Associação que rege a raça Quarto de Milha no Brasil faz aniversário hoje

Tudo começou em 1955, quando a Swift-King Ranch importou seis animais dos Estados Unidos para o Brasil, vindos de sua matriz norte-americana, a famosa King Ranch, no Texas, a maior fazenda dos Estados Unidos. À medida que vários pecuaristas, banqueiros e homens de negócios tiveram a oportunidade de conhecer os animais Quarto de Milha, começaram a pressionar a SKR para que lhes vendessem alguns exemplares.

A companhia atendeu a poucos criadores, vendendo um número reduzido de potros. Em 15 de agosto de 1969, foi fundada a Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha, no Parque da Água Branca, em São Paulo, onde se encontra atualmente. Com o passar dos anos, o Quarto de Milha tornou-se a maior raça equina no Brasil. O plantel, segundo dados fornecidos pelo Stud Book da ABQM até 10/08/2019, tem 587.556 animais registrados.

Criadores, proprietários, competidores e todos os associados estão espalhados por todos os estados brasileiros. Em números, o material humano em torno do Quarto de Milha representa milhões. Áreas ocupadas pelos haras e centros de treinamento, quantidade de ração para os cavalos, empregos diretos e indiretos, tudo isso e muito mais está nessa conta. Sem contar nas diversas profissões derivadas da atividade.

São veterinários, agrônomos, zootecnistas, ferradores, treinadores, especialistas em reprodução, leiloeiros, leiloeiras, carpinteiros, pedreiros, eletricistas, marceneiros, transportadores de cavalos, fabricantes de equipamentos e indústria de ração e produtos veterinários, entre outros.

Nos últimos cinco anos, segundo dados oficiais, o Stud Book da ABQM registrou mais de 130 mil potros. Também neste mesmo período, a raça movimentou em leilões por todo o país em torno de R$ 1 bilhão com a comercialização de aproximadamente 27 mil animais, pela média geral de R$ 37 mil. Anualmente, os eventos oficiais e apoiados pela ABQM, proporcionam premiações que passam da casa dos R$ 4 milhões.

O Quarto de Milha tem extrema docilidade, conseguindo partidas rápidas, paradas bruscas, grande capacidade de mudar de direção e enorme habilidade de girar sobre si mesmo. É adaptável a qualquer situação, transformando-se em instrumento de força, transporte e difícil de ser derrotado em provas equestres, além de melhorador de plantel. Considerado o cavalo mais versátil do mundo, é usado em modalidades de Conformação, Trabalho e Corrida.

Desde sua origem, a raça Quarto de Milha tornou-se ao longo dos anos um ponto de referência mundial entre todas as espécies equinas, fruto de suas inúmeras qualidades genéticas, como a marcante estrutura morfológica, velocidade, docilidade e, principalmente, por sua versatilidade em executar funções atléticas nas mais variadas modalidades. No Brasil, alguns exemplares fizeram e ainda fazem parte da história, tornando-se ícones na reprodução e que mereceram ser homenageados pela ABQM no Hall da Fama.

Parabéns, ABQM!

Fonte: Site Oficial

Escreva um comentário