Campolina

Retrospectiva 2021 – Cavalo Campolina

Diretor de eventos Paulo Wilson Maia faz um balanço da raça em 2021 e comenta as expectativas para 2022

Publicado

⠀em

Continuando a série de entrevistas com os presidentes das associações, conversamos com o diretor de eventos da ABCCCampolina – Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos Campolina, Paulo Wilson Maia.

A raça realizou sua 41° Nacional pela primeira vez em Salvador/BA, no Parque de Exposições Agropecuárias da cidade e contou com 300 animais inscritos.

Acompanhe a entrevista!

Portal Cavalus: Como foi o ano de 2021 para o Cavalo Campolina?

Paulo Wilson Maia: Embora ainda com as restrições da pandemia, tivemos poucos eventos presenciais. Mesmo assim, conseguimos realizar seis exposições nacionais, e agora em novembro, encerramos o ano com a nossa Nacional da Raça, em Salvador na Bahia. Pretendemos só crescer para o ano de 2022.

Portal Cavalus: Quais foram as médias dos leilões da raça este ano?

Paulo Wilson Maia: Mesmo sendo leilões virtuais, tivemos excelentes resultados, com mínimo de R$ 20 mil de média, com leilões de R$ 26 mil de média, vendas excelentes de éguas e cavalos. Tivemos um animal, o JPR Bolero, comercializado por R$ 151.200,00 e uma égua, 50% da égua Cacau do Show comercializada por R$ 154.800 mil.

Portal Cavalus: Quais foram as estimativas da 41° Nacional da Raça?

Paulo Wilson Maia: Estamos com excelentes animais, com muita qualidade. Apesar de ser em Salvador que é longe do centro da raça que é São Paulo – Rio de Janeiro – Minas Gerais, esteve com muitos animais. Dentro de todos os percalços que estamos passando, foi muito positivo, os baianos fizeram um excelente evento.

Portal Cavalus: Quais são as expectativas para 2022?

Paulo Wilson Maia: São as melhores possíveis. Todos estão com cavalos preparados, em casa, e a hora que tudo for liberados e os eventos presenciais voltarem vai ser muito bom. É um momento de superação, e espero que a gente consiga manter os trabalhos que são feitos pelas diretorias.

Portal Cavalus: O que o associado pode esperar para 2022?

Paulo Wilson Maia: Muitas atividades. Eu como diretor de eventos posso dizer que temos um excelente diretor de Poeirão, que tem desenvolvido um trabalho excelente, um diretor de Cavalgadas muito entusiasmado e fazendo a diferença, então eles podem esperar grandes eventos para o próximo ano.

Por: Camila Pedroso

Fotos: Divulgação

Mais notícias sobre o cavalo Campolina no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads