Apartação, Laço Pé e Três Tambores são as atrações das três pistas em Araçatuba

Criar cavalos! Uma publicação em uma rede social me chamou atenção hoje de manhã. “Ele veio como se toda uma historia fosse escrita capítulo a capítulo”, disse o campeão. “Um potro diferente, que veio trilhando um caminho que só quem participou de tudo pode imaginar! Título que traz toda a alegria e felicidade de uma equipe gigante, dentro de um projeto bem feito. Estamos colhendo os frutos! Mas frutos só fortificam em terras férteis!”

Uma inspiração esse depoimento que nos levou a refletir, no meio da agitação de um evento com mais de sete mil inscritos, sobre a responsabilidade desse nome: Potro do Futuro. O que o futuro reserva para criadores, proprietários, treinadores, apresentadores, competidores, assistentes, familiares, amigos? Um elo que não existe sem o outro e todos eles culminam no maior astro, o cavalo.

Guilherme Santos Farias acabou virando nosso personagem especial para abrirmos a matéria de hoje. Foi campeão Potro do Futuro Laço Pé Profissional Light com Cash Hancock, marcando 220,5 pontos. Ele é um dos muitos que sonharam com esse momento e estão no Parque de Exposições Clibas de Almeida Prado de 6 a 13 de outubro.

Gui Farias com Cash Hancock

Araçatuba/SP está sendo, mais uma vez, a casa de um evento oficial da ABQM. No caso, 40º Potro do Futuro, 13ª Copa dos Campeões, 5º Derby e 2º Juvenil da raça Quarto de Milha. Segundo o departamento de Esportes, foram recebidas 7589 inscrições em 18 modalidades. Estão participando 1468 atletas profissionais e amadores – crescimento de 10% no comparativo com 2018 –, e 2598 cavalos, 11% a mais.

As provas de Três Tambores sofreram uma mudança na programação devido a pista precisar de arrumação. Depois da Copa dos Campeões Aberta Júnior as competições foram paralisadas. Aberta Sênior, Aberta Castrado e Pro Light estão correndo hoje. O pessoal do Potro do Futuro pode treinar de manhã e a classificatória da Aberta será a última categoria a entrar.

Nesse momento vai começar a Pro Light. Com cinco tempos na casa dos 16 segundos, a Aberta Senior teve como campeão Sidnei Pereira Jr. Montando WV Mickey Of Fling marcou 16s641. Podemos dizer que foi uma ‘briga de titãs’ essa categoria. Esse é o menor tempo da modalidade até o momento nesse evento, também campeões da Aberta Senior Castrado.

As provas de Laço Pé continuaram na Arena Vetnil. Potro do Futuro, classificatórias e finais, das categorias Amador, Amador Light e Jovem; Derby Amador e Jovem; Copa dos Campeões Amador, Amador Light, Amador Master A, Amador Master B, Amador Principiante, Jovem até 13 anos, Jovem 14 a 18 anos e Jovem Principiante.

No momento corre a Copa no Laço Pé Amador Master. Marcel Lourenço Casacchi com Mick Cat 5E, foram os campeões do Potro do Futuro de Laço Pé Amador. Marcaram 221 pontos, mesma nota da classificatória, em que foram o segundo melhor. Luiz Eduardo Souza Cupertino de Barros marcou 223 pontos com Ninna CD Player. Foram campeões da Copa no Laço Pé Amador e estão, até o momento, no Top 10 de nota na modalidade.

Na Arena RAM a Apartação deu início às suas provas. Copa dos Campeões Aberta Júnior e Aberta Sênior; e Potro do Futuro, classificatórias, da Aberta (que corre agora) e Amador estão na programação. A nota 75 é que está ‘mandando’ no Top 10 da Copa até agora. Os dois campeões receberam essa pontuação.

Antônio Sérgio de Araújo Júnior, com This Stylish King, da Fazenda Gruta Azul, campeões Copa Aberta Junior; e Djair Nunes de Oliveira, com AGF Justin Super Cat, de João Renato Pereira Lara, campeões Copa Aberta Senior. Juninho Araújo tem mais dois animais no Top 10. No Potro do Futuro Aberta, a nota de corte está sendo 70 pontos. Ainda faltam mais de 20 cavalos se apresentarem.

Resultados completos, provas ao vivo, programação e demais informações: abqm.com.br/potrodofuturo.

Por Equipe Cavalus
Fotos: Cedidas/ABQM

Escreva um comentário