista aconteceu durante a 1ª Etapa da Copa Santo Amaro de Salto 2021

Publicado

⠀em

Único exemplar Anglo-Árabe em disputa pela 1ª Etapa da Copa Santo Amaro de Salto 2021, realizada no último fim de semana no Clube Hípico Santo Amaro (CHSA) na capital paulista, Dourado WV (Reilhacois x Viva Maria) representou à altura a raça. Afinal, sob a condução do cavaleiro Geraldo de Melo Campos o animal conquistou mais um prêmio importante em sua curta carreira nas pistas da modalidade.

Desta vez, Dourado WV – que é de propriedade do empresário Waldir Valades – venceu a prova com obstáculos a 1,40m e que é aberta a todas as raças. Antes de mais nada vale destacar que o evento bateu recorde de inscrições, com pouco mais de 1.100 conjuntos participantes, de acordo com os organizadores.

Para o cavaleiro Geraldo de Melo Campos o que faz Dourado WV se destacar entre os demais é o prazer que ele sente ao saltar. “O cavalo de salto, independente de que raça for, precisa saltar. Não adianta o animal ser morfologicamente perfeito se ele não tiver vontade e for mal trabalhado. O Dourado tem essas qualidades, ele tem força, ele tem as ferramentas para o salto, mas principalmente, ele gosta”.

Ao todo, a Copa Santo Amaro de Salto conta com 10 etapas realizadas ao decorrer do ano. Dessa forma, a 2ª Etapa já tem data marcada, entre os dias 11 a 14 de março, quando certamente Dourado WV marcará presença em busca de mais uma vitória.

Geraldo de Melo Campos e Dourado WV – Foto: Arquivo pessoal

Início do Dourado WV no Salto

Geraldo conta que começou a trabalhar o Dourado efetivamente no começo de 2018. com auxílio do seu técnico Eduardo Sousa. “Minha relação com o Dourado é muito próxima, pois toda carreira esportiva dele passou por minhas mãos. Desde a primeira prova em categorias baixas para ele pegar ritmo de campeonato, até agora saltando provas de 1,40m e Minis GP”. cita o cavaleiro.

Anteriormente, Dourado WV até chegou a passar pelas mãos de outros cavaleiros, mas não chegou a disputar campeonatos. “Por fim, ele acabou não saltando as provas de Cavalos Novos e ficou ocioso durante um tempo até vir para mim direto de seu criador, o empresário Waldir Valades”.

De 2018 pra cá, são inúmeras vitórias do conjunto. Tanto que o Geraldo nem ousa chutar um número qualquer a fim de não ser injusto com o real potencial do exemplar Anglo-Árabe. Mas as principais vitórias foram: Vice-Campeão Paulista (2018); Vice Campeão do CSN Aniversário de Campinas (2018); Campeão da Copa Prata na Santo Amaro (2020); Campeão da X Etapa da Copa Santo Amaro (2020); 1º lugar no último dia de Indoor na Paulista (2020), Campeão 1,40m da I Etapa Copa Santo Amaro (2021),

“O que posso dizer é que do ano passado para cá o rendimento dele em provas tem sido muito animador. Dos últimos cinco eventos que ele participou, retornamos com um primeiro lugar em pelo menos um dia de cada campeonato; e disputando com conjuntos de peso. Na somatória de pontos das Copas Santo Amaro de 2020, eu e Dourado fechamos na terceira posição, participando somente de três das 10 etapas”, finaliza o cavaleiro.

Por Natália de Oliveira
Crédito das fotos: Arquivo pessoal/Geraldo de Melo Campos

Veja mais notícias do Cavalo Árabe no portal Cavalus

Continue lendo
X
X