Mangalarga Marchador

Palestras, provas e leilões acontecem na Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador

Nacional realizado na capital mineira é considerado um dos maiores da América Latina voltado para a raça Mangalarga Marchador

Publicado

⠀em

Palestras, provas e leilões acontecem na Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador

Uma série de palestras técnicas, provas esportivas e leilões acontecem dentro da programação da 40ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador, que vai até o dia 29 de julho no Parque Bolivar de Andrade (Parque de Exposições da Gameleira), em Belo Horizonte (MG). Iniciativa da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM), o evento é considerado um dos maiores da América Latina reunindo uma única raça, além de ser o maior evento privado, depois do Carnaval, que reúne milhares de pessoas, movimentando a economia e o turismo na capital mineira.

Para este ano, a expectativa da organização é que mais de 200 mil visitantes passem pelas atrações da exposição ao longo dos 13 dias de evento. Cerca de 500 expositores e mais de mil animais estarão presentes na edição que conta com programação variada para o público em geral, produtores rurais, empresários, profissionais liberais e pessoas ligadas ao agro. Concursos de marcha, provas funcionais e sociais, servirão para o julgamento dos animais participantes, provenientes de todas as regiões do Brasil. 

Cristiana Gutierrez, presidente da associação

Segundo a presidente da ABCCMM, Cristiana Gutierrez, o foco é proporcionar um ambiente favorável aos negócios, incentivar a troca de experiências e fomentar o mercado de equinocultura no Brasil. “O setor movimenta cerca de R$30 bilhões. Nossa exposição está inserida nesse contexto. Estamos entusiasmados com essas décadas de história e honrados de estarmos aqui para comemorar a evolução da raça”, acrescenta.

Provas

A grande atração da Nacional é a programação que envolve a pista principal do Parque da Gameleira. Durante todo o evento serão realizados campeonatos com provas técnicas que avaliam a Marcha (andamento) e a Morfologia (beleza) dos cavalos, éguas, potros e potras de plantéis de todo o território nacional. Esses animais são julgados por um quadro de jurados especializados para a atribuição. Um show que vale a pena conferir. 

A programação dos julgamentos e provas técnicas pode ser acessada neste link. 

Para os fãs de adrenalina, a ABCCMM preparou as provas esportivas que acontecerão na pista de areia, que recebeu esse ano o nome de ‘Arena Confiança’. As modalidades de Três Tambores, Cinco Tambores, Seis Balizas, Maneabilidade, Team Penning, Working Penning, Ranch Sorting, são as provas esportivas que integram a programação da 40ª Nacional. 

A programação das provas esportivas pode ser acessada aqui. 

Palestras na Nacional do Mangalarga Marchador

Cursos, clínicas e palestras também farão parte da programação. A diretoria da ABCCMM oferecerá um ciclo de palestras no auditório do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), espaço dentro do Parque da Gameleira. 

Toda a programação de palestras pode ser acessada neste link.

Leilões

Os leilões da Nacional têm o objetivo de fomentar a comercialização da raça. Por meio de lotes criteriosamente selecionados o remate desta edição acontecerá na noite do dia 27 de julho. Ao todo 80 lotes serão ofertados.

Causa social

A raça Mangalarga Marchador possui a linda missão de salvar vidas e a Marchadores Pela Vida (MPV) estará presente na Nacional com estande de vendas de souvenir, camisas e outros produtos da marca. A instituição filantrópica oficial do Mangalarga Marchador ajuda atualmente dez instituições: Instituto Heleninha, FCV Hospital do Câncer, Associação Assistencial do Idoso de Arcoverde (PE), CAPE Casa de Acolhida Padre Eustáquio, Tucca, Vida Viva, Apala Associação dos Pais e amigos dos leucêmicos de Alagoas, Equipérola e Aura Casa de Apoio.

Inúmeras vidas foram salvas por meio de ações do MPV ao longo dos últimos anos e sua trajetória de crescimento como instituição oficial da raça conta apoio contínuo de toda a diretoria da ABCCMM.A edição deste ano será transmitida e comentada ao vivo pela bancada do Resenha do Marchador, um programa interativo do portal ABCCMM (abccmm.org.br).

Por Assessoria de imprensa/ABCCMM
Fotos: Divulgação/Fernando Ulhoa

Leia mais notícias aqui.

Mangalarga Marchador

Inscrições para Exposição Brasileira do Criador 2024 começam quinta-feira (15)

Primeiro grande evento do Mangalarga Marchador será realizado de 19 a 23 de março no Haras NSG, em São Pedro (SP)

Publicado

⠀em

Inscrições para Exposição Brasileira do Criador 2024 começa quinta-feira (15)

A Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM), divulgou nesta semana que a partir da quinta-feira (15), começa as inscrições para a Exposição Brasileira do Criador 2024. Neste ano, a competição acontecerá no Haras NSG, na cidade de São Pedro (SP), de 19 a 23 de março.

A associação destaca que essa é uma oportunidade imperdível para o criador mensurar a evolução e o nível dos animais provenientes dos próprios criatórios. A entidade ainda ressalta que para inscrição não será exigida classificação prévia para participação na Exposição Brasileira do Criador, entretanto haverá alguns critérios para as inscrições.

Critérios para inscrições para a Expo Brasileira do Criador 2024:

  • O expositor é o próprio criador;
  • O expositor seja parente em primeiro grau do criador (pais ou filhos);
  • Caso o expositor seja um condomínio, um dos condôminos deverá ser o criador ou parente em primeiro grau;
  • Associados cadastrados como pessoa jurídica, poderão expor animais de criação de associados como pessoa física, desde que, esta, componha o quadro societário da empresa;
  • Associados cadastrados como pessoa física, poderão expor animais de criação de associados como pessoa jurídica, desde que, esta, componha o quadro societário da empresa.

Além desses critérios, a ABCCMM reforça algumas informações importantes: independente dos critérios aceitos para inscrições neste evento, a pontuação obtida pelos animais será atribuída de fato aos seus respectivos criadores, sem ajustes em sistema.

As inscrições para todas as categorias, deverão ser realizadas por meio do link no hotsite (a partir do dia 15/02/2024). E o Regulamento da Exposição do Criador é parte integrante do Regulamento Geral de Eventos da ABCCMM que pode ser conferido através do site.

Exposição Brasileira do Criador ABCCMM

Considerado o primeiro grande evento do ano, o campeonato, de acordo com a associação, é uma oportunidade que os criadores têm para conferir e avaliar a sua própria criação, mediante os julgamentos.

“A organização da Exposição prepara um grande evento, que seguirá o modelo das edições passadas, com estrutura planejada para receber criadores, usuários e fãs da raça”, destacou a ABCCMM em suas redes sociais.

A entidade divulgou também a programação, sendo a entrada dos animais nos dias 17 e 18 de março, e os julgamentos de 19 a 23 de março. Para mais informações, basta acessar o site oficial da ABCCMM.

Por Heloísa Alves/Portal Cavalus
Fotos: Divulgação/H. Possebon

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Mangalarga Marchador

Proposta quer fortalecer exportação de cavalos da raça Mangalarga Marchador

Texto autoriza concessão de incentivos fiscais e linhas de crédito especiais para criadores e exportadores

Publicado

⠀em

Proposta quer fortalecer exportação de cavalos da raça Mangalarga Marchador

O Projeto de Lei 6029/23 busca promover a internacionalização dos cavalos da raça Mangalarga Marchador, originária do Brasil. O texto, apresentado pelo deputado Samuel Viana (Republicanos – MG), foca na exportação de animais vivos, de sêmen e embriões e de serviços associados ao mercado equestre, como atuação de veterinários, zootécnicos e outros profissionais conhecedores da raça.

Proposta para exportação Mangalarga Marchador

“As ações propostas contribuirão decisivamente para posicionar o Brasil como um player de destaque no cenário equestre mundial, promovendo não apenas a raça, mas também a cultura e o agronegócio equestre de nosso país”, afirmou Viana.

Ele destaca que a internacionalização da raça tem desafios como barreiras sanitárias, custos logísticos altos e adaptação a normas internacionais. O projeto atribui à Câmara de Comércio Exterior (Camex) e ao Ministério da Agricultura a responsabilidade por definir normas sanitárias e de qualidade para exportação de animais e material genético.

O texto prevê a criação de um registro com chip eletrônico para rastrear o material genético, com informações sobre origem, histórico e resultados de testes de saúde. As informações poderão ser compartilhadas entre criadores, associações e autoridades.

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Incentivos e capacitação

O projeto autoriza concessão de incentivos fiscais e linhas de crédito especiais para criadores e exportadores de animais e material genético. “Com isso, espera-se um incremento na qualidade e competitividade dos produtos e serviços oferecidos, elevando o padrão do setor equestre nacional”, disse Viana.

O Executivo deverá promover formação e capacitação, em parceria com instituições de pesquisa, sobre criação, manejo e comercialização do Mangalarga Marchador. De acordo com Viana, a colaboração com instituições de pesquisa e entidades internacionais será fundamental para a inovação e melhoria contínua dos padrões genéticos e de manejo da raça.

A indústria equina brasileira movimenta anualmente cerca de R$ 16,15 bilhões e gera aproximadamente 3 milhões de empregos. A Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador tem mais de 18 mil associados e cerca de 630 mil animais registrados.

Tramitação

A proposta será analisada, em caráter conclusivo, pelas comissões de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Caso aprovada, ela segue direto para o Senado.

Por Agência Câmara Notícias
Foto: Reprodução/Internet
Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Mangalarga Marchador

ABCCMM divulga primeiro balanço da associação de 2024

Números referente ao mês de janeiro mostram crescimento dentro da associação da raça logo no início do ano

Publicado

⠀em

ABCCMM divulga primeiro balanço da associação de 2024

O ano de 2024 começou movimentado para a Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM). De acordo com a entidade, só nesse primeiro mês do ano foram registrados, com a tramitação das documentações do Serviço de Registro Genealógico 5.104 comunicados de nascimentos; 5.844 cobrições e 6.789 emissões de registros.

Já o setor de Cadastro começou ano novo com afinco e recebeu adesão de 289 novos associados.

Destaques da associação em 2024

A associação destaca que em 2024 irá trabalhar na continuidade do incentivo das ações que levam informação e aprendizado aos criadores e profissionais por meio dos cursos de capacitação.

Em janeiro houve o Primeiro Encontro Técnico de Jurados, com foco na atualização dos cursos Módulo 1 e Módulo 2 do Projeto Mangalarga Marchador para Todos. Outros dois cursos para criadores foram realizados no Rio de Janeiro.

O Programa de Formação por Competência que é uma parceira da ABCCMM e FAEMG/SENAR também iniciou as aulas de 2024. As primeiras do ano, foram de 22 a 27 de janeiro, com o Módulo Tratador de Equinos.

Neste primeiro mês, a raça realizou sete eventos e três leilões. Destaque para o do Esporte com a prova de Ranch Sorting, em Boa Esperança (MG), a primeira do Circuito Ranch Sorting Sul de Minas – o berço da raça.

Com o término das férias e festividades as grandes competições de pista com o Mangalarga Marchador começam a ocupar o calendário. “A ABCCMM já se prepara para a primeira delas com a Exposição Brasileira do Criador 2024, de 19 a 23 de março, em São Pedro (SP)”, destacou a entidade em seu site.

De acordo com a associação, a ABCCMM continua neste início de ano com 56 núcleos em funcionamento pelo Brasil atuando diretamente no apoio aos criadores.

Nas redes sociais, o mês se encerrou com marca de 223.145 seguidores no perfil do Instagram da ABCCMM @abccmmoficial. No Canal do Youtube, 184.576 inscritos foram responsáveis por 155.300 visualizações nos conteúdos da associação.

Por Assessoria de Imprensa
Fotos: Divulgação/Henrique Possebon

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Mangalarga Marchador

Dicas para um criador incitante – Mangalarga Marchador

Criação exige dedicação e muito trabalho, além é claro do conhecimento, por isso preparamos algumas dicas para quem está começando no meio

Publicado

⠀em

Dicas para um criador incitante - Mangalarga Marchador

Começar a criar a raça Mangalarga Marchador, não é tarefa fácil. A atividade exige dedicação, trabalho, persistência e acima de tudo conhecimento. Para contribuir no aprendizado daqueles que iniciam o ofício de criar, elaboramos algumas dicas com o conceito de palavras comuns utilizadas durante os julgamentos de marcha e morfologia. Conhecer esses conceitos, se atentar às dicas e saber identificá-las durante as competições é essencial.

Dicas

Frente oblíqua: animal com o pescoço bem dirigido e sustentado, formando um ângulo de aproximadamente 45º em relação ao solo.

Animal ponteiro: atitude causada pela falta de confirmação do apoio na embocadura, em que o cavalo mantém o focinho apontado para frente.

Cavalo braceiro: animal que, quando olhado por frente durante a locomoção, apresenta voo dos membros anteriores lateralizados.

Animal profundo: equino que apresenta boa capacidade torácica, com altura de costado satisfatória. Essa altura é tomada do esterno ao dorso do animal. A análise será feita de perfil.

Animal arqueado: visto por frente tem as costelas com boa abertura e em forma de arco, proporcionando uma boa amplitude torácica e consequentemente boa condição respiratória.

Passarinheiro: cavalo que se assusta facilmente. Está sempre refugando.

Cavalo debruçado: postura corporal do animal onde este se apresenta com a frente baixa e membros anteriores atrasados (sobre si), depositando mais peso do que o normal nesses membros. Essa postura causa dificuldade de flexão e extensão dos anteriores. Esses animais tropeçam com frequência.

Engajamento: os membros posteriores, quando observados de perfil, se exercitam abaixo da massa corporal do animal durante a locomoção. Se traçarmos uma linha da ponta da nádega até o solo, observamos que o animal movimenta os membros a frente dessa linha. O engajamento promove força e impulsão ao animal.

Animal com andamento diagramado: cavalo que equilibra bem os tempos de apoio da marcha durante a locomoção, apresentando apoios diagonais, laterais e tríplices. Os tempos de apoios diagonais são maiores que os laterais e os tríplices.

Dissociação: falta de sincronia dos apoios do bípede diagonal. O anterior sai frações de segundos à frente do posterior oposto durante o avanço diagonal e automaticamente aterrissa na frente. Essa característica é fundamental para que ocorra uma marcha de qualidade.

Cavalo de tipo bom: cavalo de formas planas, com boas proporções lineares (medidas de cabeça = pescoço = dorso-lombo = garupa = espádua = perna), apresentando boa proporção antebraço-canela (antebraço maior que a canela) e boa proporção de altura de costado e altura do solo ao esterno (proporção 1:1,33). Leve na aparência geral.

Animal em atitude: postura corporal do animal durante a locomoção, onde este mantém a frente oblíqua, a nuca flexionada, com a cabeça formando um ângulo um pouco maior que 90º em relação ao eixo do pescoço e os posteriores engajados.

Fonte: ABCCMM
Crédito da foto: Divulgação/ABCCMM/Kiko Catelli

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Mangalarga Marchador

ABCCMM divulga a data para a Exposição Brasileira do Criador 2024

O primeiro grande evento da raça já tem data e local para acontecer; que neste ano será realizado no Haras NSG, em São Pedro (SP)

Publicado

⠀em

ABCCMM divulga a data para a Exposição Brasileira do Criador 2024

A Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM), divulgou nesta terça-feira (30), a data e o local para a Exposição Brasileira do Criador 2024. Neste ano, a competição acontecerá na cidade de São Pedro – SP, entre os dias 19 a 23 de março.

Exposição Brasileira do Criador ABCCMM

Considerado o primeiro grande evento do ano, o campeonato, de acordo com a associação, é uma oportunidade que os criadores têm para conferir e avaliar a sua própria criação, mediante os julgamentos.

“A organização da Exposição prepara um grande evento, que seguirá o modelo das edições passadas, com estrutura planejada para receber criadores, usuários e fãs da raça”, destacou a ABCCMM em suas redes sociais.

A entidade divulgou também a programação, sendo a entrada dos animais nos dias 17 e 18 de março, e os julgamentos de 19 a 23 de março. Para mais informações, basta acessar o site oficial da ABCCMM.

Por Heloísa Alves/Portal Cavalus
Fotos: Divulgação/Oak7 Conteúdo

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Mangalarga Marchador

Cavalgada ‘Mulheres ao mar’ reuniu amazonas em um passeio com Mangalarga Marchador

Cavalgada aconteceu em São Miguel dos Milagres (AL) e reuniu 15 mulheres em passeio à beira-mar

Publicado

⠀em

Cavalgada ‘Mulheres ao mar’ reuniu amazonas em um passeio com Mangalarga Marchador

No último dia 07, um grupo de mulheres se reuniram para uma cavalgada na beira do mar em São Miguel dos Milagres (AL). Denominada de ‘Mulheres ao mar’ a segunda edição da cavalgada com Mangalarga Marchador contou com a participação de 15 mulheres, além de quatro cavaleiros para um suporte, caso necessário.

Keila Chehoud, idealizadora do evento, conta que sempre gostou de andar a cavalo. Ela, que é de Araçatuba, no interior de São Paulo, reside hoje no Nordeste, onde participou de algumas cavalgadas organizadas por Roberto Gueiros e Tereza Gueiros que tem uma propriedade na beira do mar na Praia de São Miguel dos Milagres, chamada Raizeiro dos Milagres. “Um lugar paradisíaco e uma das praias mais lindas do mundo. Além das belezas naturais e um mar de encher os olhos, a água do mar é quente, não é gelada. É simplesmente perfeito”.

Cavalgada Mulheres ao mar

Keila nos conta que a primeira edição da cavalgada ‘Mulheres ao mar’ aconteceu em janeiro de 2023. “Surgiu uma vontade grande em meu coração em trazer amigas apaixonadas por cavalgadas para que juntas pudéssemos curtir o melhor cavalo de sela do mundo que é o Mangalarga Marchador, apreciando a paisagem maravilhosa de tirar o fôlego, dando muita risada, confraternizando, reforçando os nossos laços de amizade entre as amigas. A primeira cavalgada no ano passado foi linda e este ano repetimos”.

Para a amazona, a segunda edição foi ainda mais bonita, já que a natureza deu um espetáculo à parte com paisagens lindas e de tirarem o fôlego. Keila explica que para um passeio como este é necessário um planejamento, já que é preciso respeitar a tábua da maré.

Keila destaca que como todas as amazonas eram de outras cidades e estados, foi necessário que a chegada das participantes no Raizeiro dos Milagres fosse um pouco antes da data da cavalgada, por isso elas se reuniram no dia 05. Já no dia seguinte, as mulheres tiveram um dia de praia, onde aproveitaram o local para confraternizarem.

“Ali colocamos a conversa em dia, muitas risadas, banho de mar, passeio de jangada, assunto de cavalo era com certeza o mais falado, tais como a evolução da raça, genética entre outros assuntos relacionado ao Mangalarga Marchador. A conversa exalava paixão pela raça e os olhos das Amazonas já brilhavam”, destaca Keila.

No dia da cavalgada, a amazona comenta que logo de cara o cenário foi digno de um filme de Hollywood. No roteiro, as participantes que saíram da propriedade Raizeiro dos Milagres, passaram pela Praia do Marcineiro, seguindo famosa Capela dos Milagres em torno de 5 km até a foz do Rio Camaragibe.

Ainda pela manhã, foi feita a travessia do rio que encontra o mar. “Essa foi a parte mais emocionante da cavalgada. Depois cavalgamos por mais 5 km até a Praia do Morro, onde fizemos nossa segunda parada. Seguimos por mais 5 km até a Praia de Carro Quebrado no Mirante, lá fizemos nossa terceira parada. E depois por mais 6 km até o Restaurante Boralá na beira mar na Praia de Barra de Santo Antônio”, relembra.

No total, 9 haras foram representados na cavalgada ‘Mulheres ao mar’, foram eles: Haras Serra do Maroto, Haras Paraíso, Haras Lucchese, Haras Jucá, Haras Mandacaru, Haras Nordeste, Haras Deodora, Criatório Cabeça Branca e o Haras Massala. Keila ainda explica que foram colocados cavalos de pista, com animais campeões nacionais e detentores de grandes prêmios dentro da raça. “Foi uma cavalgada de alto nível, tanto na beleza durante o percurso, quanto com os animais que estiveram conosco”, finaliza.

Por: Heloísa Alves/Portal Cavalus
Crédito das fotos: Divulgação/Júlio Oliveira

Veja mais notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga Marchador

Mulherada se reúne uma cavalgada 100% feminina com Mangalarga Marchador

‘Padania para Elas’ reuniu 10 mulheres que são ativamente presente dentro da raça, incluindo a presidente da associação

Publicado

⠀em

Mulherada se reúne uma cavalgada 100% feminina com Mangalarga Marchador

Na última semana, um grupo de amigas se reuniram para uma cavalgada, que por três dias percorreram ao todo 75km, em São Luiz do Purunã, no Paraná. Intitulada de ‘Padania para Elas’, a segunda edição da cavalgada reuniu 10 criadoras da raça Mangalarga Marchador, incluindo a presidente da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM), Cristiana Gutierrez.

No total, cinco estados brasileiros estiveram representados na cavalgada, sendo eles São Paulo, Pernambuco, Alagoas, Paraná e Minas Gerais. Durante o trajeto da cavalgada, as amazonas passaram por uma colonização holandesa, visitaram a casa de uma design de joias, Maria Dolores, que é bem conhecida, além é claro de compartilharem experiências entre elas.

“Dividimos essa paixão e temos prazer em montar esse excepcional cavalo de sela. Cavalgando e colecionando memórias, em paisagens lindas, com chuva ou sol, não importa, são sempre os melhores momentos”, destacou Cristiane Gutierrez em suas redes sociais.

Organizada pela criadora do Haras Padania, Gabriela Bório, a cavalgada ‘Padania para Elas’, chegou em sua segunda edição, sendo um evento aguardado entre as mulheres da raça Mangalarga Marchador.

“Foi uma honra receber esse grupo, não foi só um passeio, mas uma troca de experiência e informação, muitas interessadas em genética, pasto, tiraram dúvidas sobre vários temas. É gratificante receber pessoas que tenham interesse. Fiquei muito feliz com a presença da Cristiane, ela que representa a força da mulher frente à raça”, comenta Gabriela Bório.

É importante destacar que todas as participantes da cavalgada têm presença ativa na raça, sendo criadoras ou estando ao lado de seus maridos criadores, participando ativamente no fortalecimento do Mangalarga Marchador. Por fim, Gabriela destacou o nível de equitação das amazonas, com total domínio e controle sobre os cavalos.

Por: Heloísa Alves/Portal Cavalus
Crédito das fotos: Divulgação/Gerson Jes

Veja mais notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga Marchador

Cavalgada do Haras Padania percorreu 100km no período de 4 dias

Tradicional cavalgada reuniu exemplares da raça Mangalarga Marchador e pessoas de cinco estados brasileiros

Publicado

⠀em

Cavalgada do Haras Padania percorreu 140km no período de 4 dias

No último final de semana ocorreu a 11ª edição da Cavalgada do Haras Padania, uma tradicional cavalgada que ocorre todos os anos, reunindo cavalos da raça Mangalarga Marchador e cavaleiros de diversos estados brasileiros.

Organizada pelo proprietário do Haras Padania, Bernardo Bório, a cavalgada ocorreu em quatro dias, percorrendo um total de 100km, com início na Lapa (PR), chegando até São Luiz do Purunã, também no Paraná.

Nesta edição, a cavalgada contou com um total 20 conjuntos, além de três auxiliares acompanhando o trajeto. Entre as pessoas, esteve presentes cavaleiros do Paraná, Minas Gerais, São Paulo, Pernambuco e Ceará.

A cavalgada, além de reunir amigos para um passeio agradável, mostra também a funcionalidade do Mangalarga Marchador para esse tipo ação, além disso, foi um momento para compartilhar experiências sobre a criação, sobre a raça e histórias de vida.

Por: Heloísa Alves/Portal Cavalus
Crédito das fotos: Divulgação/Júlio Oliveira

Veja mais notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga Marchador

Campeonato Brasileiro de Provas Esportivas e Sociais destaca a força do Mangalarga Marchador

Evento realizado no Parque da Gameleira na capital mineira, o 1º Campeonato de Provas Esportivas e Sociais foi marcado pelo sucesso de público e participantes

Publicado

⠀em

por

Campeonato Brasileiro de Provas Esportivas e Sociais destaca a força do Mangalarga Marchador

O 1º Campeonato Brasileiro de Provas Esportivas e Sociais, realizado pela Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM) nos dias 15, 16 e 17 de setembro, no Parque da Gameleira, em Belo Horizonte (MG) foi mais uma ação importante para o esporte.

A prova integrou a programação do Festival Internacional da Cerveja e Cultura e foi uma importante vitrine de fomento da multifuncionalidade da raça.

Durante os três dias de competição foram contabilizadas 1396 passadas nas modalidades de Maneabilidade, Ranch Sorting, 6 Balizas, 3 Tambores, 5 Tambores. No total, foram 180 animais inscritos e 121 participantes de 6 estados diferentes (MG, RJ, SP, BA, ES, MT).

Organizador do evento, o diretor de Esportes e Provas Funcionais da ABCCMM, Mauricio Camara Pierrotti explica que a iniciativa possibilitou a participação de cavaleiros e amazonas de diversas idades. A prova também foi oportuna para competidores estreantes que testaram o Marchador. “Esse foi o primeiro campeonato que realizamos. Certamente ele entrará para o calendário oficial da raça, devido ao sucesso que alcançamos. Estou satisfeito com o resultado e já na expectativa para as próximas edições”, comentou.

Emoção e adrenalina no Campeonato Brasileiro de Provas Esportivas e Sociais

Além de R$ 50 mil no total do montante distribuídos entre os vencedores de todas as categorias, os participantes do Campeonato Brasileiro de Provas Esportivas e Sociais receberam troféus e medalhas.

Maurício informa que a isenção de inscrições por meio do crédito solidário adotado pela ABCCMM também foi uma estratégia para atrair o público. “Essa ação deu certo porque tivemos uma boa adesão da turma apaixonada pela adrenalina”, contou.

Passadas nas provas esportivas

164 na Maneabilidade

607 no Ranch Sorting

227 na Seis Balizas

220 nos Três Tambores

180 nos Cinco Tambores

Outro destaque da competição, foram as Provas Sociais, modalidade que ocorre normalmente dentro das exposições e concursos de marcha do Mangalarga Marchador. “Esse tipo de campeonato agrega também os entusiastas e fãs da raça. É muito usual criadores emprestarem animais para a turma que deseja montar. Uma outra maneira também de estimularmos e democratizarmos o usuário e potenciais criadores”. 

Próximos eventos

Satisfeito, o organizador conta que o balanço final do 1º Campeonato de Provas Esportivas e Sociais não poderia ter sido melhor. Ele comemora e adianta campeonatos no mesmo molde como ações do departamento de Esportes e Provas Funcionais.

Por Divulgação/Assessoria de imprensa
Edição: Wesley Vieira/Portal Cavalus
Foto: Divulgação/Fernando Ulhoa

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Mangalarga Marchador

Campeonato Brasileiro de Provas Esportivas e Sociais acontece na capital mineira

Feito em parceria com a 10ª Edição do Festival Internacional de Cerveja e Cultura,, o Campeonato Brasileira de Provas Esportivas e Sociais acontece pela primeira vez na Gameleira, em Belo Horizonte (MG)

Publicado

⠀em

Campeonato Brasileiro de Provas Esportivas e Sociais acontece na capital mineira

A Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM) realiza, entre os dias 15 e 17 de setembro, o Primeiro Campeonato Brasileiro de Provas Esportivas e Sociais, no Parque da Gameleira, em Belo Horizonte (MG). O evento, realizado em parceria com a 10ª Edição do Festival Internacional de Cerveja e Cultura, apresentará  mais de 150 rótulos escalados de diversas cervejarias convidadas até de outros estados com opções premiadas e destacadas das melhores marcas do mundo.

Com programação ampla, o evento contará com opções de 30 bandas musicais espalhadas por três palcos, sem falar, é claro, da emoção e adrenalina das competições da raça. Uma oportunidade de alavancar a potencialidade esportiva e multifuncional do Mangalarga Marchador. 

Para a Diretoria da ABCCMM, a junção do Primeiro Campeonato Brasileiro de Provas Esportivas e Sociais e da 10ª Edição do Festival Internacional de Cerveja e Cultura foi uma estratégia de fomento, em que os visitantes terão a chance de ver de perto a funcionalidade da raça.  

Sobre o Campeonato Brasileiro de Provas Esportivas e Sociais

A programação do Primeiro Campeonato Brasileiro de Provas Esportivas e Sociais contará com provas de Maneabilidade, Ranch Sorting, Seis Balizas, Provas sociais, Três Balizas e Cinco Balizas.

Para a presidente da ABCCMM, Cristiana Gutierrez, a ocasião será um momento de união, celebração cultural e que acima de tudo incentivará o turismo na capital, a rede gastronômica e de negócios. 

A organização do evento está otimista e estima cerca de 30 mil pessoas nos três dias.  

Na área gastronômica serão dez restaurantes convidados com uma atração especial: a Alameda do Fogo, onde seis estações de churrasco vão esquentar a festa. Haverá também vinhos e drinks.

Serão mais de 30 horas de evento em uma experiência que valerá a pena estar presente, além da presença de seis DJ’s convidados para os intervalos. Entre as bandas, estilos variados. Já as crianças contarão com pista de skate, espaço kids e escola de circo.

Os ingressos já estão disponíveis e há carga de lotes gratuitos, com entrada programada e combos com copo incluso.

Mais informações sobre o Festival Internacional de Cerveja e Cultura, acesse este link.

Por Divulgação/Assessoria de imprensa
Foto: Divulgação/Fernando Ulhoa

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo