Quarto de Milha

Smarvelena é um dos principais reprodutores do Quarto de Milha

No Brasil, ele deixou 504 filhos registrados na ABQM, que totalizam 952,50 pontos em 15 modalidades

Smarvelena foi o ‘sonho americano’ de uma menina alemã que se tornou um dos mais versáteis reprodutores do Brasil. Em 2020, o garanhão entrou para a importante galeria do Hall da Fama da ABQM. Entre seus feitos, deixou 504 filhos registrados na Associação, que totalizam 952,50 pontos em 15 modalidades.

Dessa forma, a história no Brasil desse castanho, filho de Doc O’lena e Peparad, começa em 1988, quando chegava para residir em definitivo aqui no País a família alemã Schilling. O motivo da mudança do casal Walter e Maria era um só: a paixão de sua filha Yasmin pelos cavalos Quarto de Milha.

Anteriormente, eles fundaram o Haras Yasmin, em 1984, na cidade de Rancharia/SP. Alojado na fazenda que a família adquiriu no final da década de 1970. Quatro anos depois, logo após Yasmin ter completado a maioridade, devido à sua grande insistência, eles enfim se mudaram.

Neste mesmo ano, sabendo que todo grande haras precisa de um reprodutor. Sobretudo, sabendo que o outro grande sonho de sua filha era ter um garanhão americano, Walter enviou Yasmin e Maria aos Estados Unidos. A fim de que procurassem no Texas um potro que iria concretizar o sonho de Yasmin e se tornar o garanhão chefe do haras.

O encontro

Apaixonada pela modalidade Apartação, Yasmin começou sua busca por um filho de Doc O’Lena. Porém, na época, os norte-americanos diziam que ela deveria comprar um filho de Smart Little Lena. Eles acreditavam que este seria melhor que o pai (Doc O’Lena).

Mas, fiel às suas convicções, Yasmin continuou sua procura. Até que um amigo da família, Sérgio Luiz Cassius, indicou o potro que elas tanto procuravam: Smarvelena.

Filho de Doc O’Lena e de Pepard (Peppy San), o castanho recém desmamado era irmão próprio de sangue do cobiçado Smart Little Lena. Assim sendo, mãe e filha desembolsaram uma quantia referente ao dobro da média dos valores dos potros que elas tinham visto até então. Todavia, retornaram satisfeitas ao Brasil.

No Brasil

Desembarcado no Brasil em 1989, Smarvelena foi para treinamento de Apartação em 1990 com o treinador Aparecido Ávalos. Em curta campanha no ano de 1991 obteve o título de reservado campeão Nacional ABQM na categoria Aberta. Além disso, foi campeão da etapa final do Campeonato Paulista de Apartação e 4º lugar no Super Stakes ANCA daquele ano.

Atuava sempre na categoria Aberta, contudo acabou tendo a aposentadoria de sua promissora campanha decretada precocemente por motivos de lesão.

Em 1990, Smarvelena cobriu suas primeiras éguas. Porém, já a partir de 1991 ele entrou de vez na sua carreira de reprodutor. Desaparecido em 2009, deixou 504 filhos registrados na ABQM, que totalizam 952,50 pontos em 15 modalidades diferentes de Trabalho.

O garanhão tornou-se, portanto, um dos principais reprodutores de todos os tempos em Apartação, Rédeas, Working Cow Horse, Team Penning e Laço Pé. Sendo que nesta última venceu o ABQM Awards em 2009 como Melhor Reprodutor do Ano.

Acima de tudo, como avô, Smarvelena coloca-se entre os 21 melhores de todos os tempos pela ABQM, sendo pai de inúmeros garanhões e matrizes produtores. Dentre seus filhos destacam-se: Lena Badger Olena GR, Freckles Baldy FM, White Chic White, Ultra Smarvel YM, Identic Smarvel YM, Smart N’Oak, Peppy Leo Lena.

Colaboração: ABQM/Alonso Flores
Crédito da Foto: Cedida/ABQM

 Veja mais notícias da raça Quarto de Milha no portal Cavalus