Curiosidades

Quantas raças de cavalos existem? – parte 10

No continente Europeu, várias raças fizeram e fazem parte da história da humanidade, atuando em guerras, agricultura e transporte. Nesta semana, apresentamos três raças milenares: Thakehner, Tinker e Fjord

Publicado

⠀em

Chegamos a décima edição da série que preparamos sobre as raças de cavalos que existem no mundo, e esta semana continuamos em solo Europeu, apresentando os exemplares Thakehner, Tinker e Fjord, animais milenares que se destacam pela sua aparência e resistência.

Se você ainda não está acompanhando a série, clique aqui e confira.

Cavalo Trakehner

A mais antiga raça alemã de cavalos, o Trakehner é um animal de sela. Surgiu da iniciativa de Frederick William I, da Prussia, que fundou em 1732 a vila de Trakehnen na região, com a finalidade de criar dos cavalos Trakehner.

A criação de animais da raça na região continuou até a Segunda Guerra Mundial, quando a Prússia Oriental – e o haras – tornaram-se poloneses. Nessa época, cerca de 25 mil exemplares foram registrados no studbook da raça.

A raça é resultado do cruzamento de uma cepa local com cavalos Árabes e Puro Sangue Inglês, e seus exemplares possuem entre 1,60 e 1,72 m de altura. Anteriormente usado como animal de caça, o Trakehner é utilizado agora como um cavalo de esporte, se destacando na competição, especialmente em Dressage e Salto.

Cavalo Tinker

Sua estrutura corpórea e abundância de pelos em determinadas partes como crina, calda e extremidades, fazem do cavalo Tinker uma raça muito desejada.

A raça surgiu na Irlanda e estima-se que sejam descendentes dos Welsh Cob e Shire. Ao longo da história, desde o encontro do primeiro exemplar em 600 aC, os cavalos Tinker tiveram vários nomes como Gypsy Vanner, Gypsy Cob, Colored Cob e Irish Cob.

Por serem cavalos fortes capazes de transportar cargas pesadas, os Tinkers eram criados por viajantes. São animais dóceis, com tração e perfeitos para montaria, devido sua altura.

Cavalo Fjord ou Norwegian Fjord Horse

Presente nas regiões montanhosas do oeste da Noruega, o cavalo Fjord ou Norwegian Fjord Horse é uma raça relativamente pequena, ágil, mas muito forte. Um dos exemplares mais antigos do mundo, o cavalo Fjord é utilizado nas fazendas Norueguesas como um animal de sela ou arreio.

Sua aparência chama muito a atenção. Apesar de ter um porte pequeno (entre 135 e 150 cm de altura), possui musculatura e ossos semelhantes aos cavalos de tração, mas mais ágeis. São capazes de transportar cargas pesadas e possuem pelagem espessa e pesada para aguentar o frio durante o inverno.

O cavalo Fjord é uma das raças mais antigas e puras do mundo. Acredita-se que os ancestrais desta raça migraram para a Noruega e foram domesticados há mais de 4 mil anos. Escavações arqueológicas em cemitérios vikings indicam que a raça foi criada seletivamente por pelo menos 2 mil anos.

Por Camila Pedroso . Redação Cavalus

Fonte: Lance Rural / Wikpedia / Blog Cavalo uma paixão

Fotos: Wikpedia / Freepik

Leia mais curiosidades aqui.

WordPress Ads
WordPress Ads