Saúde & Bem-estar

Confira algumas dicas de como dar banho em seu cavalo

Higiene está ligada ao bem-estar animal dos cavalos, por isso, o banho é essencial para uma boa saúde

Publicado

⠀em

Confira algumas dicas de como dar banho em seu cavalo

Se o seu cavalo está coberto de lama ou se vai levá-lo a uma apresentação, é necessário dar um banho nele. Como cavalos são sensíveis ao frio, é melhor que o banho seja num dia ensolarado. E caso ele esteja doente, banhe-o apenas depois de consultar um veterinário.

Preparando o cavalo para o banho

  1. Reúna os materiais. Você precisará dos itens e ferramentas certos para a tarefa. Os mais importantes da lista são xampu e o condicionador específicos para cavalos. E as ferramentas: uma raspadeira de rodo, uma escova de náilon, uma raspadeira de borracha, uma escova para a crina, e camurça ou toalha. Você também precisará de uma fonte de água, obviamente, e de um degrau, se as costas do cavalo forem altas demais para você.
  2. Amarre o cavalo com uma volta de salteador. Escolha um lugar onde a água possa ser drenada. Muitos estábulos têm uma área dedicada ao banho dos cavalos. A volta do salteador (ou nó de fuga) é a melhor opção, pois, como pode ser desfeito com um simples puxão se o animal entrar em pânico, evita que ele se machuque ou danifique a cerca aonde está amarrado. Também permite ao tratador se afastar enquanto ele se debate.
  3. Passe a raspadeira de borracha no corpo do cavalo, em gestos circulares, para desalojar a terra e o detrito presos aos pelos do cavalo. Para removê-los, use uma escova de náilon. A raspadeira de borracha (ou, algumas vezes, de plástico) é uma escova que estimula a circulação do sangue nos músculos e na pele do animal. É o primeiro item na rotina de cuidados com o cavalo, uma vez que solta a terra e detritos presos ao pelo. A escova de náilon (ou de pelo animal) tem cerdas rígidas, ideais para limpar a terra e sujeira desalojadas pela raspadeira de borracha. Também é ótima para retirar lama seca das patas e dos cascos do cavalo.
  4. Nas patas, use a escova de náilon. Muitas raspadeiras de borracha são duras demais para a sensível região das patas, e por isso a escova de náilon é preferível. Escove de cima para baixo, na direção do crescimento dos pelos.
  5. Passe uma escova para crina na crina e na cauda. Trata-se de um utensílio com os dentes largos e bem espaçados, que tira a sujeira e desfaz nós. Havendo alguma parte muito emaranhada, desfaça os nós com os dedos em vez de forçar o pente. Nunca pare atrás do cavalo. Enquanto estiver penteando ou lavando a cauda, pare ao lado do cavalo e estique o braço para alcançá-la. Assim, estará livre do perigo se ele der um coice.

Hora do banho

  1. Lave a face dele. Como essa é a área mais sensível do corpo, convém lidar com ela logo no início do banho. Mergulhe uma esponja em água morna e esprema o excesso. Use-a para limpar a cara do cavalo, sempre seguindo a direção em que o pelo cresce. Tome cuidado para não derrubar água nos olhos, que deixaria o animal irritado. Nunca passe xampu na face do cavalo, somente água pura. Se houver muita sujeira, esfregue a cara dele várias vezes até que a água escorra limpa.
  2. É melhor molhar o cavalo antes de aplicar o xampu. Para isso, você pode usar uma mangueira ou passar nele uma esponja mergulhada em água. Nem todo cavalo gosta de ser molhado com mangueira. Para dar a ele tempo de entender o que está acontecendo, comece pela base das patas e vá devagar em direção ao tronco. Não use uma pistola de pressão, que irritaria o cavalo.
  3. Limpe o ânus e os genitais. Agora é uma boa hora para limpar o prepúcio (se estiver lidando com um macho) e o ânus do animal. Use um maço de algodão ou um pano limpo reservado apenas para este fim. Use panos separados no ânus e no prepúcio. Ensaboe e enxágue a região do pênis e do prepúcio. Aproveite a oportunidade para verificar se há alguma anormalidade na genitália.
  4. Quanto ao ânus, use somente um pano úmido. Se o pano ficar sujo, dobre-o para deixar à mostra uma parte limpa e passe-o no ânus do animal outra vez. Repita o processo até limpar a área completamente. Pare ao lado do cavalo, nunca atrás dele, durante esta etapa.
  5. Passe o xampu. Agora que o animal está úmido, despeje uma porção do tamanho de uma moeda (ou a indicada pelo fabricante) numa esponja molhada e esfregue-a no pelo dele. Dependendo do tamanho do cavalo, pode ser necessário repetir esse processo várias vezes. Ensaboe e enxague pequenas áreas de cada vez, pois o xampu pode deixar o pelo ressecado se agir por tempo demais. Xampu nem sempre é necessário. Se usado com muita frequência, aliás, pode despojar a pele da oleosidade natural que mantém a pelagem impermeável durante as chuvas.
    Se apresenta o cavalo em exposições e precisa lavá-lo com xampu mais do que uma vez por mês, talvez seja necessário deixá-lo sempre no estábulo, pois ele estará menos preparado para enfrentar as intempéries.
  6. Enxágue. Se deixado em contato com a pele, o xampu a ressecará e irritará, além de tirar o brilho do pelo. Daí a importância de enxaguar bem o xampu. Apanhe um balde cheio de água limpa e despeje-a com auxílio de uma esponja. Repita até que a água caia sem fazer espuma. Ou você pode enxaguá-lo com a mangueira
  7. Seque o cavalo. Agora que a água está saindo limpa e não há mais resíduos de xampu, o cavalo está pronto para ser seco. Uma alternativa é passar a raspadeira de rodo no sentido de crescimento do pelo. O rodo derruba o excesso de água armazenado no pelo. Se você não tem essa ferramenta, pode alisar o cavalo com a beirada externa da mão. Outra opção é usar várias toalhas limpas. Depois de secar o máximo possível, caminhe com o cavalo ao sol por aproximadamente dez minutos. Se o dia estiver nublado, vista nele uma manta ou uma capa protetora.
  8. Cuidadosamente, penteie a crina. Não tente desfazer nós com a escova de crina — em vez disso, desfaça-os com os dedos e só então passe a escova.
  9. Lave a cauda. Esta parte merece muita atenção, especialmente em animais de cauda clara. Já que o cavalo não sente frio na cauda, você pode lavá-la quando quiser. Segure o balde com xampu e água com uma mão e a cauda com a outra. Mergulhe-a no balde até tão perto da base quanto for possível. Agite-a no interior do balde, tentando tirar a sujeira. Limpe a base da cauda com uma esponja mergulhada na solução de água morna e xampu. Enxague a cauda em vários baldes de água limpa. Mais uma vez, use a esponja para enxaguar a base. Enxugue a cauda com uma toalha e deixe o cavalo pastando num lugar ao sol até ela terminar de secar. E vale lembrar: jamais pare atrás do cavalo. Para evitar coices, fique ao lado dele e estique o braço para manusear a cauda.

Fonte: WikiHow
Fotos: Reprodução/Internet

Leia mais notícias aqui.

WordPress Ads
WordPress Ads