Moda

Do jeans às pistas de Três Tambores: Caroline Rugolo comemora os bons resultados obtidos no 30º Congresso ABQM

Além de ter conquistado importantes títulos como competidora, a idealizadora da marca Cutter Jeans aproveitou o evento para lançar a sua nova coleção sustentável, que teve excelente aceitação do público

Publicado

⠀em

Do jeans às pistas de Três Tambores: Caroline Rugolo comemora os bons resultados obtidos no 30º Congresso ABQM

Duas paixões que se misturam na vida de Caroline Escomparim Rugolo: o mundo dos cavalos de Três Tambores e o universo da moda western, através da Cutter Jeans. Dessa forma, ela aproveitou que iria correr pela modalidade que tanto ama no 30° Congresso da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Quarto de Milha (ABQM), realizado recentemente em Araçatuba/SP, e lançou uma nova coleção da marca.

Para tanto, um estande especial da Cutter Jeans foi montado no recinto que sediou o Congresso ABQM. Nele, os participantes do evento (fechado ao público por conta da pandemia) puderam conferir de perto a coleção cápsula “Into The Nature”. Coleção que traz um conceito de moda consciente, haja vista que foram empregadas mudanças em vários processos de produção das peças a fim de minimizar os impactos ambientais

Entre as mudanças, para a fabricação das peças foi usado como matéria-prima um denim de projeto sustentável, tinto com redução de consumo de químicos e água, índigo livres de anilina, fibras recicladas, biodegradáveis e certificadas. Além disso, em lavanderia os efeitos foram substituídos todos por laser e ozônio, eliminando os químicos em quase 100% e, ainda, economizando 52% de água em sua lavagem. 

Antes de mais nada vale destacar que as mudanças na forma de criação e fabricação das peças não atrapalham uma das premissas da Cutter Jeans: a exclusividade. “Conseguimos chegar em peças únicas e exclusivas com um conceito totalmente novo”, ressalta Caroline.

Além de ter conquistado importantes títulos como competidora, a idealizadora da marca Cutter Jeans aproveitou o evento para lançar a sua nova coleção sustentável, que teve excelente aceitação do público

Resultados em pista como competidora

Além de comemorar o sucesso da nova coleção da Cutter Jeans durante o 30º Congresso ABQM, Caroline Rugolo também brilhou em pista pela modalidade de Três Tambores, somando mais tempos na casa dos 16 segundos para a sua carreira de competidora.

Por exemplo, na categoria Amador 19 anos ou mais Castrado, montando Elfort Seis HR , conquistou o 1º lugar com o tempo de 16s884. Já na categoria Aberta Feminino Castrado, com o mesmo animal, Caroline ficou em 2º lugar com o tempo de 16s968. (Confira abaixo todos os resultados conquistados pela competidora no evento)

Por fim, Caroline comenta sobre a sua participação. “Fiquei feliz em conseguir participar do 30° Congresso Brasileiro ABQM, tanto com a Cutter loja , quanto como competidora. Com a loja, superou nossas expectativas, mesmo sem presença do público o resultado foi muito positivo, atingindo várias modalidades, e novos competidores. E como competidora também foi muito legal, a melhor pista que já corri em todos esses anos de ABQM , conseguimos ver o show a cada categoria e cada passada”.

Aberta Feminino

7º lugar: Caroline Escomparim Rugolo e Elfort Seis HR – 16s968

10º lugar: Caroline Escomparim Rugolo e Cheyenne Fame IAM 17s014

13º lugar: Caroline Escomparim Rugolo e Firework Dash HR – 17s057

Aberta Feminino Castrado

2º lugar: Caroline Escomparim Rugolo e Elfort Seis HR – 16s968

4º lugar: Caroline Escomparim Rugolo e Firework Dash HR – 17s057

Amador 19 anos ou mais Castrado

1º lugar: Caroline Escomparim Rugolo e Elfort Seis HR – 16s884

5º lugar: Caroline Escomparim Rugolo e BJR Gabinete Famewat – 17s157 

Amador Vetnil

5º lugar: Caroline Escomparim Rugolo e Elfort Seis HR – 16s884

6º lugar: Caroline Escomparim Rugolo e God Given Fame – 6s948

Conheça a nova coleção pelo www.cutterjeans.com.br / @cutterjeans

Por AV Comunicação Equestre
Crédito da foto em destaque: Hugo Lemes

Veja mais notícias no portal Cavalus

Moda

De exclusiva à moda consciente: Cutter Jeans lança coleção sustentável

Lançamento oficial da coleção cápsula “Into The Nature” acontece durante a 30ª edição Congresso da ABQM, em Araçatuba/SP, onde a marca montou um estande especial

Publicado

⠀em

De exclusiva à moda consciente: Cutter Jeans lança coleção sustentável

Trazendo um conceito de sustentabilidade ao mundo dos cavalos, onde a valorização ao meio ambiente e ao planeta está ainda mais presente, a Cutter Jeans mais uma vez inova ao lançar a coleção cápsula “Into The Nature”. Trata-se de uma coleção sustentável alinhada a uma moda consciente, onde foram empregadas mudanças em vários processos de produção das peças a fim de minimizar os impactos ambientais. 

De acordo com a estilista da Cutter Jeans, Camila Valério de Oliveira, as mudanças na forma de criação e fabricação das peças não atrapalham uma das premissas da marca: a exclusividade. “Conseguimos chegar em peças únicas e exclusivas com um conceito totalmente novo”, ressalta.

Sendo assim, para a fabricação das peças foi usado como matéria-prima um denim de projeto sustentável, tinto com redução de consumo de químicos e água, índigo livres de anilina, fibras recicladas, biodegradáveis e certificadas.

Além disso, em lavanderia os efeitos foram substituídos todos por laser e ozônio, eliminando os químicos em quase 100% e, ainda, economizando 52% de água em sua lavagem. 

“Alta tecnologia implantada para acabar com o desperdício de água, dispensar produtos nocivos ao meio ambiente e melhorar cada vez mais os processos e o resultado aos nossos clientes”, explica a estilista da Cutter Jeans.

Sustentabilidade já vinha sendo empregada na Cutter Jeans!

Caroline Rugolo, idealizadora da marca, conta que já há algum tempo a fábrica Degrade, onde são feitas as produções da Cutter, já vem investindo em tecnologias avançadas para a redução dos processos feitos com químicos e também na redução de água. 

“Estamos pensando no futuro do nosso planeta e tentando buscar soluções mais sustentáveis para a natureza. Com maquinários e treinamentos em sustentabilidade de jeans da jeanologia. Então, estamos sempre buscando melhorias nessa parte”.

Sendo assim, Caroline passou a introduzir na Cutter esses processos aos poucos, porque a marca confecciona peças muito trabalhadas e cheias de bordados. “Alguns processos ainda estamos tentando buscar alternativas para conseguir essa mudança, para que em um futuro próximo todas as nossas peças sejam feitas dessa maneira”, finaliza.

Para o lançamento da nova coleção “Into The Nature”, a Cutter Jeans montou um estande especial no recinto onde está sendo realizada a 30ª edição do Congresso da Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Quarto de Milha (ABQM), em Araçatuba/SP. O evento começou nesta quarta-feira (26) e segue até o dia 06 de junho.

Conheça a nova coleção pelo www.cutterjeans.com.br / @cutterjeans

Por AV Comunicação Equestre
Crédito da foto: Divulgação

Veja mais notícias de Moda no portal Cavalus

Continue lendo

Moda

Miss Country é presença garantida no 30º Congresso Brasileiro da ABQM

Além de garantir estilo e conforto com a marca, participantes que passarem pelo estande poderão concorrer a R$ 500,00 em compras

Publicado

⠀em

Além de garantir estilo e conforto com a marca, participantes que passarem pelo estande poderão concorrer a R$ 500,00 em compras

O 30º Congresso Brasileiro da ABQM – Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha, em Araçatuba/SP, já começou e além das disputadas competições, os participantes poderão garantir o que há de mais novo na moda country, com peças estilosas e confortáveis que já estão disponíveis no estande da Miss Country que tem presença garantida no evento.

Para quem ainda não conhece a marca, essa é uma ótima oportunidade para visitar o espaço e conhecer um pouco mais dos produtos oferecidos pela Miss Country. O estande da loja já está a todo vapor, com peças lindas, pensadas para você.

A marca estará presente até o último dia do Congresso, ou seja, até o dia 6 de junho. E você pode garantir um look de ótima qualidade e também conferir todos os detalhes da coleção Mystic de Inverno 2021.

Sorteio Miss Country

Contudo, além de garantir aquele look country, quem estiver presente no 30º Congresso poderá concorrer a um vale compras de R$ 500,00 na Miss Country.

Para participar é fácil, basta visitar o estande da loja, fazer uma foto, postar no Instagram e marcar @miss.country que já vai estar concorrendo. O sorteio será realizado após o termino do evento, diretamente no Instagram da Miss Country.

Instagram: @miss.country | Facebook: misscountrybr | Site: www.misscountry.com.br

INFORME PUBLICITÁRIO

Por Heloísa Alves
Crédito das fotos: Divulgação/Miss Country

Veja mais notícias sobre a Miss Country no portal Cavalus

Continue lendo

Moda

De roupas a calçados, o couro não sai de moda

Esse tipo de tecido aqui no Brasil tem origem no boi e movimenta mais de R$ 8 bilhões por ano

Publicado

⠀em

O couro é um dos produtos mais antigos da humanidade. De tal forma que existem registros de uso da pele de animais há mais de 5 mil anos. No Brasil, o principal fornecedor é o boi. O motivo é que aqui existe um dos maiores rebanhos do mundo: são mais de 214 milhões de animais, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com tanta oferta de animais, em outras palavras, o Brasil é um dos grandes produtores mundiais de couro. É um setor que movimenta mais de R$ 8 bilhões por ano segundo reportagem do G1/Agro.

Portanto, couro é a pele de qualquer animal que foi curtida. Esse processo de curtimento é necessário para que não apodreça após o abate. As peles mais comuns na indústria do couro por aqui são as de bovinos, porcos, cabras e ovelhas. Também há empresas que trabalham com peixes e jacarés, por exemplo, mas em escala menor.

couro: Esse tipo de tecido aqui no Brasil tem origem no boi e movimenta mais de R$ 8 bilhões por ano; de roupas a calçados, não sai de moda

Dessa forma, de roupas a calçados, o couro não sai de moda. Segundo especialistas, é uma tendência ainda para o Inverno 2021. Não só o couro tradicional, como também o croco – que imita pele de crocodilo. As cores voltam a ser neutras: marrom, bege, caqui e preto.

Está presente tanto em roupas quanto nos sapatos e acessórios, mas o queridinho da estação será o casaco de couro (fotos). Versátil, combina com praticamente todos os estilos e peças.

Ah ainda a concorrência com o couro sintético. Antes de mais nada, a disputa com outros tecidos de origem vegetal ou sintéticos é um desafio para a atividade. Seja como for, o material é amado por todos nós e confere elegância e sofisticação ao visual.

Por Equipe Cavalus
Fonte: canseivendi, G1
Crédito das fotos: Divulgação/Pexels e Pixabay

Veja mais notícias da editoria Moda no portal Cavalus

Continue lendo

Moda

Inspirada em pedras e cristais, Miss Country lança coleção de inverno 2021

Intitulada Mystic, nova coleção da marca traz 55 peças carregadas de boas energias

Publicado

⠀em

Miss Country é presença garantida no 30º Congresso Brasileiro da ABQM

Mulherada, já pensou em usar uma roupa que, além de ser linda e ter um excelente design, ainda é capaz de emanar boas energias? É essa a proposta da Miss Country com a coleção de inverno 2021, que recebeu o nome de Mystic.

De acordo com a marca, as peças da coleção foram criadas com inspiração em pedras e cristais que são utilizados diariamente em terapias de proteção energética e elevação espiritual. Dessa forma, são capazes de ajudar a atrair prosperidade e despertar capacidades superiores.

Ao todo, foram elaboradas 55 peças para a coleção de inverno 2021 da Miss Country. Entre elas há calças jeans, t-shirts, camisas, jaqueta jeans, moletom, body, bonés, conjuntos, pijamas e muito mais.

Nova coleção de inverno traz opções de look ‘Tal mãe, tal filha’ – Foto: Divulgação
Intitulada Mystic, coleção de inverno 2021 da marca traz 55 peças carregadas de boas energias. Saiba mais detalhes sobre a inspiração na reportagem!
Coleção emana boas vibrações – Foto: Divulgação

Além disso, as pequenas cowgirls não foram esquecidas e também ganharam opções lindas de blusinhas e calças jeans. “Nossa linha baby é a principal novidade para essa coleção, que conta com dois modelos de body infantil”, explica a Miss Country.

Antes de mais nada vale destacar que no site da marca só estão disponíveis as peças das coleções anteriores. Portanto, para adquirir as peças da coleção de inverno 2021 da Miss Country é só ir nas melhores lojas de moda country do Brasil.

Por fim, para descobrir o parceiro lojista mais próximo de você, entre em contato com a Miss Country pelos canais de atendimento. “Não perca tempo e se encante com a nossa coleção”, finaliza a marca.

LEIA TAMBÉM

Ao todo, coleção de inverno 2021 tem 55 peças – Foto: Divulgação
Intitulada Mystic, coleção de inverno 2021 da marca traz 55 peças carregadas de boas energias. Saiba mais detalhes sobre a inspiração na reportagem!
Miss Country veste cowgirls de todas as idades – Foto: Divulgação

Sobre a Miss Country

De uma roda de amigos, sem planejamento algum. Assim, surgiu a Miss Country. A princípio, o objetivo era suprir a necessidade das cowgirls brasileiras que buscavam estilo e conforto na hora de se vestir.

Contudo, a marca foi além. Dessa forma, passou a disponibilizar um novo conceito no mercado de moda feminina. Onde o foco é, sobretudo, a excelência nos designs, com peças únicas, desenvolvidas uma a uma pelas sócias-proprietárias Luciana Domingues Biasoto e Fernanda Domingues.

A marca possui uma fábrica de 300 m², situada em Espírito Santo do Pinhal/SP, com toda a estrutura e maquinário necessário. Além disso, conta com 14 funcionários diretos e vários colaboradores externos.

Outras informações podem ser obtidas pelos telefones: Comercial: (19) 98667-9612 (Gustavo); Atacado: (19) 98155-2629 (Emilene); e, por fim, Marketing: (19) 98174-7354 (Vitória).

Instagram: @miss.country | Facebook: misscountrybr | Site: www.misscountry.com.br.

INFORME PUBLICITÁRIO

Por Natália de Oliveira
Crédito das fotos: Divulgação/Miss Country

Veja mais notícias sobre a Miss Country no portal Cavalus

Continue lendo

Moda

Looks de prova: camisas x body

Entre as diferenças, além do tecido e corte, o body é como o antigo collant

Publicado

⠀em

Aquele look de prova caprichado com camisa, calça, bota, cinto e chapéu ou boné ficou para trás? Hoje em dia muita menina, seja de qual modalidade for, usa o body no lugar da camisa. Tão estiloso quanto, mas será que todo mundo curte?

Antes de mais nada, entre as diferenças, além do tecido e corte, o body é como o antigo collant. Ok, se você não é dessa época, o que queremos dizer é que o body – ou collant – é uma roupa de malha elástica fina que adere ao corpo.

As camisas, por sua vez, são de tecidos tradicionais, como o tricoline, ou algo mais ousado, como o crepe Valentino. Se você é uma cowgirl, procura ainda muito brilho e pedrinhas no seu look de prova, cores que combinem com a sua personalidade e os acessórios do seu cavalo.

Contudo, há quem goste de peças mais discretas. De acordo com Fernanda Oliveira, de Sioux Deluxe, para as competidoras mais tradicionais um look de prova requer camisa “com um bom corte ou bordadas nos punhos e gola, e até nas costas e frente”.

Já os body’s, segundo ela, “são muito mais ajustados ao corpo e, como possuem a calcinha, muitas competidoras preferem, a fim de que o look permaneça mais ‘alinhado’ durante toda a prova, por exemplo”.

Camisa e body se aproximam, entretanto, quando você encontra body’s bordados e trabalhados, ou mais simples, do mesmo modo que as camisas.

Diversidade

Fernanda Oliveira vai além e comenta da variedade de looks criados com essas duas peças. “Temos, sem dúvida, uma diversidade imensa de trajes para agradar a todos os gostos!”

Veja algumas dicas dela:

As camisas, quase sempre associadas ao jeans, podem ser usadas por dentro ou por fora da calça, totalmente fechada criando um ar mais sério ou com alguns botões abertos na altura do colo, deixando o look mais despojado.
Entre as diferenças, além do tecido e corte, o body é como o antigo collant. Os looks de prova equestre das meninas mudaram, será?
Adereços são sempre bem vindos às camisas mais clássicas, como lenços, bolo tie e até mesmo coletes, que também podem possuir brilho e bordados
Entre as diferenças, além do tecido e corte, o body é como o antigo collant. Os looks de prova equestre das meninas mudaram, será?
Já os body’s, quando muito trabalhados e brilhantes, acabam se reservando mais às pistas, não que não possam ser usados fora delas

E você, qual seu look de prova preferido?

Por Equipe Cavalus
Colaboração: @mamaenocampo e @sioux_deluxe
Crédito das fotos: Arquivo Pessoal

Veja mais notícias da editoria Moda no portal Cavalus

Continue lendo

Moda

Lenço de seda em diferentes amarrações dá aquele up no visual

É uma peça western style que remonta a 1800 e ainda é amplamente usada nos dias de hoje

Publicado

⠀em

Aposta certeira para andar na moda, o lenço de seda oferta diversas maneiras de amarrações que mudam totalmente um look. Quer seja como cinto, preso ao cabelo, no pulso, como bandana ou cachecol. De todas as formas possíveis, acredite, algum deles combina muito bem com seu estilo.

Além disso, os ‘wild rags’ são uma maneira divertida de adicionar cores e padronagens a qualquer visual. Antes de mais nada, é uma peça western style que remonta a 1800. Usada até hoje, aparece em uma variedade de cores, tamanhos, tecidos e estampas. Em temperaturas mais altas, por exemplo, o lenço de seda cai super bem.

Costuma ser aquele de tecido mais leve, ideal para verão ou primavera, para aquela cowgirl que não quer abandonar seu estilo Velho Oeste. Em formato quadrado ou retangular e mais curtinho, é peça coringa para se ter no guarda-roupa. O mesmo lenço de seda, aliás, se amarrado de formas diferentes, com peças diferentes no look, pode ser usado repetidamente.

Desse modo, para cada ocasião o lenço de seda cumprirá um papel. Coadjuvante ou destaque, só depende da proposta e da sua criatividade.

Lenço de seda é uma peça western style que remonta a 1800 e ainda é amplamente usada nos dias de hoje; aposta certeira para andar na moda,

Amarrações

Com toda a certeza, uma das amarrações mais countries é colocá-lo em volta do pescoço, em forma de triângulo, preso por uma fivela ou broche (foto de chamada). Outro estilo tradicional para o lenço de seda é o gravata.

Todo dobrado, em volta do pescoço, com um leve amarradinho lateral. Para locais mais quentes, é uma amarração campeã. Os dois jeitos caem bem com camisa, camiseta ou regata. Agora se você só quer dar uma pincelada de cor, amarre o lenço no pulso (foto 2).

Por outro lado, para sair totalmente do convencional, prenda o lenço na cabeça como tiara. Certifique de deixar a ponta solta aparecendo em baixo do cabelo. Se o seu cabelo for comprido, trance o lenço junto com as mexas. Por fim, pegue o primeiro estilo que comentamos e troque a fivela por um nó (foto de chamada). O lenço nesse caso tem que ser maior para que as pontas sobrem.

Fonte: Cowgirl Magazine, Eutotal
Crédito das fotos: Divulgação/cowboywildrags

Veja mais notícias da editoria Moda no portal Cavalus

Continue lendo

Moda

Miss Country é opção para quem busca excelência nos designs

Cowgirls e cowboys brasileiros encontram na marca mais do que estilo, mas conforto para se vestir em qualquer ocasião do dia-a-dia

Publicado

⠀em

Miss Country é opção para quem busca excelência nos designs

Quem é apaixonado pelo mundo western, não abre mão de se vestir à caráter, independentemente, do ambiente em que esteja. Seja no trabalho, na fazenda, na hora de passear ou até mesmo para ficar em casa.  

Contudo, não basta somente se vestir à caráter, é preciso buscar peças que agreguem a mais para os looks do dia-a-dia. E é neste sentido que entra a Miss Country. Afinal, a marca oferece excelência nos designs de suas peças.

Mulheres que amam o estilo western encontram na Miss Country mais do que estilo, mas conforto. Característica que também é essencial para quem está na correria do trabalho, dos cuidados em casa, no haras ou dos estudos.

Antes de mais nada vale destacar que a marca não veste só mulheres, como também crianças. Haja vista que a Miss Country oferece opções na linha “tal mãe, tal filha”, que é queridinha do momento.

Além disso, ainda há a Route Western, marca exclusiva masculina que segue o mesmo pressuposto de qualidade e excelência de design da Miss Country. Entre as peças já disponíveis da marca há várias opções de camisas polos. Há as versões básicas, com listras nas mangas e na gola e até a versão total listrada. Camisas que, sem dúvida, oferecem estilo e qualidade para os homens.

“A ideia é suprir as necessidades das cowgirls e cowboys brasileiros que buscam estilo e conforto. Com um conceito novo no mercado, onde o foco é a excelência nos designs. A Miss Country entende as necessidades de seus clientes. A Miss Country é mais que uma marca, é a escolha certa”, finaliza.

LEIA TAMBÉM

Marca oferece opções de look ”tal mãe, tal filha’ – Foto: Divulgação

Sobre a Miss Country

De uma roda de amigos, sem planejamento algum. Assim, surgiu a Miss Country. A princípio, o objetivo era suprir a necessidade das cowgirls brasileiras que buscavam estilo e conforto na hora de se vestir.

Contudo, a marca foi além. Dessa forma, passou a disponibilizar um novo conceito no mercado de moda feminina. Onde o foco é, sobretudo, a excelência nos designs, com peças únicas, desenvolvidas uma a uma pelas sócias-proprietárias Luciana Domingues Biasoto e Fernanda Domingues.

A marca possui uma fábrica de 300 m², situada em Espírito Santo do Pinhal/SP, com toda a estrutura e maquinário necessário. Além disso, conta com 14 funcionários diretos e vários colaboradores externos.

Outras informações podem ser obtidas pelos telefones: Comercial: (19) 98667-9612 (Gustavo); Atacado: (19) 98155-2629 (Emilene); e, por fim, Marketing: (19) 98174-7354 (Luana).

Instagram: @miss.country | Facebook: misscountrybr | Site: www.misscountry.com.br.

INFORME PUBLICITÁRIO

Por Equipe Cavalus
Crédito das fotos: Divulgação/Miss Country

Veja mais notícias sobre a Miss Country no portal Cavalus

Continue lendo

Moda

Exposição digital e nova coleção marcam os 5 anos da Cutter Jeans

Através do Instagram, marca relembrou a trajetória até os dias atuais, quando lançou a nova coleção intitulada ‘Into The ART’

Publicado

⠀em

A fim de celebrar os 5 anos da Cutter Jeans, completados neste ano, a marca inova ao promover uma exposição nas redes sociais. Ou seja, fotos foram exibidas diariamente mostrando a trajetória da marca até os dias atuais. “Estamos expondo um pouco do que foram esses 5 anos, o sorriso no rosto de quem veste Cutter”, garante Caroline Rugolo, idealizadora da marca.

Na primeira foto da exposição, um pouco da história de criação da Cutter. Foi em 2016 que Carol Rugolo criou a marca. O nome, como muitos já sabem, foi inspirado no seu fiel companheiro das pistas, Cutter Exocet Lee. Um cavalo Appaloosa que deu a ela muitas alegrias.

Depois, na segunda foto da exposição nas redes sociais, a apresentação da estilista, Camila Valério. Ela é a responsável por captar as tendências da moda e traduzi-las nas criações que levam exclusividade para as clientes da Cutter.

Na sequência, um sentimento de nostalgia invade a exposição. Afinal, é lembrado o primeiro desfile da marca, que contou com a presença de Thaila Ayala, atriz de novelas e séries da Globo e da Netflix, além do filme “Coração de Cowboy”. Até chegar no último desfile, em 2020, que teve momentos memoráveis, como a entrada da Carol Rugolo montada no Cutter Exocett Lee.

Quando não foi possível realizar um desfile nos moldes tradicionais, a Cutter pensou em uma maneira de fazer tudo ser ainda mais exclusivo para suas clientes. Assim, promoveu o “Desfile Cutter em casa”. Este que premiou as postagens mais curtidas das clientes que, literalmente, fizeram de sua casa uma passarela no começo da pandemia.

E, por fim, a Cutter Jeans não podia deixar de lembrar de seus clientes na exposição. Por isso, compartilhou alguns cliques especiais de quem usa a marca e faz questão de compartilhar com a marca esse registro. Sem dúvidas, é um orgulho para a Cutter ver suas peças desfilando pela vida e, ainda, pelo feed de suas clientes.

Nova coleção Into The ART

Para encerrar com chave de ouro as comemorações dos 5 anos da Cutter Jeans, o lançamento da nova coleção. Intitulada ‘Into The ART’, ela traz mais do que peças de roupas, mas verdadeiras obras de arte. Afinal, eleva o conceito exclusiva como nenhuma outra ao estado da arte.

“A cada ano a marca vive um novo momento, um desafio diferente, e sempre com o frio na barriga. Para conseguir impressionar nossas clientes com uma coleção incrível, com modelos diferentes, que encham os olhos delas e elas realmente pensem ‘essa é exclusiva como nenhuma outra’, que torne difícil escolher entre uma e outra. E em breve, você transforme seu guarda-roupas em uma galeria”, finaliza Caroline Rugolo.

Portanto, a nova coleção já disponível com exclusividade pelo WhatsApp (15) 99105-5851, com Sabrina, e ainda, pelo Instagram.

Site: www.cutterjeans.com.br | Instagram: @cutterjeans

Por AV Comunicação Equestre
Crédito da foto: Divulgação

Veja mais notícias de Moda no portal Cavalus

Continue lendo

Moda

Rosa chiclete é a cor tendência primavera/verão 2021

Aposte em peças rosa chiclete que você estará totalmente por dentro da cor escolhida para ser destaque do ano

Publicado

⠀em

Como diriam os fashionistas, o rosa chiclete é a cor ‘must have’ da temporada. Moderna, autêntica e quase romântica, a tonalidade imprime atitude em qualquer visual. Ou seja, está na hora de você apostar nela para compor seus looks a partir de hoje.

Com toda a certeza, o rosa chiclete promete tomar conta das tendências de moda na estação. Ao lado do cinza e amarelo, cores Pantone 2021, o tom devolverá uma ‘vibe’ enérgica, alegre e amorosa que este ano precisa. Não só para o verão, como também para o inverno, vale apostar em looks monocromáticos ou pequenos detalhes rosa chiclete no visual.

Assim, a primeira dica para quem acha que não saberá combinar: aposte na combinação com o preto ou branco. Um short preto com a blusa rosa ou ainda o rosa em peças de destaque no look como sapatos ou acessórios. Outra dica é usar o rosa chiclete na estampa vichy (foto), tendência absoluta para a temporada. Esse estilo, inclusive, se torna uma releitura moderna do campo.

Aposte em peças nessa cor ROSA CHICLETE que você estará totalmente por dentro da cor escolhida para ser destaque do ano e arrasar

Blusa maximalista também vale a pena incluir em um look rosa chiclete. Aposte em uma peça com esta tonalidade com direito a muito volume, mangas bufantes e babados. Por outro lado, a proposta sporwear também ganha espaço nessa tonalidade. Calça jogger, tênis maximalista e bermuda ciclista são algumas das opções.

Por fim, mas não menos importante, os looks monocromáticos, como terninho de alfaiataria se ajustam para essa cor. A estação pede ainda vestidos soltinhos, que conferem uma pegada mais romântica. Aposte em modelos com fluidez e leveza.

Fonte: Terra, Purepeople
Crédito das fotos: Divulgação/MyDressRoom e Purepeople

Veja mais notícias da editoria Moda no portal Cavalus

Continue lendo

Moda

Jaqueta jeans é tão democrática quanto a calça

Versátil e clássica, a jaqueta jeans é o curinga para qualquer pessoa ter no guarda-roupa, concorda?

Publicado

⠀em

Não é exagero dizer que a jaqueta jeans vai bem com tudo. Quer seja aquele look mais casual, quer seja uma composição mais formal. Com uma camiseta e tênis a proposta é mais leve.  Enquanto que com uma calça social e sapato, entra o estilo mais sério. Talvez uma das queridinhas seja a combinação ‘total jeans’.

Versátil e clássica, a jaqueta jeans é o curinga para qualquer pessoa ter no guarda-roupa, concorda? Seja o look mais casual, ou mais formal

Sim, a jaqueta jeans combina e muito bem com a calça jeans de qualquer modelo ou estampa. Aliás, as cores também são democráticas. A mais tradicional é a azul, cor clássica do jeans. Talvez a mais usada em seus diversos tons. Porém o branco e cores mais escuras também fazem sucesso.

Mas, você sabe como surgiu a jaqueta jeans? De acordo com a história, a primeira peça foi criação de Levi Strauss, fundador da Levi’s, no final do século 19. Por ser resistente e proteger do frio, vestia pessoas com profissões desgastantes: fazendeiros, trabalhadores ferroviários e mineradores.

Do mesmo modo que a calça, poucas décadas depois a jaqueta foi imortalizada na imagem do cowboy. Na segunda metade do século 20, ganhou novos formatos e se tornou um símbolo de estilo. A roupa dos trabalhadores e cowboys foi adotada por artistas, intelectuais, estrelas do rock, punks, motociclistas e músicos do hip-hop.

Eventualmente, faz parte do dia a dia das pessoas que mexem com cavalos. Não só para se proteger do frio, como nos primórdios, como também ao compor um look estiloso. Das simples às com bordados e desenhos feitos à mão. É difícil não ver uma coleção de uma das marcas do meio equestre que não tenha uma jaqueta jeans. Aliás, é uma peça que ‘desfila’ nas provas, leilões, exposições, shows e rodeios ‘sem medo de ser feliz’. 

Fonte: gq.globo, soqueriaterum
Crédito das fotos: Divulgação/Levis

Veja mais notícias da editoria Moda no portal Cavalus

Continue lendo

Cadastre seu e-mail e receba gratuitamente
as novidades
do Portal Cavalus.

Cadastre seu e-mail e receba gratuitamente
as novidades
do Portal Cavalus.